Sexta do Sebo #289

SEXTAAA!

Eu já lia bastante quando era criança e eu comecei a ter esse hábito com os gibis da Turma da Mônica. Eu me lembro que desde antes disso eu já tinha alguns livrinhos, apesar de não me lembrar de todos, eu me lembro que tinha um de O Patinho Feio!

Bem, vamos lá à nova Sexta do Sebo. Leiam as regras!

Sexta do Sebo é inspirada no PsychoSunday do blog Psychobooksque por sua vez se inspiraram no Second Hand Saturday do Reading Teen.

Toda semana faremos uma pergunta sobre literatura em geral. Não há resposta correta, o que queremos são os comentários e opiniões do vocês. Entre os comentaristas do post realizaremos um sorteio na semana seguinte (próxima sexta) e o vencedor poderá escolher um livro entre os que estão na lista divulgada no tópico. Serão válidos os comentários desde o dia do post (sexta-feira) até a quinta-feira da semana seguinte. Vale a pena lembrar que todos os livros dessa lista são usados, ou seja, eles podem ter algum defeito na capa, folhas amareladas, dedicatórias, livros encapados ou qualquer outra coisa do gênero, mas todos estão em bom estado para leitura. São livros da nossa equipe que, originalmente, estavam destinados aos sebos (por isso Sexta do Sebo!), porém, ao invés disso, resolvemos sortear aqui no blog. O prazo de entrega dos livros é o que normalmente utilizamos no blog, ou seja, 30 dias após o recebimento do endereço do vencedorIMPORTANTE (NOVA REGRA): Caso o vencedor não atenda às três tentativas de entrega dos correios e não vá buscar o livro na agência, como informado pelos correios, será cobrado frete do livro para o novo envio do mesmo. O vencedor será sempre divulgado nas sextas-feiras, no post da próxima edição da Sexta do Sebo e nesse post será feita uma nova pergunta que valerá para a semana seguinte. Nesse sorteio nós não avisaremos o vencedor como geralmente fazemos; quem comentou deverá acompanhar os novos posts todas as sextas-feiras e, caso seja o vencedor da semana, deverá enviar um e-mail para o contato@poressaspaginas.com com seu endereço em até 48 horas. O sorteio será realizado via Random.

O vencedor da Sexta do Sebo #288 foi…
Continue lendo…




Resenha: A Nuvem

Ficha técnica:

Nome: A Nuvem

Autor: Neal Shusterman

Tradutora: Guilherme Miranda

Páginas: 496

Editora: Seguinte

Compre aqui

Sinopse: No segundo volume da série Scythe, a Ceifa está mais corrompida do que nunca, e cabe a Citra e Rowan descobrir como impedir que os ceifadores que não seguem os mandamentos da instituição acabem com o futuro da humanidade.

Em um mundo perfeito em que a humanidade venceu a morte, tudo é regulado pela incorruptível Nimbo Cúmulo, uma evolução da nuvem de dados. Mas a perfeição não se aplica aos ceifadores, os humanos responsáveis por controlar o crescimento populacional. Quem é morto por eles não pode ser revivido, e seus critérios para matar parecem cada vez mais imorais. Até a chegada do ceifador Lúcifer, que promete eliminar todos os que não seguem os mandamentos da Ceifa. E como a Nimbo Cúmulo não pode interferir nas questões dos ceifadores, resta a ela observar.

Enquanto isso, Citra e Rowan também estão preocupados com o destino da Ceifa. Um ano depois de terem sido escolhidos como aprendizes, os dois acreditam que podem melhorar a instituição de maneiras diferentes. Citra pretende inspirar jovens ceifadores ao matar com compaixão e piedade, enquanto Rowan assume uma nova identidade e passa a investigar ceifadores corruptos. Mas talvez as mudanças da Ceifa dependam mais da Nimbo Cúmulo do que deles. Será que a nuvem irá quebrar suas regras e intervir, ou apenas verá seu mundo perfeito desmoronar?

A Nuvem é o segundo livro da série Scythe, do ótimo O Ceifador (resenha aqui). Portanto, se você não leu o primeiro livro (que fortemente recomendo que leia!), saiba que esta resenha possui spoilers dele. Contrariando aquela velha máxima que segundos livros de séries não são lá essas coisas, A Nuvem traz uma trama eletrizante, com fortes críticas políticas, mas com um final que pode dividir leitores e fãs.

Continue lendo…




Terça Livre: Netflix e reality shows de culinária

Quando estamos passando por um momento complicado, uma forma de conseguirmos lidar com isso é procurando fazer algo que nós amamos. Eu sei que esse mês está bem difícil para várias pessoas e por isso eu gostaria de começar essa Terça Livre dizendo algo que eu aprendi com o tempo. Não escutem as pessoas dizendo que você tem que agir da forma X, Y ou Z. Você tem que fazer o que te faz bem: é isso o que importa. Então se você quiser fazer a limpa nas redes sociais, faça; se você quiser fugir do mundo e só assistir filmes românticos, ótimo; se você quer dançar na chuva, filme e me mande porque eu adoro vídeos de dança (só tome uma vitamina C e um chá depois, tá? A saúde do corpo também é importante!).

Bom, voltando: é claro que eu amo ler, mas esse não é o meu único hobby. No ano passado eu descobri uma nova paixão: reality shows de culinária. Eu comecei assistindo Bake Off Brasil e depois fui também para o Masterchef (não gosto tanto quanto o primeiro mas também assisto). Já assisti alguns do GNT, mas não quis entrar nesse buraco negro porque lá uma grande parte do dia é culinária e eu estou com medo de nunca mais sair. Vocês devem estar pensando “Nossa, ela deve amar cozinhar”. Pfft, que nada! Eu consigo me virar na cozinha, mas meu negócio mesmo é comer hahaha! Mas o conhecimento, mesmo sem a prática, é tudo nessa vida: consegui fazer um macarrão um dia desses nota 1.000 com os conselhos do Masterchef. Estou aqui desviando do assunto novamente porque as minhas aventuras culinárias não é o tópico desse Terça Livre.

Eu não quis entrar no buraco negro do GNT, mas acabei entrando em outro buraco negro: o da Netflix. Quando eu descobri que tinham vários reality shows de culinária lá, fiquei maluca querendo assistir todos aos mesmo tempo! Bom, como eu comecei no mês passado, não consegui assistir todos, mas vim aqui dar algumas dicas daqueles que eu já assisti.

Continue lendo…




Resenha: Como num filme

Ficha técnica:

Nome: Como num Filme

Autor: Lauren Layne

Tradutor: Lígia Azevedo

Páginas: 224

Editora: Paralela

Compre aqui

Sinopse: 

As regras são claras… até o momento em que são quebradas. Neste livro da série Recomeços, conheça a história de Ethan.

As únicas coisas que o mauricinho Ethan e a rebelde Stephanie têm em comum são o curso de cinema na Universidade de Nova York e o roteiro que precisam desenvolver juntos. Mas, quando a proposta de recriar clássicos de Hollywood se confunde com a realidade, eles acabam se tornando os protagonistas de uma história de amor digna de Oscar! Ela quer um quarto confortável em uma boa casa. Ele quer ficar longe de sua ex. Eles precisam de uma boa nota. Convencidos a ajudar um ao outro, os dois entram em um acordo: Stephanie será a namorada de mentirinha de Ethan enquanto ele a deixa morar em seu apartamento. Para isso, ela deverá fingir ser uma perfeita lady: discreta, arrumadinha e, claro, completamente apaixonada… igualzinha à personagem do filme que estão criando. Contudo, à medida que os dois se aproximam, Ethan se vê completamente apaixonado pela garota cheia de mistérios e contradições ao seu lado.

Agora, ele vai ter que decidir: será que seus sentimentos são pela Stephanie de verdade? Ou apenas pela versão que ele criou?

Fazia muito tempo que eu pegava um livro com um romance tão gostoso de ser lido! Sabe aquela leitura maravilhosa para uma tarde que você não quer fazer mais nada? “Como num filme”, livro da série Recomeços da Lauren Layne é exatamente perfeito para isso!

Continue lendo…




Sexta do Sebo #288

Mais uma sexta-feira chegou, com feriado! É Dia das Crianças!

Com certeza eu tenho medo de viver em O Conto da Aia, na qual mulheres são estupradas e escravizadas, homossexuais são “traidores de gênero” e mulheres inférteis são enviadas a campos de trabalhos forçados. Mas vocês citaram tantas outras distopias tão medonhas quanto, como Fahrenheit 451 (um mundo sem livros), Admirável Mundo Novo (a manipulação da vontade das pesssoas) e Jogos Vorazes (um mundo controlado pela elite, escravizando os mais pobres).

Vale também ressaltar o ótimo comentário do Shadai:

Bem, vamos lá à nova Sexta do Sebo. Leiam as regras!

Sexta do Sebo é inspirada no PsychoSunday do blog Psychobooksque por sua vez se inspiraram no Second Hand Saturday do Reading Teen.

Toda semana faremos uma pergunta sobre literatura em geral. Não há resposta correta, o que queremos são os comentários e opiniões do vocês. Entre os comentaristas do post realizaremos um sorteio na semana seguinte (próxima sexta) e o vencedor poderá escolher um livro entre os que estão na lista divulgada no tópico. Serão válidos os comentários desde o dia do post (sexta-feira) até a quinta-feira da semana seguinte. Vale a pena lembrar que todos os livros dessa lista são usados, ou seja, eles podem ter algum defeito na capa, folhas amareladas, dedicatórias, livros encapados ou qualquer outra coisa do gênero, mas todos estão em bom estado para leitura. São livros da nossa equipe que, originalmente, estavam destinados aos sebos (por isso Sexta do Sebo!), porém, ao invés disso, resolvemos sortear aqui no blog. O prazo de entrega dos livros é o que normalmente utilizamos no blog, ou seja, 30 dias após o recebimento do endereço do vencedorIMPORTANTE (NOVA REGRA): Caso o vencedor não atenda às três tentativas de entrega dos correios e não vá buscar o livro na agência, como informado pelos correios, será cobrado frete do livro para o novo envio do mesmo. O vencedor será sempre divulgado nas sextas-feiras, no post da próxima edição da Sexta do Sebo e nesse post será feita uma nova pergunta que valerá para a semana seguinte. Nesse sorteio nós não avisaremos o vencedor como geralmente fazemos; quem comentou deverá acompanhar os novos posts todas as sextas-feiras e, caso seja o vencedor da semana, deverá enviar um e-mail para o contato@poressaspaginas.com com seu endereço em até 48 horas. O sorteio será realizado via Random.

O vencedor da Sexta do Sebo #287 foi…
Continue lendo…

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...