A Cuca Recomenda: Contos da Amazon #3


Mais um Contos da Amazon, e mais 5 contos do Concurso Brasil em Prosa. Preparem-se para ótimos textos e muita emoção nessa resenha. Lembrando que são contos muito, muito pequenos (a regra é até 6.000 caracteres, o que não costuma passar de 10 páginas, talvez menos), textos que você lê em 5, 10 minutos. Falarei rapidamente deles aqui.

sarcasmo“Uma comédia sobre a rotina do casal Grazi e Thiago, ela no ritmo “geração saúde” e ele na fase mais “largada” de sua vida, e como o destino pode ser irônico com esses dois apaixonados.”

Não foi a primeira vez que li uma das histórias da Jaqueline de Marco; ela é autora de Super Desapegada, um livro fofíssimo, resenhado aqui pela Lucy. A autora tem uma escrita leve e dinâmica, e foi exatamente o que encontrei nesse pequeno conto. Uma escrita suave, gostosa, que flui rapidamente. O conto tem um tom bem-humorado, mas o final… uau! Bem, digamos que “comédia” não define muito bem esse final. Foi bastante impactante e me fez ficar pensando nos personagens e, claro, na ironia do destino, com sugere o título.

Encontrei vários probleminhas de revisão; eles não comprometem a leitura, mas incomodam em certo grau. A capa está bacana, mas a edição está pobre; não há dados da obra, muito menos um sobre da autora, que sei já ter publicado bastante por aí. Ficou faltando.

Título: O sarcasmo do destino
Autor: Jaqueline de Marco
Editora: Independente
Páginas: 4
Onde baixar: Amazon
Avaliação: 

obsoleto“Ele era um escritor famoso. Então, um dia, alguém resolveu ensinar computadores a escrever ficção.

A ideia desse conto foi genial. Em um futuro distante (eu espero), a tecnologia consegue produzir best-sellers no lugar dos escritores, o que os torna… obsoletos. O narrador personagem nos conta da sua frustração e tem uma conversa simples  e rotineira com a esposa.

Já li algumas coisas do J.M. Beraldo (uma delas foi seu conto em Piratas), e algo que sempre está presente em sua escrita é o fantástico, algumas vezes o bizarro; ele está também nesse conto, mas gostei de como foi algo simples, apenas um toque bem-vindo de ficção científica. O melhor desse texto é como o autor consegue dar brilho a uma cena tão comum e deixá-la interessante. Às vezes as melhores coisas são as mais simples, as mais honestas.

A edição está impecável. A capa, apesar de aparentemente não ter nada de mais, tem um toque especial: é uma imagem de domínio público de um episódio Além da Imaginação, o que por si só já deixa qualquer nerd que se preze eriçado. Eu sei que fiquei! Perdeu apenas uma estrela por pecar na revisão: havia algumas palavras mal digitadas ou faltando, frases que poderiam ser melhor lapidadas, coisas pequenas, mas que não podem estar em um texto tão bom.

Título: Obsoleto
Autor: J.M. Beraldo
Editora: Independente
Páginas: 8
Onde baixar: Amazon
Avaliação: 

entrevidas“Do século XV aos dias atuais, almas gêmeas lutam para se encontrar. Um amor que transcende o tempo, permeando vidas e ignorando a morte.

Um conto que tinha tudo, tudo para ser perfeito. Tinha. A primeira parte, desde a dedicatória, até o ponto de ruptura da trama, impecável. Linda. Simplesmente belíssima. Preciso até citar um trecho especialmente poético e intenso, que me tocou muito:

“Incapaz de carregar imenso poder dentro de seu corpo de carne e osso. O amor a essência de todo o poder divino se mostrou muito forte para ser suportada por criatura tão frágil. Dessa forma o criador fez todos os seres em pares, cada parte carregaria uma parcela desse sentimento e somente juntas estariam completas.”

Daí pra frente o texto se perdeu. Apressado, com pouquíssimo desenvolvimento, vários acontecimentos e informações jogadas, pouca conexão com os personagens, mudança de tempos verbais sem sentido, um final brusco e quase sem impacto. Foi impressionante com o texto mudou, pareciam duas pessoas completamente diferentes escrevendo: a primeira, muitíssimo inspirada, a segunda, totalmente perdida. Fiquei triste, porque o conto tinha muito, muito potencial.

A capa está muito bonita, mesmo, e a edição está boa. Só ficou faltando um sobre da autora, para conhecer mais dela.

Título: Entre Vidas
Autor: Glau Kemp
Editora: Independente
Páginas: 7
Onde baixar: Amazon
Avaliação: 

imêmore“O que somos nós além das memórias que deixamos?

‘Eu sempre visitava Lita quando podia. Muito menos do que gostaria, é verdade, mas os compromissos do dia a dia nem sempre deixavam tempo livre para conversar com a senhora simpática. No entanto, quando o trabalho no escritório dava uma trégua e Rodrigo saía para jogar futebol com os amigos, eu pegava o carro até aquele bairro afastado da cidade e ia tomar limonada com Lita.’

Só de lembrar desse conto tenho vontade de chorar. É outra história que trabalha a simplicidade e entrega um texto honesto e cheio de um sentimento profundo. Um texto que trabalha, além das palavras ditas, as palavras não ditas. Há poesia no silêncio, nos espaços entre as frases. A autora conduz o leitor com habilidade pelo encontro banal de duas mulheres, personagens com as quais é impossível não se conectar, até culminar em um final inteligente e extremamente tocante, de arrancar lágrimas.

A capa é simples e silenciosa, transmitindo a ideia do conto. A edição é impecável. Um conto intenso e cheio de vida. Resenhamos por aqui outras obras da Melissa de Sá, clique aqui para conhecer mais.

Título: Imêmore
Autor: Melissa de Sá
Editora: Independente
Páginas: 8
Onde baixar: Amazon
Avaliação: 

autonomia“Uma colegial conhece um flautista e, através dele, busca encontrar a imagem do som. “Autonomia” é um conto sinestésico que celebra o poder dos encontros e da autodescoberta.”

Autonomia, de Priscilla Matsumoto, é de uma sensibilidade cativante. É até difícil falar desse conto. Aos poucos, a autora foi nos apresentando pedaços dos personagens, como notas de uma música, uma a uma, para no fim todas essas notas, juntas, formarem uma sinfonia, bela e inesquecível, repleta de harmonia. Em poucas palavras, o leitor se sente conectado aos personagens e ao momento que compartilham. É de uma beleza frágil e singular, um texto tocante.

Gostei da capa; é simples, mas traduz o sentimento do conto. Não gostei muito do sobre vir antes do texto; em um e-book, eu, geralmente, só quero saber mais do autor após a leitura, após me conectar com a história. Mas foi bom que estivesse lá; Priscilla é autora de vários textos, entre eles o romance Ball Jointed Alice (que estou mais curiosa para ler, especialmente depois desse texto. Saiba mais) e de um conto na antologia Boy’s Love 2.

Título: Autonomia
Autor: Priscila Matsumoto
Editora: Independente
Páginas: 6
Onde baixar: Amazon
Avaliação: 

Nessa minha leitura, encontrei contos muito, muito bons, ou ao menos com muito potencial. Mas vou contar um segredo pra vocês: eu li mais que esses contos, mas não quis resenhá-los. É triste dizer, mas li alguns que simplesmente não valiam a pena, preferi não vir aqui e despejar críticas, mas sim mostrar textos que valem a leitura; lembrando que os contos são baratíssimos e é possível ler em questão de minutos, em qualquer dispositivo, então não há desculpa para o clichê “não curto ler em e-book”!

Também estou participando, agora com três contos, se quiserem conhecer, basta clicar nas suas capas:

ESTRANHOVENTOCORACAO

Leia também:

5 motivos para avaliar autores brasileiros na Amazon

O que você está perdendo ao não ler e-books (e porque deve lê-los!)

Fica a dica: Como publicar um e-book na Amazon

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  


  • Glau Kemp disse:

    Agradeço ao blog pela resenha do meu conto Entre Vidas. Fiquei muito feliz por ter um dos meus trabalhos selecionados para leitura dos parceiros da página. Estarei sempre aberta a críticas construtivas como essa um grande abraço

  • Janaina Alves disse:

    Ficaria muito feliz se você também lesse o meu conto: http://www.amazon.com.br/gp/product/B012TE7PCA?keywords=tela%20em%20branco&qid=1438466041&ref_=sr_1_1&sr=8-1

    Beijos!!!

  • Juliana disse:

    Muitos contos interessantes. Fiquei com vontade de conhecer ler e resenhar lá no blog tbm.
    Gostei das resenhas curtas e objetivas.
    Beijos

    http://www.reticenciando.com

  • Marília Sena disse:

    Parecem ótimos! Fiquei com vontade de ler Imêmore (ainda não sei porque não li Melissa de Sá) e Autonomia, acho uma ótima oportunidade que essa coluna trás para quem não conhece -ou conhece pouco- os nacionais. Abraços!

  • Jaqueline de Marco disse:

    Adoro quando tenho textos resenhados aqui no blog, vocês são sempre muito profissionais! Desses só li o Imêmore e o Estranho (ambos eu adorei e preciso resenhar!), mas fiquei louca para conferir os demais. Obrigada pela lembrança. Beijão! <3

  • Gustavo disse:

    Adorei a ideia de “Obsoleto” foi realmente genial, mas em um futuro assim não queria viver kkk. Sei la, você pensar que algo que te tocou foi uma máquina, que nem tem sentimentos, e sim só criou uma obra com o intuito de lucrar, não, não queria mesmo viver nesse futuro. Mas ainda sim a idéia foi sensacional kkk
    Fiquei interessado nos seus contos, as capas são lindas *-*

  • Melissa de Sá disse:

    Que bom ver essa resenha aqui! Peguei dicas de vários. Tenho que me organizar com as minhas resenhas também! Li coisas bem legais. :)

    Obrigada pelo carinho, Kakazinha. Engraçado que escrevi esse conto de uma forma tão despretenciosa… Que bom que deu certo no fim. Às vezes a gente se surpreende.

  • Becca Martins disse:

    O conto que mais me chamou atenção foi o sarcasmo do destino, porque eu amo livros engraçados!
    Vou ver se baixo e separo um tempo para a leitura.
    Beijos!

  • Larissa Oliveira disse:

    Olá! Achei muito interessante todos os contos, cada um com sua essência. Mas os que mais chamaram minha atenção, foram Obsoleto, com essa ideia bizarra e até assustadora rsrs e Imêmore, que parece encantador.

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem