A Cuca Recomenda: Folclore e Lendas Brasileiras

Antes de qualquer coisa, hoje a Cuca está vestida de preto: dois grandes nomes da nossa cultura viraram estrelas na misteriosa aventura seguinte: Millôr Fernandes – escritor e cartunista -, e os muitos Chico Anysio (s). Sentiremos saudades, mas a obra de ambos ficará para sempre viva em nossa memória e na história. 

Na coluna de hoje, não falaremos sobre resenhas de livros, mas sim sobre algo que me diz muito respeito, mas também deve chamar a atenção tanto de autores como leitores: o nosso folclore.

 

Sim, crianças. O que vêm à cabeça de vocês quando ouvem essa palavra? Aposto que lembram daquele moleque travesso, o Saci-Pererê. Deveriam se lembrar primeiro de mim, a maravilhosa e aterrorizante Cuca! Mas tudo bem. O que interessa mesmo é que possuímos, bem aqui, no nosso país e na nossa cultura, inúmeras lendas e histórias, tão interessantes quanto qualquer conto de fadas ou lenda estrangeira.

Há muito mais sobre o folclore brasileiro do que o pouco que é explorado. Muita gente já pensa logo que o folclore é coisa de criança, mas na verdade nossas lendas podem ser interessantes para qualquer idade, basta apenas que sejam adaptadas com o devido cuidado. Temos histórias até mesmo aterrorizantes, como a da Mulher da Estrada, que surgiu nos anos 50/60 e basicamente fala sobre uma mulher que pegou carona com um caminhoneiro na estrada, pediu que a levasse ao cemitério e quando lá chegaram, ele viu a lápide dela. Além das lendas macabras, também temos outras lendas, como a do Boto e da Mula-sem-cabeça, que podem muito bem se transformar em histórias românticas. Uma das minhas preferidas é a do Corpo-Seco, que considero uma ótima história de terror.

Mas não há como negar que o folclore foi realmente muito mais difundido para o público infantil, com autores consagrados como Monteiro Lobato e Ziraldo, que fizeram um trabalho fantástico contando e recriando nossas lendas. Como esquecer, por exemplo, de mim mesma, a malvada Cuca, aterrorizando as crianças em o Sítio do Picapau Amarelo?

E é nessa tecla que eu gostaria de bater: autores e leitores, leiam mais sobre sobre nosso folclore, nossas lendas, nossa cultura; pesquisem, procurem histórias. Temos um material imenso, rico, criativo e divertido, e o mais importante: nosso. Histórias que refletem o que somos, gente da nossa terra, nossos costumes e nossa vida. Todo esse material só está esperando uma chance para ser lido e, no caso de autores, recriado, imaginado, recontado. Vamos seguir o exemplo de Monteiro Lobato, Ziraldo e outros, que investiram na nossa cultura e escreveram novas histórias.

E fiquem de olho em autores e editoras que investem nesse segmento. A Editora Andross, por exemplo, estará lançando em junho desse ano uma antologia de contos: DIMENSÕES.BR, que explora esse tema.

Existem dois ótimos sites que utilizo como pesquisa sobre folclore e lendas. Acessem e leiam um pouco da nossa história, vale a pena conhecer.

Folclore Brasileiro

Lendas Urbanas Brasileiras

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


  • Lany disse:

    Eu ADORO o Folclore e as lendas brasileiras! Aliás, eu comecei a conhecer um pouco mais sobre as lendas com o Monteiro Lobato, através dos livros e da série de TV do “Sítio do Picapau Amarelo”. Eu quero muito fazer a coleção dos livros do sítio!^^ (Os que eu li eu peguei na biblioteca do colégio). Uma vez eu tive que fazer um trabalho para o colégio sobre o livro “Minotauro” dessa coleção. A gente fez uma peça de teatro, ficou super engraçada!

  • Mirian disse:

    O folclore é inspirador até hoje, a gente houve as histórias na infância e não esquece mais!

  • Lucy disse:

    Ah, acho o máximo o nosso folclore. Confesso que adoro o saci. Sempre foi meu favorito!
    Aliás, existe um sítio/chácara que é onde se cria Saci! hahaha As pessoas podem tentar pegar um também! Já pensou?

  • Melissa disse:

    Eu acho que o problema é que essa ideia do folclore ficou associada mesmo á questão infantil. Então muita gente tem preconceito, acha que vai ficar ruim, que vai ficar idiota ou pior, que o folclore brasileiro é “ruim”. Eu quero um dia escrever alguma coisa relacionada e sempre gosto de ver autores que exploram folclore brasileiro de um jeito criativo e interessante.

  • Karen Alvares disse:

    Nossa, Lanyta, eu adorava os livros do Sítio. Tenho alguns em casa ainda, da coleção da escola. Eles eram super divertidos e inspiradores. Adoro Monteiro Lobato!

    Mirian, é verdade! Eu acho o nosso folclore uma delícia. Fico triste de ver que ele é pouco explorado.

    Eu sei que você adora o Saci, dona Lucy! E aquele nosso projeto, hein? hahaha 😀 E que negócio é esse de lugar onde criam Sacis?! WHAAAAAAAT?!

    Mel, também acho isso. Ficou muito associado, e o pessoal tem preconceito. Mas tem temas que dão ótimas histórias, adultas sim. Dos contos meus que vão ser publicados, dois são com temas do folclore. Fiz questão de fazer assim porque é um tema que eu adoro!

  • Vania disse:

    Acho que essa questão do preconceito sempre vai existir, não somente com relação ao folclore brasileiro mas com relação à fantasia num geral. Livros de fantasia geralmente são colocados abaixo de livros considerados “literatura” e isso é uma pena… eu confesso que não conheço nosso folclore muito a fundo, mas já salvei esses sites que você indicou e vou dar uma pesquisada. Nossa cultura é extremamente rica e não precisamos olhar muito pra fora se quisermos uma fonte de inspiração…

  • Top Ten Tuesday: 10 posts que formam o melhor quadro de mim « Por Essas Páginas disse:

    […] A Cuca Recomenda: Folclores e Lendas Brasileiras – Foi por causa da coluna da Cuca que eu entrei no blog, para começar, e eu tenho um profundo carinho por esses posts. Adoro literatura brasileira e defendo nossa cultura e nossos autores (bons) com unhas e dentes. Esse post, em especial, diz muito sobre mim: sou uma entusiasta dos nosso folclore e lendas, estou sempre procurando ler sobre elas e em especial, escrever sobre elas. Nossa cultura é muito rica e merece atenção. […]

  • Top Ten Tueday – REWIND: Dez vilões favoritos « Por Essas Páginas disse:

    […] malvada e divertida que, além de estar na obra de Lobato, faz parte do nosso folclore – e eu adoro nosso folclore! (E além de tudo isso, a Cuca tem […]

  • Top 10: Vilões favoritos | Eu, Papel e Palavras disse:

    […] malvada e divertida que, além de estar na obra de Lobato, faz parte do nosso folclore – e eu adoro nosso folclore! (E além de tudo isso, a Cuca tem […]

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem