Adaptação: Harry Potter e o Cálice de Fogo

HP4“Quando o nome de Harry Potter emerge do Cálice de Fogo, ele se transforma em um competidor em uma extenuante batalha de magia entre três escolas de feiticeiros – o Torneio Tribruxo. Mas se Harry não se inscreveu para o tal torneio, quem o fez? Agora, Harry precisa confrontar um mortal dragão, ferozes demônios da água e um labirinto encantado aonde se deparará com Aquele Que Não Deve Ser Nomeado. Nesta quarta adaptação da série Harry Potter, criada por J.K. Rowling, tudo está modificado, a começar pelo próprio Harry e seus inseparáveis amigos, Ron e Hermione, que deixam a infância para sempre e partem para desafios maiores do que tudo aquilo que um dia eles já imaginaram”. [Fonte]

Aviso: Essa resenha contém spoilers de Harry Potter e o Cálice de Fogo. Sim, eu vou contar o final. Em detalhes.

Analisando superficialmente, Harry Potter e o Cálice de Fogo é o livro que tem um enredo que mais se parece com o de um filme. Afinal, com as tarefas do Torneio Tribruxo, nós temos ação do início ao fim. Mas ao mesmo tempo o livro é muito denso (o maior dos quatros primeiro livros) e a resposta para “Quem colocou o nome do Harry no Cálice de Fogo?” não é fácil de ser explicada.  E eu fiquei com muito medo depois de Harry Potter e o Prisoneiro de Azkban (em que eles simplesmente cortaram toda a história dos Marotos, que nem é importante para a série né…). O único fato que me deixou um pouco mais tranquila foi que o diretor havia mudado e Mike Newel seria responsável por essa novo filme.

Barty

Não é necessário esperar muito tempo para a primeira grande adaptação acontecer. Apesar do filme começar na Casa dos Riddle, como no livro, ao invés de só termos a aparição de Lord Voldemort e Rabicho, nós temos uma surpresa. Sim, o Doctor Who Barty Crouch Jr. já aparece nessa cena! Como eu disse na resenha de Harry Potter e a Pedra Filosofal (aliás vocês podem acompanhar todos os posts desse especial aqui), eu sou a favor de adaptações  e essa parte funcionou bem. Como o filme é muito visual, é interessante que ele apareça logo no início, até porque ninguém sabe quem ele é. Afinal, o vilão está presente durante todo o filme, porém com um rosto diferente. O problema de adaptação nessa parte foi que eles simplificaram muito toda a explicação. No final, Dumbledore só fala que é para avisarem Azkaban, porque um dos seus presos fugiu. Mas como assim??? No ano anterior, Sirius Black fugiu da mesma prisão e saiu em todos os jornais até dos trouxas! Azkaban é uma prisão de segurança máxima! Como pode alguém ter fugido e ninguém ter percebido? Como ele fugiu? Qualquer pessoa que não conhece a história se perguntaria isso. E essa é uma falha muito grande.

barty 2

Depois de Voldemort e seus planos infalíveis, temos a primeira cena com o trio. E nessa cena nós já temos coisas muito estranhas. Por que Harry e Ron brigaram com o cabeleireiro? Por que Hermione já está de rosa? Por que ela está gritando naquela hora da manhã? Isso sem falar das sobrancelhas. As sobrancelhas da Hermione nesse filme mereciam estar presentes nos créditos finais. Porque elas se mexem. E muito.

quadribol copa

Mas nem tudo são reclamações. Eu adorei as cenas da Copa Mundial de Quadribol (tirando o efeito especial estranho na parte da Chave do Portal). Deu aquela sensação de algo grandioso e de que realmente muitos bruxos existem. O estádio ficou lindo e foi uma pena que nós não tivemos cenas do jogo. E uma das coisas que eu mais gosto nesse filme é que alguns personagens coadjuvantes tiveram uma participação maior, como os gêmeos e a Ginny. Na cena da tenda, por exemplo, nós temos os Weasley sendo irmãos.  Foi realmente maravilhoso poder assistir a cena dos gêmeos colocando o nome na taça, o Fred chamando a Angelina para o baile e Ginny dançando com o Neville!

Quando voltamos a Hogwarts é que realmente a história se desenvolve. E muita coisa foi adaptada. E é nesse momento que as opiniões dos fãs são diferentes: alguns gostam de umas cenas, outros não.  As tarefas do Torneio Tribruxo ficaram muito diferentes do livro, principalmente o labirinto. Elas serviram para o seu propósito, mas é claro que os fãs queriam cenas mais parecidas com as dos livros. Não temos o Dobby ajudando o Harry na segunda tarefa, mas Neville desempenhou bem o papel.

Dumbledore

Mas uma cena que eu nunca vou conseguir entender é a reação do Dumbledore quando saiu o nome do Harry do Cálice de Fogo. Ele gritou e o pior de tudo, ele foi agressivo e empurrou o Harry. Dumbledore não faria isso em nenhum momento. Esse é um exemplo de adaptação que não combina com o personagem do livro. Outra cena em que isso também aconteceu: Snape batendo no Ron e no Harry. Foi engraçado? Foi. Mas Snape não faria isso!

hermione vestidoE esse problema não aconteceu só com Dumbledore: Hermione Granger foi pelo mesmo caminho. O processo que começou em Harry Potter e o Prisoneiro de Azkaban continua com força total nesse filme. Nas cenas do trio, ela precisa fazer algo importante em 99% delas, porque o Ron, por motivos que ninguém entende muito bem, não pode aparecer muito. Rosa é a nova cor do seu guarda-roupa (nada contra a cor, EU AMO, mas alguém consegue imaginar Hermione assim?) e inclusive o seu vestido do baile do Inverno foi rosa. Custava ser azul? Já li em alguns lugares (e agora eu procurei mas não achei) que eles optaram por essa cor para dar contraste com a decoração do Baile de Inverno. Mesmo assim, não aceito. Não existe azul escuro brilhante? E a Cho estava com um vestido de uma cor clarinha e eu consegui a perceber muito bem na multidão. E ela ainda desce as escadas como uma debutante/noiva! O maior impacto que deveríamos ter não acontece, porque o cabelo dela está lindo desde o segundo filme (eu sempre imagino essa cena como a da transformação da Mia Thermopolis no filme O Diário da Princesa).

Mesmo nas poucas cenas do Ron, Rupert Grint continuou mostrando que ele é um grande ator. Ele simplesmente brilhou na cena da briga do Ron com o Harry! E as cenas do Baile de Inverno então? Foram excelentes! Dava para perceber de longe os ciúmes que ele estava sentindo da Hermione com o Krum. Eu fiquei muito feliz que eles deixaram as falas “Hermione, você é uma garota”,  “Você está confraternizando com o inimigo” e “No próximo baile, crie coragem e me convide antes que outro o faça e não como última opção”! Meu lado Ron/Hermione queria sair dançando ao som de As Esquisitonas (aliás, as músicas da banda ficaram muito legais!).

YuleBallronHarry

Daniel Radcliffe tem uma atuação um pouco melhor mas ainda está longe de ser o Harry ideal. Ele foi adorável quando não sabia dançar direito no baile e na cena que ele convida a Cho para ser o seu par. Mas ele não consegue fazer uma cara de surpresa convincente e a cena em que ele traz o corpo do Cedrico de volta ficou um pouco forçada.

CedricE é claro que eu vou comentar sobre o Cedrico, porque eu sou da Lufa-Lufa (apesar do Pottermore ter me colocado na Sonserina) e eu gostava muito do Robert Pattinson antes de ele começar a brilhar no sol. Apesar de aparecer pouco, as cenas dele foram muito bem adaptadas. Cedrico consegue nos passar as principais da característica da Lufa-Lufa. E o final? Quem nunca gritou: Cedrico, não pegue a taça? Pois é, eu faço isso, todas as vezes. A cena do desespero do pai do Cedrico consegue passar muito mais emoção do que a cena com o Harry… E o discurso do Dumbledore no final? Sempre dá vontade de chorar.

E o que temos no grande final? LORD VOLDEMORT! A caracterização do Ralph Fiennes foi tão boa que até hoje quando eu abro uma foto do ator, eu não consigo acreditar que ele fez o personagem! E a atuação foi impecável e assim continuou durante todos os filmes da série!

voldemort

Enfim, eu até hoje não consigo classificar bem Harry Potter e o Cálice de Fogo. Eu gosto do filme, mas quando eu analiso algumas cenas, eu fico com aquele sentimento de que “Poderia ser muito melhor”.

Ah e uma dica para quem tem o DVD: no segundo DVD tem um dos extras que eu mais adoro em todos os filmes. Ele se chama “Conheça os Vencedores”. Eles acompanham um dia de gravação dos três atores que fazem os campeões! É muito engraçado!

Ficha Técnica

Título: Harry Potter e o Cálice de Fogo
Direção: Mike Newell
Roteiro: Steven Kloves
Duração: 157 minutos
Ano: 2005
Distribuidora: Warner Bros
Avaliação: 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


  • Satine disse:

    Honestamente, pra quem leu os livros, todos os filmes são decepcionantes, nenhum mais que o quinto cujo livro é o maior de toda série no entanto o filme é o menor de todos os outros. ¬¬ Vai entender…

    É como eu digo: se ao menos eles retirassem as partes chatas do livro ou não tão importantes assim mas não, eles tiram muita coisa que importa, enfiam umas piadinhas sem necessidade pois JK Já introduz frases engraçadas em todos os livros e dá destaque a todos os personagens.
    .
    Quando eu vi esse filme, fazia tempo que já tinha lido o livro e nem notei nada de ruim, aí reli o livro e nossa, que raiva me deu. O principal foi eles não explicarem como os gêmeos conseguiram abrir sua loja no filme seguinte e as provas que até eu estranhei. Nossa, foram muito fáceis!! Lembro que enquanto assistia (em todas as vezes) eu pensava: mas poxa, se um trouxa conseguiria passar por essas provas numa boa – sim, até a do dragão – por que os bruxos estavam tão apreensivos? Principalmente a última prova – onde momentos antes o Dumbledore aterrorizou os participantes e no fim, a prova não tinha nada demais, só a Taça enfeitiçada ¬¬ Tá serto!
    .
    E ok, eles não mencionaram o Lugo Bagman mas podiam ter dado uma solução melhor pra quem comandava o Torneio né? Não perdoo eles não darem destaque a tudo que aconteceu com a família Crouch porque simplesmente não faz sentido.
    Outra coisa que não perdoo é a única cena do Sirius. Ele diz pro Harry que sempre o ajudará mas some depois do filme.
    .
    Temos a Murta, chata, irritante e inconveniente como sempre.
    .
    Sim, achei estranho o Snape agredir dois alunos assim como no terceiro filme achei estranhíssimo o Dumbledore se apoiar na perna machucada do Rony porque alguém achou que seria engraçado. Só que estava errado.
    Outra coisa bizarra é a mensagem que a Hermione leva ao Harry a pedido de Rony. Como assim o Harry não entendeu o que a amiga quis dizer? COMO ASSIM A HERMIONE SE EMBOLOU PRA MEMORIZAR AQUELA FRASE IMBECIL E NÃO QUIS REPETIR? Por que ela se estressou quando Harry pediu pra ela repetir e disse que não era uma coruja se no filme ela nem tava fazendo papel de leva-traz dos amigos? What. the. fuck.
    .
    Achei que os fãs de Harry/Hermione foram trollados nesse filme. Tem mta cena que poderia ser interpretada como uma amiga preocupada com o amigo ou os amigos indo pra outro nível no relacionamento e tenho certeza que isso deu esperança aos fãs. Talvez pensaram que o endgame do livro e do filme seriam diferentes.
    .
    Uma coisa que eles retiraram e eu pensei “Ae, finalmente acertaram em alguma coisa!” foi o plot da Rita ser um animagus ilegal. Que liga pra isso?
    .
    Desculpe, mas nunca gritei pro Cedrico não pegar a Taça, mas sempre mentalizo “Ah, por que ele e Harry são tão nobres? Morreu de graça, pobre coitado!”
    E depois disso, cadê o Ministro negando a volta do Voldemort, plot pro próximo filme, algo importante?
    .
    Dobby não apareceu, o que é uma pena; a história dele tbm não merecia tanto destaque mas seria bom pra quem só viu os filmes saber que a JK não se esqueceu dele. Além do mais, eu acho muito fofa a interação dele com o Rony, a ponto dele quase chorar quando recebe um par de meias do garoto e ir chamar o Harry pra resgatar o “Wheezy” dele <3 Muito amor por esse elfo
    .
    No livro, diz-se que o Rony tava com ciúmes do Harry por estar no TT mas eu nunca achei isso, pra mim, ele apenas chegou ao limite de tudo sempre acontecer ao Harry, do amigo sempre se envolver nas confusões e dele sempre ficar do lado dele. Quem nunca? Tem uma hora que você apenas pensa "Ah, p*rr*, de novo não, amigo!! Toma tento na vida"
    .
    Por fim, Molly trollou o filho comprando aquele traje horrível pra ele – sempre desconfiei que ela gostava mais do Harry do que do filho, isso certamente parecia verdade em alguns momentos – e no filme Rony, tadinho, foi ainda mais trollado com aquele traje usado pelo Arthur. Tipo, COMO A PRÓPRIA MÃE NÃO PERCEBE COMO AQUELA COISA ERA HORROROSA???!!!!
    .
    É… acho que falei tudo.

  • Satine disse:

    Ah sim, não sei o que houve nesse filme, mas os gêmeos também estavam com um cabelo enorme. Será que ficou tão caro que eles tiveram que cortar os cabeleireiros ou foi pra enfatizar que “boys will be boys” e nessa idade eles realmente não gostam de cortar as madeixas?

  • Top Ten Tuesday: As dez melhores/piores adaptações « Por Essas Páginas disse:

    […] que quase tudo o que eu tenho a reclamar dizer a Lany já falou na resenha da adaptação de Harry Potter e o Cálice de Fogo: Dumbledore estourando os tímpanos alheios, […]

  • Vania disse:

    DOKTAH!!!!!!!!! Nessa linha, primeiramente: http://afloodofnow.tumblr.com/post/53399784984/niallshungrytardis-owldee-omg-how-is-this

    Okay, agora vamos lá. As tarefas são ridículas. Eu não as achei extremamente fáceis, mas puta merda, o DRAGÃO MORRE!!!!!!!!! Que porcaria é essa??? A segunda e a terceira tarefas não me irritaram tanto (a segunda eu até achei bem fiel), mas a primeira me deixou indignada!

    No entanto tem dois aspectos desse filme que eu não consigo deixar de falar: o primeiro, como você comentou, é o Dumbledore. (http://afloodofnow.tumblr.com/post/54350552639/alecwoodlight-did-you-put-your-name-into-the). I mean, really! Michael Gambon é um ÓTIMO ator, mas a peteca caiu aqui, e caiu legal (coughKlovescough), ele não é meu Dumbledore, nunca foi e nunca será. Tudo que ele fala soa falso porque parece que ele tá sempre se controlando pra não estourar. UGH!!!

    Minha segunda reclamação é o F.A.L.E. da Hermione. É um ponto tão constante no livro a ponto de irritar, e eu entendo porque não temos isso mas acho que perdemos uma grande parte da caracterização da Hermione, de ver como ela é como pessoa. Acho que nos outros livros a gente vê sim que ela tem um grande coração, que é super estudiosa, a “sabe-tudo”, inteligente, mas com o F.A.L.E. a gente vê suas convicções, a gente vê que ela realmente está disposta a fazer uma diferença no seu mundo, na sua sociedade, e mesmo que ninguém esteja prestando atenção, mesmo que ninguém dê bola pro que ela tem a dizer, ela vai em frente, ela continua e não desiste. Eu acho que essa é uma mensagem muito importante a ser passada, e é uma pena que não tenha aparecido no filme.

  • Lany disse:

    HAHAHA adorei esse gif!
    A tarefa que me deixa mais revoltada é a última. Dumbledore fica lá falando dos perigos e temos… PLANTINHAS? Puft, fala sério! Realmente, a segunda tarefa é a mais feil!
    Michael Gambon é um excelente ator, mas o Kloves mudou completamente o personagem no roteiro!
    Concordo com o que você falou sobre o F.A.L.E. A gente perdeu muita informação sobre a Hermione cortando essa cena…

  • Especial Harry Potter: (Filme) Harry Potter e o Cálice de Fogo - Livros de Fantasia disse:

    […] Resenha oringalmente postada em: http://poressaspaginas.com/adaptacao-harry-potter-e-o-calice-de-fogo […]

  • Especial Harry Potter: Os games da série « Por Essas Páginas disse:

    […] fazer um belo par com o filme, esse jogo é PÉSSIMO. Gente, que jogo chato! Confesso: eu não fechei. Não aguento, o negócio […]

  • Especial Harry Potter: Games - Livros de Fantasia disse:

    […] fazer um belo par com o filme, esse jogo é PÉSSIMO. Gente, que jogo chato! Confesso: eu não fechei. Não aguento, o negócio […]

  • Sorteio Especial Harry Potter « Por Essas Páginas disse:

    […] Adaptação: Harry Potter e o Cálice de Fogo […]

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem