Bloodlines Read-Along – The Indigo Spell: Capítulos 18-20


Boa noite pessoal!

Aqui vamos nós, chegando à reta final do nosso read-along. Apenas mais um fim de semana antes do lançamento de The Fiery Heart, e tanto a Lany quanto eu estamos roendo as unhas de ansiedade! Antes de pularmos nos capítulos de hoje, não se esqueçam de comentar para concorrerem à um exemplar de Laços de Sangue (em português) + um exemplar de The Fiery Heart (em inglês) no final do read-along. Como sempre, meus comentários estão em roxo e os da Lany em vermelho, e vocês podem acompanhar o calendário de leitura aqui.

the_indigo_spell

Capítulo 18

Nós retomamos a aventura de Sydney, Adrian e seu bebê dragão com o Adrian se esquivando de suas responsabilidades paternais. Aqui eu tenho que agradecer a Richelle Mead porque eu sempre rio muito com essas cenas! Sydney diz que ele precisa passar um tempo com o bichinho também, e se pergunta – em voz alta – o que vai fazer com ele caso decida ir pro México. Adrian fica intrigado, e Sydney percebe que não havia contado pra ele a possibilidade de ir pro México com Marcus selar a tatuagem. Pior que isso, ela fica incomodada com a possibilidade de falar isso pra ele, mas vai em frente mesmo assim.

Adrian deixa de lado o tom brincalhão de alguns minutos atrás, e pergunta seriamente se Sydney iria pro México. Ela diz que não sabe, que é um grande passo a ser dado e que significaria virar as costas aos Alquimistas. Detalhe que o Adrian fica meio que com ciúmes do Marcus, porque ele é humano e tudo mais, e isso é tão awww!  Adrian lembra que ela estaria virando as costas pra Jill e o resto da turma também pra fugir com um cara que ela acabou de conhecer. Sydney fica furiosa e diz que ela não iria fugir com ele e acusa o Adrian de somente querer que ela pense por si mesma quando é conveniente pra ele. Ela dá o exemplo de como ele disse que iria se manter longe dela mesmo a amando, e Adrian meio que perde a calma.

“Are you seriously in this much self-denial, Sydney? Like do you actually believe yourself when you say you don’t feel anything? Especially after what’s been happening between us?”

Sydney joga na cara dele que atração não significa amor, e que ele deveria saber disso. Ela continua, dizendo que ele adoraria educa-la nessa área e tê-la como mais uma garota na lista de conquistas dele. Adrian responde que não tem uma lista, e que se tivesse ele poderia encontrar alguém muito menos frustrante do que a Sydney pra colocar na lista. Ele termina dizendo que ela sabe que o que disse não é verdade, que ela não pode realmente acreditar que é somente uma conquista, não depois de tudo que eles passaram juntos.

“Our backgrounds don’t matter. What we have is bigger than that. I love you, and beneath all that logic, calculation, and superstition, I know you love me too.”

Ele diz que qualquer tentativa dela de fugir dos problemas só vai deixá-la com medo e confusa. Adrian: falando tudo o que os leitores queriam dizer para a Sydney! Sydney assume que já se sente desse jeito, e quando Adrian diz que essa é a coisa mais honesta que ela já disse, Sydney sai do carro quase chorando. Ao chegar no seu quarto – já um pouco mais calma – Sydney encontra Jill esperando por ela, querendo ver o dragãozinho do amor. Awww Jill sua fofa! Sydney diz que precisa de um lugar pra soltá-lo primeiro, e Jill volta uma hora depois com um aquário retangular, e elas colocam um pedaço de torta, um cachecol pra ele dormir e uma bolinha de estresse pra ele brincar.

Eu sei que a Callistana não é importante para a história, mas eu tenho que comentar sobre duas coisas muito fofas! A primeira é que a Sydney termina de comer o pedaço da torta do dragãozinho, mas ela tira a parte onde ele tinha comido, porque ela não sabia se ele tinha germes hahaha! A segunda cena foi a que realmente me fez cair de amores por ele! Ele fica observando a Sydney todo fofo e abanando a cauda e a Sydney fica toda:

“No,” I said sternly. “This isn’t a Disney movie where I have an adorable sidekick. You aren’t coming out.”

Tendo cuidado do seu novo bichinho, Sydney acaba dormindo em meio aos seus sentimentos confusos e medo da Veronica.

Adrian aparece novamente em seus sonhos, e pela maneira que ele não parece estar 100% em controle do quarto (acho engraçado quando a Sydney fica com medo de sentar na cadeira), fica claro que ele andou bebendo. Sydney se pergunta se ele teria bebido por causa da briga deles, mas antes que ela pudesse vocalizar sua preocupação, Adrian diz que quer se desculpar, dizendo que ele vai apoia-la no que quer que ela decida, que ele não tem voz nenhuma nas decisões dela. Sydney confessa que não sabe o que vai fazer ainda, porque  acha que ficando com os Alquimistas ela teria mais poder para mudar alguma coisa, e:

“I don’t want to leave you. Er, you guys.”
“Well, ‘we’ are certainly happy to hear that.”

Quando a conversa começa a pender pro lado do dragãozinho e como a Sydney não queria ele na cama com ela, Adrian segura um comentário inapropriado e sugere que eles joguem Banco Imobiliário mais uma vez, e ao se deparar com essa cena já um tanto quanto familiar, Sydney se sente contente por tudo estar certo entre eles. E como Adrian estava (quase) bêbado, ele não se lembrava do nome da maioria das ruas, e algumas estavam como “Castile Causeway” e “Jailbait Avenue”! E no capítulo seguinte a gente descobre que a Sydney perdeu novamente…

Capítulo 19

Chegou a hora de colocar o plano em ação e Sydney vai para St. Louis, nervosa com a perspectiva de tentar seduzir Ian e hackear o servidor dos Alquimistas. Sydney decide ficar em um hotel ao invés de se hospedar no dormitório dos Alquimistas por causa do vestido que decidiu usar na ocasião – que não é nada de mais, mas para a Sydney (e os Alquimistas em geral), é um tanto quanto escandaloso. Assim, eu sei como que os Alquimistas são com as roupas, mas pela descrição, eu achei que o vestido é sim um pouco escandaloso.

O jantar com Ian vai bem, e Sydney descobre que Ian precisou de aulas para controlar sua raiva após ter ficado preso num quarto de hotel no final de The Last Sacrifice. Com a conversa focada no trabalho, Sydney pede pra que ele a leve numa tour dos Arquivos – que é onde Ian trabalha, e no mesmo prédio que Sydney precisa hackear o servidor para conseguir a informação que Marcus deseja. É muito engraçado ver a Sydney tentando seduzir o Ian – e conseguindo! E é bonitinho porque ela começa a se perguntar o motivo de nunca ter tentado fazer isso antes!

Após o jantar eles seguem para o serviço religioso no prédio dos Alquimistas. Ian pergunta se Sydney não vai tirar o casaco, e ela se recusa porque o lugar está cheio de Alquimistas, ao mesmo tempo em que pensa como Adrian reagiria ao vê-la vestida de maneira mais provocativa. Para surpresa de Sydney, o Sr. Sage está lá junto com Zoe (a irmã mais nova dela, lembram?). Eles se sentam juntos, e enquanto Ian lambe o chão em que o Sr. Sage pisa, Sydney aproveita para conversar com Zoe. Zoe confessa que mal pode esperar para se tornar uma Alquimista de verdade e Sydney vê claramente que sua única motivação é agradar o pai delas. Durante o serviço, Sydney se sente completamente desconectada de tudo e de todos, e pensa que Adrian poderia ter razão quando disse que ela não precisava do Marcus pra quebrar a tatuagem, que ela estava se virando bem sozinha.

Falando no Adrian, ele aparece nos sonhos de Sydney mais uma vez, e Sydney não consegue parar de falar sobre a Zoe e como elas conversaram depois de tanto tempo da Zoe de cara virada. Antes de deixar que Sydney durma, Adrian deseja sorte na missão do dia seguinte, e a conversa que segue não deixa de me dar calafrios ao pensar no que ainda está por vir:

“That’s because you haven’t been caught.” He cupped my face in his hands and leaned close. “See that you aren’t. I don’t want to have to visit you in prison… or wherever it is bad Alchemists go.”
“Hey, at least I’d have you for company, right?”

Calma aí que eu vou ali pegar a caixinha de lenços de papel. Eu sempre fico desesperada quando leio cenas assim!

Capítulo 20

Sydney e Ian saem para tomar café da manhã, e embora tenha voltado ao seu guarda-roupa normal, Sydney faz questão de deixar dois botões da sua blusa abertos, o que deixou Ian fascinado. Sydney, você é tão rebelde! Após passarem por detectores de metal, Ian e Sydney finalmente chegam à biblioteca, e Sydney se surpreende ao ver uma área inteiramente dedicada à magia. Não demora muito pra que Sydney deixe Ian sozinho com a desculpa de sentar e ler um pouco, e menos ainda para decidir que precisava ir ao banheiro – que ficava do lado de fora da biblioteca. Ao chegar no banheiro, Sydney coloca um feitiço de invisibilidade nela e sai, tomando cuidado para que as câmeras no corredor não peguem as portas abrindo sozinhas.

Uma vez dentro da sala de vigilância cujo servidor Sydney precisava de acesso, ela forma uma bola de fogo em suas mãos e a coloca perto do CPU de um dos computadores. Quando o cheiro de plástico queimado ficou forte o suficiente para atrair a atenção dos outros Alquimistas, Sydney saiu de perto, e enquanto todos se levantavam para ver o que estava acontecendo, Sydney começa a copiar os arquivos de outro computador. O processo é rápido e logo Sydney sai dali aproveitando que várias pessoas estavam entrando e saindo da sala por causa do alarme de incêndio.

De volta à biblioteca, Sydney se senta no chão e finge que está lendo quando na verdade tenta se convencer de que os Alquimistas não têm motivo nenhum para suspeitar dela. Após uma hora, Ian foi procurá-la para levá-la ao aeroporto. Incapaz de resistir, no avião Sydney começa a olhar os arquivos que roubou e após um bom tempo da tarefa tediosa, ela finalmente viu a prova que precisava: Jameson, um dos líderes dos Guerreiros da Luz, havia se encontrado com os Alquimistas. 

Sydney se lembra que Stanton disse que eles sabiam sobre os Guerreiros mas apenas ficavam de olho neles, sem nenhum contato, e se dá conta de que mais uma vez os Alquimistas haviam mentido pra ela. 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  


  • Jullyane Prado disse:

    Uaaaau! Achei tãaao fofo o dragãozinho!! E nossa vai dando um gelo na barriga, porque a Sidney tá se arriscando demaiis!! Eu achei muito massa ela seduzindo o Lan e quando ele copia os arquivos do computador???? É fascinante!!! Beijos!

  • Vania disse:

    Eu fiquei na ponta da cadeira quando ela tava lá no prédio dos Alquimistas. Nervos de aço dessa menina, eu já precisaria ter ido no banheiro umas vinte vezes hahahaha

  • Jessica Lisboa disse:

    Acho que sou a unica que ainda nao leu e fica boiando.

    xx

  • Isa Aragão disse:

    Acho tãao fofo meninos (nos livros) com ciúmes. É tãaao aaawwwwwnnnn <3 haha ## Alguém me dá o Adrian de presente? Sydnei tentanto seduzir alguém deve ser tão engraçado! AH QUERO ESSE LIVRO!!!!!!!!!!!!!!!! ALGUÉM ME DÁ DE PRESENTE?

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem