Arquivo para a categoria ‘ 3 estrelas ’


Resenha: Teto para dois

Ficha técnica

Título: Teto para dois

Autora: Beth O’Leary

Tradutora: Carolina Selvatici

Páginas: 400

Editora: Intrínseca

Compre aqui

Sinopse: Três meses após o término do seu relacionamento, Tiffy finalmente sai do apartamento do ex-namorado. Agora ela precisa para ontem de um lugar barato para morar. Contrariando os amigos, ela topa um acordo bastante inusitado.

Leon está enrolado com questões financeiras e tem uma ideia pouco convencional para arranjar dinheiro rápido: sublocar seu apartamento, onde fica apenas no período da manhã e da tarde nos dias úteis, já que passa os finais de semana com a namorada e trabalha como enfermeiro no turno da noite. Só que tem um detalhe importante: o lugar tem apenas uma cama.

Sem nunca terem se encontrado pessoalmente, Leon e Tiffy fecham um contrato de seis meses e passam a resolver as trivialidades do dia a dia por Post-its espalhados pela casa. Mas será que essa solução aparentemente perfeita resiste a um ex-namorado obsessivo, uma namorada ciumenta, um irmão encrencado, dois empregos exigentes e alguns amigos superprotetores?

Teto para dois tem toda aquela sinopse de um bom romance afinal… Como assim dividir uma cama sem nunca terem se conhecido? Foi nessa situação inusitada que Leon e Tiffy se encontraram. Leon estava com problemas financeiros e como ele é enfermeiro, resolve sublocar o apartamento no período da noite e nos finais de semana. Já Tiffy se separou do seu ex-namorado e resolve sair do apartamento dele só que ela também não tem muito dinheiro disponível para um aluguel. Parece uma união perfeita, se não fosse um detalhe: o lugar tem apenas uma cama e a namorada de Leon é muito ciumenta e faz com que o acordo seja fechado, porém sem os dois se encontrarem “ao vivo”…

~ Dica: acompanhe nosso Instagram e fique por dentro das resenhas e indicações em primeira mão! ~

Continue lendo…




Resenha – The Chase: A busca de Summer e Fitz

Ficha técnica:

Nome: The Chase: A busca de Summer e Fitz

Autora: Elle Kennedy

Tradutora: Juliana Romeiro

Páginas: 320

Editora: Paralela

“Todo mundo diz que os opostos se atraem. E deve ser verdade, porque não tem nada que explique minha atração por Colin Fitzgerald. Ele não faz meu tipo e, o pior de tudo, me acha superficial. Essa visão distorcida que ele tem de mim é o primeiro ponto contra. Também não ajuda que ele seja amigo do meu irmão.

E que o cara que mora com ele tenha uma queda por mim.

E que eu tenha acabado de me mudar para a casa deles.

Mas isso não importa. Estou ocupada o bastante com uma faculdade nova, um professor que não larga do meu pé e um futuro incerto. Além do mais, Fitz deixou bem claro que não quer nada comigo, embora tenhamos uma química de dar inveja a qualquer casal. Nunca fui de correr atrás de homem, e não vou começar agora. Então, se o meu roommate gato finalmente acordar e perceber o que está perdendo…

Ele sabe onde me encontrar.”

Eu escolhi ler esse livro primeiro porque eu já tinha lido outro livro desse universo (ele é um spin-off da série “Amores Improváveis”) e segundo porque um casal que já tem um histórico tendo que morar junto? Esse definitivamente está na minha lista de clichés favoritos!

Continue lendo…




Resenha: Hacker

Ficha técnica:

Nome: Hacker

Autor: Ray Tavares

Páginas: 446

Editora: Autopublicação

Compre aqui

Hannah Knight é uma jovem estudante da Universidade de São Paulo, completamente comum e com alguns problemas de socialização, dona do incrível dom de sempre passar despercebida. Assim, é na rede que ela consegue ser ela mesma – conhecida por suas habilidades em tecnologia, a hacker é contratada para atuar em pequenos trabalhos em troca de remuneração e ensinamentos de seu melhor amigo e tutor, L. Love. Além disso, é online que a garota consegue se comunicar com o seu único e grande amor, Oliver Morais. Porém, quando ela aceita o desafio de investigar Sergio Maia, o poderoso agente literário de Oliver, a sua vida começa a mudar. Fonte

Da mesma autora de 12 Signos de Valentina, esse livro me foi recomendado e decidi pegar pelo Kindle Unlimited. Como não li o livro anterior, essa é minha primeira experiência com a autora, mas já adianto que foi uma leitura bem legal e diferente das histórias nacionais que encontramos por aí. Dito isso, dei 3 estrelas por alguns motivos e vou explicar logo mais.

Continue lendo…




Resenha: A Metade Sombria

Ficha técnica:

Título: A Metade Sombria

Autor: Stephen King

Tradutora: Regiane Winarski

Páginas: 464

Editora: Suma

Compre aqui

Sinopse:

“Criar George Stark foi fácil. Se livrar dele, nem tanto.
Há anos, Thad Beaumont vem escrevendo, sob o pseudônimo George Stark, thrillers violentos que pagam as contas da família, mas não são considerados “livros sérios” pelo escritor. Quando um jornalista ameaça expor o segredo, Thad decide abrir o jogo primeiro, e dá um fim público ao pseudônimo.
Beaumont volta a escrever sob o próprio nome, e seu alter ego ameaçador está definitivamente enterrado. Tudo vai bem. Até que uma série de assassinatos tem início, e todas as pistas apontam para Thad. Ele gostaria de poder dizer que é inocente, que não participou dos atos monstruosos acontecendo ao seu redor. Mas a verdade é que George Stark não ficou feliz de ser dispensado tão facilmente, e está de volta para perseguir os responsáveis por sua morte.”

Mais um relançamento de um clássico do mestre Stephen King na coleção capa dura da Biblioteca Stephen King da Suma. Essa coleção é tão linda e caprichada que dá vontade de abraçar os livros, e essa foi minha edição preferida: a capa roxa, os pássaros voando nas páginas, enfim, todo o projeto gráfico ficou incrível. E, além disso, o original ganhou nova tradução da competentíssima Regiane Winarski.

Mas e a história? Vale a pena?

Continue lendo…



Resenha: Boy Erased – Uma verdade anulada

Ficha técnica:

Nome: Boy Erased – Uma verdade anulada

Autor: Garrard Conley

Tradutora: Carolina Selvatici

Páginas: 320

Editora: Intrínseca

Compre aqui

Sinopse:

“Livro que deu origem a filme estrelado por Nicole Kidman, Russel Crowe e Lucas Hedges.

Em seu elogiado livro de estreia, Garrard Conley revisita as memórias do doloroso período em que participou de um programa de conversão que prometia “curá-lo” da sua homossexualidade. Garrard — filho de um pastor da igreja Batista, criado em uma cidadezinha conservadora no sul dos Estados Unidos — foi convencido pelos próprios pais a apagar uma parte de si. Em uma tentativa desesperada de agradá-los e de não ser expulso do convívio da família, ele quase se destruiu por completo, mas encontrou forças para buscar sua identidade e hoje é ativista contra as terapias de conversão.

Tocante e inspiradora, a história de Garrard é um acerto de contas com o passado, um panorama complexo das relações do autor com a família, com a fé e com a comunidade. O livro é o testemunho dos traumas e das consequências de se tentar aniquilar parte essencial de um ser humano.”

Boy Erased chegou ao Brasil em meio a uma polêmica: a Universal Pictures, distribuidora do filme inspirado na obra literária, desistiu de exibir o filme nos cinemas brasileiros. Em meio ao cenário político conservador que vivemos atualmente, a atitude foi considerada como censura nas redes sociais, mas a distribuidora alegou que foi uma decisão comercial, baseada em custos. De fato, o filme não decolou nos EUA, com uma bilheteria fraca e nenhuma indicação ao OSCAR. A obra cinematográfica será lançada em DVD, a partir do dia 17 de abril.

Se foi censura ou capitalismo (ou uma mistura dos dois), talvez nunca chegaremos a saber. Mas e o livro, lançado pela Intrínseca? Bem, é aí que fomos conferir. Gentilmente a editora nos enviou a obra através da nossa parceria de 2019. Será que vale mesmo a pena ou o hype foi maior?

Continue lendo…



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...