Arquivo para a categoria ‘ 5 estrelas ’


Resenha: The Cuckoo’s Calling

the_cuckoos_callingApós perder sua perna em uma mina no Afeganistão, Cormoran Strike passa dificuldades como  detetive particular. Strike tem apenas um cliente, e seus credores estão o cobrando. Ele também acabou de terminar um relacionamento de muitos anos e agora mora em seu escritório.

É então que John Bristow entra por sua porta com uma história incrível: sua irmã, a lendária modelo Lula Landry, conhecida por seus amigos como Cuckoo, teve uma queda fatal alguns meses antes. A polícia alegou ser suicídio, mas John se recusa a acreditar nisso. O caso coloca Strike no mundo de beldades multimilionárias, namorados que são estrelas de rock, e designers desesperados, e o apresenta aos diversos prazeres, estímulos, seduções, e desilusões existentes.

Você pode achar que conhece detetives, mas nunca conheceu um como Strike. Você pode achar que conhece os ricos e famosos, mas nunca os viu sendo investigados dessa forma.*    Fonte

*tradução livre

Sábado à noite, estou numa igreja esperando pacientemente a minha vez de entrar na fila para ter meu livro autografado por Neil Gaiman, quando recebo uma notificação atrás da outra no facebook. A Lany havia postado um link para um artigo dizendo que não conseguia acreditar mas que havia um novo livro da J.K. Rowling e os comentários chegavam a níveis absurdos no meu feed. Como apenas alguns dias atrás havia ressurgido um rumor de que Ms. Rowling escreveria outro livro de Harry Potter, eu achei que essa notícia fosse apenas “mais do mesmo” e não dei muita bola. Somente ao ler o artigo, ver que não se tratava de Harry Potter, que ela havia usado um pseudônimo, e que a notícia havia sido postada pelo The Leaky Cauldron (o fansite que eu mais confio) foi que minha ficha caiu. Havia um novo livro de J.K. Rowling. Nas prateleiras. Tipo agora!! Embora eu estivesse desesperada para correr até a livraria mais próxima naquele momento, me resignei, adquiri o audiobook imediatamente no celular (só pra garantir), e resolvi esperar até o dia seguinte para procurar uma cópia física de The Cuckoo’s Calling. Por sorte a minha livraria ainda tinha duas cópias, e eu as peguei imediatamente (uma para mim, e uma para uma amiga); no final do domingo, com a notícia tendo se espalhado, o livro já estava esgotado tanto em lojas físicas quanto online, e uma segunda edição com tiragem de 300,000 cópias – e o nome de J.K. Rowling na jaqueta – ainda é ansiosamente aguardada. Aqui no Brasil, os direitos foram adquiridos pela Rocco, a mesma editora responsável pela publicação de Harry Potter.

How could the death of someone you had never met affect you so?




Resenha: Como falar com as garotas nas festas

como falar com as garotas nas festas“Dois garotos lotados de hormônios, uma festa e mulheres com uma beleza de outro mundo. Indicado ao Hugo Awards de melhor conto em 2007, Como falar com as garotas nas festas é exatamente o que todo leitor espera de Neil Gaiman: inusitado e surpreendente. Esta edição especial em e-book, disponível por tempo limitado, inclui um trecho de O oceano no fim do caminho, o mais recente romance do autor, também publicado pela Intrínseca.” Fonte

Não sei dizer porque demorei tanto para resenhar esse conto, ele é ótimo! Acho que talvez tenha sido o fato de que eu o baixei (ainda de graça na Amazon – CORRAM) e imediatamente o li, me diverti horrores e depois voltei às minhas leituras. Aí a resenha foi ficando esquecida, o que é inadmissível porque, preciso dizer a vocês, esse conto é incrível e deve ser lido. Bem, tem um detalhe na capa que já indica que ele deve ser lido: é um conto de Neil Gaiman.

Continue lendo…




Resenha: Will & Will – Um nome, um destino

Olá, pessoal! Nós já temos uma resenha super apaixonada da Vânia de Will Grayson, Will Grayson aqui no blog, na versão em inglês, e depois de ler essa resenha há muito tempo, eu já vinha com aquela vontade enorme de ler o livro. Com lançamento no Brasil, a Editora Record gentilmente nos cedeu um exemplar, apesar de não sermos parceiros do selo da Galera Record, portanto foi a oportunidade de ouro para que eu também me deliciasse com essa história. É claro que depois de ler a resenha da Vânia minhas expectativas estavam altíssimas, porém, dessa vez, elas só conseguiram ser superadas, o que é lindo e muito, muito amor, gente. Então esperem outra resenha babando o ovo do livro, mas também com algumas outras opiniões e mais sobre essa ótima edição brasileira da Galera.

Em uma noite fria, numa improvável esquina de Chicago, Will Grayson encontra… Will Grayson. Os dois adolescentes dividem o mesmo nome. E, aparentemente, apenas isso os une. Mas mesmo circulando em ambientes completamente diferentes, os dois estão prestes a embarcar em um aventura de épicas proporções. O mais fabuloso musical a jamais ser apresentado nos palcos politicamente corretos do ensino médio. Fonte

Do querido John Green, eu já li Quem é você, Alasca? (Looking for Alaska) – a minha primeira leitura do autor, presente também da Vânia, que foi quem começou todo o nosso amor pelo John Green aqui no blog. Também li A Culpa é das Estrelas (The Fault in Our Stars) – meu queridinho – e desenvolvi uma paixão arrebatadora pelo livro e pelo autor desde então. Já do David Levithan eu ainda não tinha lido nada e agora estou doida para conhecer outras obras do autor.

Simplesmente diga a verdade. Por dez minutos. E então podemos voltar a ser idiotas.




Resenha especial: Os contos de Beedle, o Bardo

Depois de ler Harry Potter e as Relíquias Mortais, como muitos eu me senti órfã de Harry Potter. Como assim, quer dizer que não tem mais nada? O que eu vou fazer???

Depois de concluir o último livro da série Harry Potter, J.K. Rowling escreveu The Tales of Beedle, the Bard. Ela produziu sete exemplares individuais do volume de contos de fadas bruxos, seis deles que ela presenteou aqueles que ela acreditou terem criado um elo muito forte com Harry, o sétimo exemplar foi leiloado em dezembro de 2007.

Claro que demorou um pouco mais para o livro ser disponibilizado ao público, enquanto aguardávamos, veio o famoso “prequel” em junho de 2008, contando uma história protagonizada por Sirius e James antes do nascimento de Harry. Como o prequel tinha aproximadamente 800 palavras, não serviu nem de lambuja, só para alimentar a esperança infundada de que a J.K fosse escrever sobre os marotos.

Mas logo depois, foi anunciado o lançamento mundial de Os Contos de Beedle, O Bardo” e, em 4 de outubro de 2008, os contos foram publicados.

OS_CONTOS_DE_BEEDLEN_O_BARDOSinopse: ‘Os contos foram traduzidos das runas originais pela personagem Hermione, a partir do velho exemplar herdado por ela. São cinco histórias de fadas diferentes entre si. Histórias populares para jovens bruxos e bruxas, contadas há gerações aos filhos à hora de dormir. Pouco se sabe do passado de seu autor, apenas que Beedle, o Bardo, teria nascido em Yorkshire no século XV e possuía uma longa barba; mas suas histórias foram passadas de geração em geração e têm ajudado muitos pais bruxos. Não muito diferente dos contos escritos para pequenos trouxas. Enquanto nos livros dos trouxas ela está ligada ao comportamento errado, aqui ela está associada aos heróis e às heroínas que são capazes de realizar mágicas para ajudar os outros. Só que ao mesmo tempo bruxos e bruxas descobrem que esta mesma magia pode lhes causar dificuldades e nem sempre é a solução para todos os problemas. Assim como em alguns contos de fadas, as histórias de Beedle podem assustar criancinhas, mas, por outro lado, as inspiram a serem honestas e a usarem seus poderes para o bem, algo que Dumbledore ressalta a todo momento em suas anotações. Fonte

Continue lendo…




Em outras palavras especial: Animais Fantásticos e Onde Habitam

Hoje a resenha do nosso Especial Harry Potter também é especial pois novamente temos a presença da querida Melissa de Sá como convidada. Ela já passou por aqui com o post incrível sobre o Pottermore e agora retorna para falar do livro Animais Fantásticos e Onde Habitam. ‘Bora ler mais uma postagem sobre essa série tão querida?

E a bola da vez do Especial Harry Potter (iniciativa do Por Essas Páginas, mas com colaboração do Livros de Fantasia) ficou por minha conta (Melissa de Sá). A resenha de hoje é sobre o volume extra Animais Fantásticos e Onde Habitam.

Título em português: Animais Fantásticos e Onde Habitam
Título Original: Fantastic Beasts and Where to Find Them
Autor: J.K. Rowling
Ano de publicação: 2001
País de Origem: Reino Unido
Tradução: Lia Wyler
Editora: Rocco
Número de páginas: 64

Animais Fantásticos e Onde Habitam foi lançado em 2001 juntamente com Quadribol Através dos Séculos. A venda dos dois volumes vai para a Comic Relief, um fundo que promove a justiça social e a eliminação da pobreza. Dessa forma, o livro representa dois grandes pilares do trabalho de J.K. Rowling: uma preocupação com o social (afinal, Rowling é conhecida por diversas doações e iniciativas sociais além de desenvolver temas como preconceito e igualdade social em seus livros) e uma veia cômica inegável (a Comic Relief foi fundada por comediantes e em sua obra Rowling também tem uma veia cômica afiada). Animais Fantásticos é um volume simples, mas engraçado e representativo para os fãs da série. Seja pelo humor, seja pelo universo criado por Rowling. Continue lendo…

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...