Arquivo para a categoria ‘ Adaptações ’


Divulgação: Cada Um na Sua Casa

Não sei vocês, mas eu adoro livros infantis. Eles são fofos e divertidos e coloridos, ou seja, tudo de bom! E é tão gostoso voltar a ser criança, pelo menos por algumas páginas. Mas livros infantis que viram animações no cinema?! Peraí: isso já O MÁXIMO!

Vamos conhecer Cada Um na Sua Casa, mais novo lançamento da Editora Gutenberg?

“É véspera de Natal quando a mãe de Gratuity Tucci, ou Tip, de 12 anos, é abduzida, e ela fica sozinha com seu gato, Porquinho, na Pensilvânia. A seguir, uma enorme e bizarra nave especial pousa na Terra. Dela saem uns alienígenas baixinhos chamados Booves, que declararam que este planeta seria sua nova casa, e que os terráqueos dali deveriam ir todos para a Flórida, porque eles iriam ocupar o resto do país.

Tip precisa ir por conta própria ao lugar destinado aos humanos. Amarra latas embaixo dos sapatos, apanha seu gato e parte dirigindo o carro da família. No caminho, conhece um Boov renegado e trapalhão chamado Ó, que acaba ficando seu amigo, transforma o automóvel em um veículo voador e os dois partem em busca da mãe dela. Na aventura, Ó provoca outra invasão extraterrestre e os dois precisam se unir para resolver toda a confusão criada e tentar salvar o único lugar que resta a ambos para morar: a Terra.” Fonte

Continue lendo…




Adaptação: Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 2

E eis que chegamos ao último filme da série. Por tanto tempo aguardamos, mas ainda me lembro muito bem de como havia uma certa relutância no ar ao nos dirigirmos ao cinema naquele dia 15 de julho de 2011, um medo de fã de ver o fim na tela e perceber que a saga que tanto amamos realmente terminara de vez. Tá certo que os livros já tinham acabado há algum tempo, mas o término também dos filmes parecia um novo marco, um novo final e não havia nenhuma perspectiva de algo inédito depois disso. Ainda não sabíamos que existiria o Pottermore, mas mesmo assim, ele não é um novo livro, é material novo, mas não é uma história nova… Enfim, estou sendo dramática e sentimental, mas diz uma coisa, é possível não ser assim quando se fala de uma das histórias mais queridas de todos os tempos?

Assisti a esse filme duas vezes no cinema: a primeira, com o marido e a irmã, companheiros inseparáveis de jornada. A segunda em 3D, com os queridos amigos do fórum de Harry Potter – outros parceiros no amor pela série -, inclusive a Lucy, aqui do blog. Então, se você já leu nossas resenhas do Especial Harry Potter, embarque nessa viagem pelo último filme da franquia e, devo dizer, um dos melhores da série e realmente um final épico.

hp7_p2_poster“No final épico, a batalha entre as forças do bem e do mal no mundo da bruxaria toma proporções de uma guerra mundial. As apostas nunca foram tão altas e ninguém está a salvo. Mas é Harry que pode ser convocado para fazer um derradeiro sacrifício, à medida que ele se aproxima cada vez mais do confronto final com Lord Voldemort. Tudo termina aqui.”

É, concordamos que sinopses realmente não são o forte desse povo, né? Cruzes! Mas, tudo bem, a gente ignora de novo e prossegue com o filme.

Ah, e já vou avisando. Esse post é um prato cheio de spoilers. Muitos, milhares, imensos spoilers. Não viu o filme ainda? Não leu o livro? Em que planeta você vive?! Corre e vá assistir/ler/e tudo mais! E aí volta aqui para comentar com a gente!

Of course it is happening inside your head, Harry, but why on earth should that mean that it is not real?




Adaptação: Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 1

E cabe a mim a espinhosa e honrosa tarefa de terminar as resenhas de filmes do Especial Harry Potter. Quem não leu as outras resenhas, volte um pouco no tempo e leia-as! Bem, quando Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 1 (e eu achei muito bom terem dividido o último livro em dois filmes, foi uma escolha acertada) foi lançado já não havia mais livros de Harry Potter para ler… Nós já sabíamos de cor e salteado toda a série e, sim, sabíamos também o final. O que significava que os filmes pareciam ser nossa última chance de algo inédito. Então todos fomos ao cinema com alguma nostalgia, mas ainda cheios de alegria porque, afinal, era Harry Potter e essa era parte 1, então, tudo bem, haveria ainda a parte 2. E havia também a pergunta: onde será que eles vão cortar o livro? Em qual parte será o final desse primeiro filme?

Pôster_HP7_1“Harry, Ron e Hermione estão determinados em sua missão de descobrir e acabar com o segredo da imortalidade e do poder de destruição de Voldemort – as Horcruxes. Fugitivos e sozinhos, os três amigos devem apenas contar uns com os outros, agora mais do que nunca… Mas as Forças das Trevas no caminho ameaçam separá-los para sempre.”

Ufa, a sinopse do DVD é legal. Não é ridícula como a sinopse de Harry Potter e a Câmara Secreta. Mas vamos ao que interessa. E já aviso que essa resenha foi impossível de fazer sem colocar spoilers, mas se você não viu esse filme até agora, largue tudo, tudo mesmo, e vá assisti-lo.

Dobby never meant to kill! Dobby only meant to maim, or seriously injure!




Adaptação: Harry Potter e o Enigma do Príncipe

Harry.Potter.e.o.Enigma.do.Principe.DVDRIP.Xvid.DubladoLorde Voldemort ameaça tanto o mundo dos trouxas quanto o mundo dos bruxos, e Hogwarts já não é o local seguro de outrora. Harry suspeita que o perigo esteja dentro do castelo, mas Dumbledore está mais preocupado em preparar o bruxo para a batalha final que se aproxima rapidamente. Juntos, eles trabalham para superar as defesas de Voldemort. Para isso, Dumbledore recruta o velho amigo e colega Professor Horácio Slughorn, um inocente bon vivant com bons contatos no mundo da magia, pois acredita que ele possui informações cruciais.

Fonte

Dois anos após o lançamento de Harry Potter e a Ordem da Fênix – o que eu considero um dos melhores filmes da série – David Yates voltou a assumir a direção na adaptação de Enigma do Príncipe. Embora muitos desejassem que Michael Goldenberg continuasse como roteirista ao lado de Yates, Steve Kloves – responsável pelos quatro primeiros filmes da série – voltou para desespero geral da nação.

ATENÇÃO: Esse post contém SPOILERS!!!

but I AM the Chosen One




Adaptação: Harry Potter e a Ordem da Fênix

dvd_ordem_da_fenixNo quinto filme da série, Lord Voldemort está de volta, mas o Ministério da Magia está fazendo tudo a seu alcance para impedir que a comunidade mundial de bruxos descubra isso – incluindo indicar a oficial do Ministério, Dolores Umbridge, como a nova professora de Defesa Contra as Artes das Trevas de Hogwarts. Quando Umbridge se recusa a ensinar a prática de mágica defensiva, Ron e Hermione convencem Harry a secretamente treinar um grupo de estudantes para a guerra de magia que está prestes a estourar.   Fonte

 

ATENÇÃO: Esse post contém SPOILERS!!!

Sendo fãs alucinados da série de livros escrita por J.K. Rowling é impossível que qualquer adaptação faça jus à obra que nos moldou como leitores. Nós sempre vamos querer ver nas telas o filme que dirigimos em nossas cabeças enquanto líamos, com nosso próprio elenco, nossa própria trilha sonora, nossa visão única e especial, sem falas trocadas, sem cenas cortadas. E apesar de sabermos que isso é impossível, que a linguagem das páginas é diferente da linguagem das telas, nós sabemos que vamos sair do cinema reclamando de alguma coisa, por menor que seja. Em Julho de 2007 não foi diferente: com apenas uma semana de diferença entre a estréia do filme número 5 e o lançamento do livro número 7, milhares de Potterheads lotaram as salas dos cinemas no mundo inteiro, mas dessa vez havia algo que não batia com a estréia de Cálice de Fogo (a primeira da qual participei): havia uma empolgação distinta, uma ponta de esperança no fundo dos olhos das pessoas fantasiadas na fila do IMAX. Talvez fosse a loucura do “Verão Potter” de 2007, talvez fosse a ansiedade perto do lançado do último capítulo da saga de Harry; mas para mim, a esperança que eu lutava para não se espalhar dentro de mim tinha um nome: Michael Goldenberg.

You will lose… everything!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...