Arquivo para a categoria ‘ Ana Lúcia Merege ’


Super Promoção e Concurso Cultural “O Castelo das Águias”

super_promo_castelo

Fala pessoal, todo mundo a fim de mais uma grande promoção por aqui? Pois bem, a talentosa Ana Lúcia Merege, autora dos livros O Castelo das Águias e A Ilha dos Ossos (e mais um monte de coisa que você pode conferir aqui), convidou o Por Essas Páginas e o Livros de Fantasia para fazer uma super promoção, com vários prêmios incríveis, desde livros da série até muitos mimos lindos temáticos. Além disso, vai ter também um concurso cultural muito bacana onde vocês vão poder soltar a imaginação e escrever fanfics dos livros! ‘Bora participar?

Continue lendo…




A Cuca Recomenda: A Ilha dos Ossos

A Ilha dos Ossos é a continuação de O Castelo das Águias, primeiro livro da série fantástica de Athelgard da competente autora Ana Lúcia Merege. Adquiri esse livro há algum tempo, mas só agora pude lê-lo, já que a pilha – ah, a pilha – nunca acaba, só cresce. Mas estava bem curiosa para saber como a autora continuaria a série, já que o primeiro livro fecha muito bem um final. É claro que você percebe que o mundo de Athelgard abriga muitas histórias, mas não havia um gancho para uma continuação, o que não acho ruim, mas interessante, porque realmente não me agradam ganchos apelativos, daqueles que parece que você não terminou de ler o livro. Ao ler o segundo volume, percebi que essa é realmente uma característica da série: esse é um livro que você pode ler sem a leitura do anterior – já que a autora se preocupa em ambientar bem o leitor no início, mas acredito que você aproveitará mais a história se o fizer. Com personagens mais maduros e uma escrita mais vigorosa, A Ilha dos Ossos é uma ótima obra de fantasia que os fãs do gênero precisam conhecer.

“Após ter derrotado seu maior rival, o mago Kieran de Scyllix deseja apenas deixar para trás seu passado de guerras e segredos e ser feliz ao lado de Anna. No entanto, a sede da jovem Mestra de Sagas por conhecimento e aventura nem sempre torna as coisas fáceis para o casal. Durante uma viagem para encontrar uma confraria de bardos, ela desaparece misteriosamente, e Kieran é obrigado a seguir suas pistas através dos pântanos e mares de Athelgard. Pelo caminho ele irá encontrar aliados improváveis – barqueiros, religiosos e uma trupe de saltimbancos – e enfrentará piratas e guerreiros, além de se deparar com seres que até então só vira em antigos livros de Magia. E a maior surpresa de todas o aguarda no destino final… A Ilha dos Ossos, romance fantástico de Ana Lúcia Merege, é o segundo da série iniciada por O Castelo das Águias (2011) no mundo de Athelgard. Inspirado nas lendas celtas e com grande sensibilidade artística, a autora cria personagens que habitam esse mundo que parece vindo de contos de fadas, mas nem sempre com finais felizes.” Fonte

Nenhum homem é uma ilha.




Quinze autoras nacionais que você precisa conhecer

escritoras

Nesse Dia Internacional da Mulher, a Karen fez um post lindo no blog dela, indicando 10 autoras nacionais que você precisa conhecer. Eu adorei a ideia e perguntei para ela se poderia fazer um post semelhante aqui no Por Essas Páginas. Ela então deu uma sugestão maravilhosa: por que não juntar os dois textos? Assim conseguiríamos abranger um número maior de autoras. E tcharam… Assim nasceu esse post!

Os comentários da Karen estarão em verde e os meus comentários em vermelho!

Observação: Os números não significam uma classificação de preferência e sim foram colocados para uma melhor organização.

Continue lendo…




A Cuca Recomenda: Divulgação A Ilha dos Ossos, de Ana Lúcia Merege

Que sábado preguiçoso, pessoal (pelo menos pra mim por aqui!). Sabe o que é uma ótima pedida pra hoje? Ler, é claro! E outra ótima pedida é conhecer novos livros! E por isso hoje vou falar do mais recente lançamento da nossa autora parceira, Ana Lúcia Merege, que saiu pela Editora Draco.

“Após ter derrotado seu maior rival, o mago Kieran de Scyllix deseja apenas deixar para trás seu passado de guerras e segredos e ser feliz ao lado de Anna. No entanto, a sede da jovem Mestra de Sagas por conhecimento e aventura nem sempre torna as coisas fáceis para o casal.

Durante uma viagem para encontrar uma confraria de bardos, ela desaparece misteriosamente, e Kieran é obrigado a seguir suas pistas através dos pântanos e mares de Athelgard. Pelo caminho ele irá encontrar aliados improváveis – barqueiros, religiosos e uma trupe de saltimbancos – e enfrentará piratas e guerreiros, além de se deparar com seres que até então só vira em antigos livros de Magia. E a maior surpresa de todas o aguarda no destino final…

A Ilha dos Ossos, romance fantástico de Ana Lúcia Merege, é o segundo da série iniciada por O Castelo das Águias (2011) no mundo de Athelgard. Inspirado nas lendas celtas e com grande sensibilidade artística, a autora cria personagens que habitam esse mundo que parece vindo de contos de fadas, mas nem sempre com finais felizes.” Fonte

Entre águas sombrias e criaturas místicas, a aventura continua




A Cuca Recomenda: Um Estranho Equinócio

No ano passado, li o ótimo e encantador O Castelo das Águias, da autora Ana Lúcia Merege (conheça mais sobre ela na nossa página de autores parceiros). Esse ano, a Editora Draco já anunciou o lançamento da sequência da série: A Ilha dos Ossos. Mas, entre esses dois livros, há um conto da Ana muito especial que tive a oportunidade de ler recentemente: Um Estranho Equinócio. Para quem ainda não leu o primeiro livro, esse post pode ter alguns spoilers do mesmo, ok? Então adquira logo O Castelo das Águias e depois leia esse conto! ‘Bora lá conhecê-lo?

“Conto de Ana Lúcia Merege que se passa entre o final de O Castelo das Águias e o começo de A Ilha dos Ossos, segundo romance da série. Na véspera do equinócio de outono, Urien, mestre de música do Castelo das Águias, se depara com uma situação perturbadora. Quem desejaria assassinar Kieran de Scyllix em seu próprio casamento?” Fonte

Um Estranho Equinócio tem como plano de fundo um evento que certamente os leitores de O Castelo das Águias vão adorar (eu, pelo menos, fiquei super feliz de ler mais sobre isso): o casamento entre Anna de Bryke e Kieran de Scyllix. Tá certo que eu não gosto muito do Kieran (e não sei o que a Anna viu nele), mas eu acho a Anna uma personagem tão adorável que, ah, não tem como não torcer para ela ser feliz. Mas, o casamento é mais um plano de fundo mesmo para o conto: todo ele é narrado na visão de outro personagem, Urien, mestre de música do Castelo, e devo dizer que ele é um personagem muito divertido e um ótimo narrador.

Continue lendo…

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...