Arquivo para a categoria ‘ Colunas ’


A Cuca Recomenda: Garota Replay

“Thizi é uma garota do bem, apaixonada pela vida. Mas, após uma madrugada trágica, sente que tudo à sua volta desmorona. Descobre que Tadeu, seu namorado, beijou uma garota em uma noitada e quebrou o nariz de Tito, melhor amigo de Thizi, quando soube que ele fotografou a prova da traição. Na mesma noite, Tadeu dirigiu bêbado e causou grave acidente, que deixou o amigo Gabiru em coma. Em meio a tanta decepção, Thizi encontra uma Replay de si mesma, uma igual. Agora, não mais a única do planeta, ela se sente a pessoa mais solitária do mundo e precisa entender que só o amor tem o poder de provocar as melhores mudanças. Garota Replay trará reflexões para desvendar os segredos da vida de Thizi. E da sua também…” Fonte

Resolvi ler esse livro por dois motivos: eu o ganhei e queria uma leitura leve e rápida. Depois de ler “A Menina que Roubava Livros“, vamos combinar que eu precisava de algo leve. Quem já leu o livro ou pelo menos leu resenhas ou ouviu falar sobre esse ele, sabe que no final você fica em pedaços. Então eu queria me divertir, botar um sorriso no rosto e relaxar. O escolhido foi o livro recém-lançado pela autora brasileira Tammy Luciano.

O que você faria se encontrasse você mesma?




Top Ten Tuesday – 10 Livros que Me Fizeram Chorar

Está bem, está bem. Esse não é o tema correto dessa semana. Na verdade eu deveria estar escrevendo sobre os 10 Blogs não literários que eu acompanho, mas se esse fosse o caso tudo o que vocês teriam aqui hoje seria um “cri cri cri”. Eu não acompanho blogs não relacionados à literatura. Às vezes é difícil até mesmo acompanhar nossos blogs parceiros, não por falta de vontade, mas sim por falta de tempo. Por isso eu tomei a liberdade de utilizar um dos temas já feitos no TTT, e o meu escolhido foi 10 Livros que Me Fizeram Chorar. Porque eu não sou chorona, mas alguns livros simplesmente me fazem perder a cabeça.

Lembrando que o Top Ten Tuesday é uma iniciativa do blog The Broke and the Bookish, e eu coloquei os livros na ordem que os li.

We need never be ashamed of our tears – Charles Dickens




Top Ten Tuesday: 10 autores em reality show

Olá,

Bem, apesar do atraso, estou postando o Top Ten Tuesday dessa semana (ou seria o Top Ten Thursday? Há, nem muda muito o nome!). O tema? “Top 10 autores que eu gostaria que participassem de um reality show (e em qual reality show)”. Para falar a verdade, não assisto muitos programas desse tipo… Mas, fiz uma pesquisa e vamos lá!
Lembrando que o Top Ten Tuesday é uma iniciativa do The Broke and the Bookish!

Autores em Reality Shows? Huuum… Difícil!




Meu autor de cabeceira: Diana Wynne Jones

Esses dias estava observando a minha estante e me deparei com meu exemplar de O castelo animado, de Diana Wynne Jones e sua continuação, O castelo no ar – que ainda não li. Qual não foi minha surpresa ao pesquisar sobre ela para esta coluna e saber que esta autora faleceu ano passado?

Pois nada mais justo do que fazer uma homenagem à ela, a criadora de um dos personagens mais cativantes que já li.

Diana Wynne Jones nasceu em Londres em 1934 e morreu em Bristol, em 26 de março de 2011. Quando criança, ela foi levada para a casa dos avós, no País de Gales, em decorrência da Segunda Guerra Mundial, se mudando várias vezes a partir dali.

“I hope your bacon burn!” – Calcifer




Top Ten Tuesday – Dez citações favoritas de livros

Olá!
Então, estou aqui pensando em mudar o nome do Top Ten a cada atraso… hehehe Mas infelizmente não deu para sair ontem, então posto hoje, espero que não se incomodem.
O Top ten de hoje é sobre aquelas frases/citações que você lê e relê em determinados livros. Algumas pessoas sublinham, marcam com marca-texto e etc… Eu tive dificuldade em colocar as citações (ou “quotes” mesmo, o que preferirem) mais legais aqui porque… Bem, eu realmente não marco as frases… Mas como lembrei de vários livros que me marcaram, selecionei algumas e espero que vocês sintam curiosidade de ler os livros que citei (ou comentem se já leram também! heheheh)

O Top Ten Tuesday é uma iniciativa do blog The Broke and the Bookish.

“Havia achado, sempre, que morrer de amor não era outra coisa além de uma licença poética”. (Memória de minhas putas tristes, Gabriel García Márquez)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...