Arquivo para a categoria ‘ Colunas ’


Meu autor de cabeceira: Rick Riordan

            O meu autor de cabeceira dessa semana é um que eu espero que ainda venha para uma Bienal aqui no Brasil e que a Ily teve a felicidade de conhecê-lo: Rick Riordan!

E a Mitologia Grega e Egípcia continuam… Nos dias de hoje!




Meu Autor de Cabeceira: John Green

Howdy people! Peço desculpas pelo “desaparecimento” do Autor de Cabeceira durante as últimas semanas: uma infinidade de imprevistos influenciaram o curto abandono da nossa coluna semanal, imprevistos que também reduziram a quantidade de livros lidos durante esse período e consequentemente, a quantidade de resenhas. Voltando à nossa programação normal no entanto, trago hoje pra vocês um autor contemporâneo que entrou na minha lista de autores preferidos não como garoa, mas sim como um furacão: John Green!

John Green nasceu em Agosto de 1977, na cidade de Indianapólis, Estados Unidos. Ele se formou no ano 2000 em Inglês e Estudos Religiosos. No início de sua carreira, Green escrevia críticas de livros para periódicos como a Booklist Magazine e para o New York Times. Seu primeiro livro, Quem É Você, Alasca? (Looking for Alaska) – resenha aqui – foi publicado em 2005, e em 2006 ganhou o prêmio Michael L. Printz, que é um prêmio da ALA (American Library Association) por “excelência em literatura para jovens adultos.”

Em 2007, John e seu irmão Hank criaram o Brotherhood 2.0, um projeto no qual eles não poderiam se comunicar via texto durante um ano. Os vídeos entre os dois fizeram tanto sucesso que após o término do projeto original (que teve a duração de um ano), John e Hank criaram o website Nerdfighters e continuam postando vídeos toda semana sobre os assuntos mais diversos. Se vocês nunca pararam para ver os vídeos dos “vlogbrothers” como eles são conhecidos, comece com os vídeos de Thoughts from Places: meu preferido é o de Los Angeles após o tsunami + terremoto no Japão.

Continue lendo…




Meu autor de cabeceira: Alexandre Dumas

Hoje quero falar de um autor que entrou para o hall da minha cabeceira por acaso: Alexandre Dumas. Quando eu estava no segundo ano do colegial (atual Ensino Médio), uma amiga me emprestou ‘O conde de Monte Cristo’, da coleção ‘Clássicos da Literatura Juvenil’, Editora Abril Cultural. Eu adorei o livro e fiquei anos procurando por essa edição, até que o encontrei em uma banca de jornal, acredito que em 2005, 2006.

Continue lendo…




Minha autora de cabeceira: Nora Roberts

            Essa semana eu fiquei com muitas dúvidas sobre quem seria o “Meu autor de cabeceira”. Tem um autor que eu simplesmente adoro, mas resolvi escolher uma pessoa que atualmente está sendo a “Minha autora de cabeceira” e que está acabando com o meu dinheiro: Nora Roberts.

Quer saber mais?




Meu autor de cabeceira: Jack Kerouac

Jean-Louis Lebris de Kerouac nasceu em 12 de março de 1922, em Lowell, Massachusetts. Teve uma infância muito séria. Era extremamente dedicado à mãe. Estudou em escolas públicas e católicas e jogava futebol, que foi seu passe de entrada para a Universidade de Columbia,em Nova Iorque.

Foi em Nova Iorque que conheceu seus companheiros delinqüentes Neil Cassidy, Allen Ginsberg e William Burroughs que, mais tarde, junto com ele, seriam os maiores expoentes da geração Beat. All human beings are also dream beings. Dreaming ties all mankind together.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...