Arquivo para a categoria ‘ Colunas ’


Meu autor de cabeceira: Alexandre Dumas

Hoje quero falar de um autor que entrou para o hall da minha cabeceira por acaso: Alexandre Dumas. Quando eu estava no segundo ano do colegial (atual Ensino Médio), uma amiga me emprestou ‘O conde de Monte Cristo’, da coleção ‘Clássicos da Literatura Juvenil’, Editora Abril Cultural. Eu adorei o livro e fiquei anos procurando por essa edição, até que o encontrei em uma banca de jornal, acredito que em 2005, 2006.

Continue lendo…




Minha autora de cabeceira: Nora Roberts

            Essa semana eu fiquei com muitas dúvidas sobre quem seria o “Meu autor de cabeceira”. Tem um autor que eu simplesmente adoro, mas resolvi escolher uma pessoa que atualmente está sendo a “Minha autora de cabeceira” e que está acabando com o meu dinheiro: Nora Roberts.

Quer saber mais?




Meu autor de cabeceira: Jack Kerouac

Jean-Louis Lebris de Kerouac nasceu em 12 de março de 1922, em Lowell, Massachusetts. Teve uma infância muito séria. Era extremamente dedicado à mãe. Estudou em escolas públicas e católicas e jogava futebol, que foi seu passe de entrada para a Universidade de Columbia,em Nova Iorque.

Foi em Nova Iorque que conheceu seus companheiros delinqüentes Neil Cassidy, Allen Ginsberg e William Burroughs que, mais tarde, junto com ele, seriam os maiores expoentes da geração Beat. All human beings are also dream beings. Dreaming ties all mankind together.




Meu Autor de Cabeceira: Agatha Christie

Agatha Christie nasceu em 15 de Setembro de 1890, em Torquay, Inglaterra. Embora seja considerada por muitos a Rainha do Crime (inclusive por mim), esse não é o motivo pelo qual ela é uma das minhas autoras de cabeceira. Tendo passado minha adolescência em meio à livros que meus pais amavam mas que eram um tanto quanto chatos pra minha idade, foi com prazer que coloquei as mãos em Assassinato no Campo de Golfe pela primeira vez, e desde então meu gosto pela leitura aflorou.

No decorrer de sua vida, Agatha casou-se duas vezes, teve uma filha e escreveu mais de 80 livros, criando dois personagens icônicos na literatura: Miss Marple e Hercule Poirot. Seu primeiro livro, O Misterioso Caso de Styles, foi publicado em 1920.

Continue Lendo




Meu autor de cabeceira: Sophie Kinsella

Eu sei que estou atrasada com a coluna, mas não poderia deixar de postar mais uma vez. Então, com dois dias de atraso, quero falar hoje de Sophie Kinsella.

O primeiro contato que tive com as obras de Sophie foi Os delírios de consumo de Becky Bloom. Acredito que na época (2002), ainda não haviam outras obras dela publicadas aqui no Brasil – pelo menos não em português.

Continue lendo…

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...