Arquivo para a categoria ‘ Ed. Arqueiro ’


Resenha: O Voo da Libélula

O_VOO_DA_LIBELULA_1424896843431400SK1424896843BO Voo da Libélula – Agraciado com 4 prêmios na França, entre os quais o Prix Maison de la Presse e o Prix du Roman Populaire, O voo da libélula teve seus direitos vendidos para 25 países e ganhará uma adaptação cinematográfica.
Na noite de 23 de dezembro de 1980, um avião cai na fronteira entre a França e a Suíça, deixando apenas uma sobrevivente: uma bebê de 3 meses. Porém, havia duas meninas no voo, e cria-se o embate entre duas famílias, uma rica e uma pobre, pelo reconhecimento da paternidade.
Numa época em que não existiam exames de DNA, o julgamento estende-se por muito tempo, mobilizando todo o país. Seria a menina Lyse-Rose ou Émilie? Mesmo após o veredicto do tribunal, ainda pairam muitas dúvidas sobre o caso, e uma das famílias resolve contratar Crédule Grand-Duc, um detetive particular, para descobrir a verdade.
Dezoito anos depois, destroçado pelo fracasso e no limite entre a loucura e a lucidez, Grand-Duc envia o diário das investigações para a sobrevivente Lylie e decide tirar a própria vida. No momento em que vai puxar o gatilho, o detetive descobre um segredo que muda tudo. Porém, antes que possa revelar a solução do caso, ele é assassinado.
Após ler o diário, Lylie fica transtornada e desaparece, deixando o caderno com seu irmão, que precisará usar toda a sua inteligência para resolver um mistério cheio de camadas e reviravoltas.
Em O voo da libélula, o leitor é guiado pela escrita do detetive enquanto acompanha a angustiada busca de uma garota por sua identidade.

Continue lendo…




Resenha: Paixão ao Entardecer

E chegamos ao final da série! Como vocês sabem, ano passado eu li por acaso o primeiro livro e acabei devorando! Então eu resolvi adquirir a série e acabei devorando todos os livros, super ansiosa pelo lançamento do último. Então, no começo do ano, a Arqueiro finalmente publicou o último livro, que fala da irmã mais nova dos Hathaways, Beatrix!

PAIXAO_AO_ENTARDECERSinopse: Mesmo sendo uma família nada tradicional, quase todos os irmãos Hathaways se casaram, até mesmo Leo, que era o mais avesso a essa ideia. Mas para a caçula Beatrix, parece não haver mais esperança.
Dona de um espírito livre, apaixonada por animais e pela natureza, Beatrix se sente muito mais à vontade ao ar livre do que em salões de baile. E, embora já tenha frequentado as temporadas londrinas e até feito algum sucesso entre os rapazes, nunca foi seriamente cortejada, tampouco se encantou por nenhum deles.
Mas tudo isso pode mudar quando ela se oferece para ajudar uma amiga.
A superficial Prudence recebe uma carta de seu pretendente, o capitão Christopher Phelan, que está na frente de batalha. Mas parece que a guerra teve um forte efeito sobre ele, e seu espírito, antes muito vivaz, se tornou bastante denso e sombrio.
Prudence não tem a menor intenção de responder, mas Beatrix acha que ele merece uma palavra de apoio – mesmo depois de tê-la chamado de estranha e dito que a jovem é mais adequada aos estábulos do que aos salões. Então começa a escrever para ele e assina com o nome da amiga. Beatrix só não imaginava o poder que as palavras trocadas teriam sobre eles.
De volta como um aclamado herói de guerra, Phelan está determinado a se casar com a mulher que ama. Mas antes disso vai ter que descobrir quem ela é. Fonte

No caminho até você, as palavras se transformaram nas batidas do meu coração gravadas em papel.




Resenha: Casamento Hathaway

Pouco antes de lançar Paixão ao Entardecer, a Arqueiro publicou essa side-story da série em formato de e-book e com download gratuito, contando como foi o casamento de Win Hathaway e Kev Merripen. É uma história bem curtinha e muito divertida.

UM_CASAMENTO_HathawaySinopse: Casamento Hathaway – Se ficou com vontade de conhecer os pormenores do casamento entre o Kev e Win esta é a sua historia! Descubra do que são capazes os Hathaway para concretizar seu amor nesta curta mas preciosa história da Lisa Kleypas.
Sejam todas bem-vindas a estas especiais bodas ao estilo particular da família Hathaway. Fonte

Essa resenha contém spoilers de Sedução ao Amanhecer, especificamente. Mas, sinceramente, o título já é o spoiler em si, então leiam sem medo.

Continue lendo…




Resenha: Perdas e Danos

Perdas e Danos me chamou a atenção por dois motivos: gostei da capa, achei-a leve e sensível e, o mais importante, já li antes um ótimo livro da autora, Diane ChamberlainSegredos e Mentiras, também publicado pela Arqueiro (resenha aqui). Adorei esse livro, portanto, tinha altas expectativas com o novo lançamento da autora. Se eu gostei? Gostei, e me emocionei também. Mas ainda assim… faltou algo.

“Travis Brown é um rapaz diferente da maioria dos jovens de sua idade. Aos 23 anos, já conheceu – e perdeu – seu grande amor, já precisou lutar pela guarda da filha na justiça e agora trabalha incansavelmente para sustentá-la. Sua rotina não é fácil, mas ele consegue levar uma vida digna.
De repente, tudo começa a dar errado: ele perde o emprego, sua casa pega fogo e sua mãe morre. Sem ter a quem recorrer, precisa ir morar com a filha em um acampamento para trailers. Lá, conhece Savannah, uma jovem linda e sexy que realmente parece querer ajudá-lo.
É ela quem lhe fala sobre a vaga em uma obra em Raleigh, uma cidade próxima. Travis não quer se mudar, mas não tem alternativa: seus últimos dólares estão acabando e ele não vê a menor perspectiva de conseguir mais dinheiro.
No entanto, ao chegar a Raleigh e conhecer Roy, seu suposto empregador, ele descobre que o trabalho na verdade é um roubo. Roy garante que será a única vez e que a quantia que Travis receberá será suficiente para tirá-lo do sufoco por um bom tempo.
Agora, de frente para a maior encruzilhada de sua vida, Travis precisa decidir que caminho seguir para continuar sendo um pai exemplar.” Fonte

Sorrir me parecia uma traição.




Resenha: Manhã de Núpcias

MANHA_DE_NUPCIASSinopse: Quando herdou o título de lorde Ramsay, Leo Hathaway e sua família passavam por um dos momentos mais difíceis de sua vida. Mas agora as coisas vão bem. Três de suas quatro irmãs já estão casadas, uma preocupação que Leo nunca teve consigo mesmo. Solteiro inveterado, ele tem uma certeza na vida: nunca se casará.
Mas então a família recebe uma carta que pode pôr tudo isso em risco: se Leo não arrumar uma esposa e gerar um herdeiro dentro de um ano, ele perderá o título e a propriedade onde todos vivem.
Solteira e sem pretendentes, a governanta Catherine Marks talvez seja a única salvação da família que a acolheu com tanto carinho. O único problema é que Leo não compartilha do mesmo afeto que suas irmãs têm pela moça.
Para ele, Catherine é uma megerazinha cheia de opinião que fala demais. Apesar de irritá-lo e quase o levar à loucura, ela é a primeira – e única – mulher com quem ele considera se casar.
Catherine, por sua vez, tem uma opinião igualmente negativa a respeito do patrão. Além disso, ela esconde alguns segredos do passado e um deles pode destruir a vida que tão cuidadosamente construiu para si.
Agora Leo e Catherine precisam um do outro, mas para vencer as dificuldades e consertar as coisas eles terão que superar as turras e as diferenças, num romance intenso e sensual que só Lisa Kleypas poderia ter escrito. Fonte

É provável que a resenha contenha algum spoiler dos livros anteriores, mas não é nada que vá prejudicar sua leitura

Certas tentações eram irresistíveis, concluiu ele de forma atordoada. Pois eram tão persistentes que sempre iriam voltar, sem parar. Por isso era obrigatório ceder a elas – esse era o único jeito de se livrar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...



Página 10 de 18« Primeira...89101112...Última »