Arquivo para a categoria ‘ Ed. Arqueiro ’


Resenha: O resgate do tigre

Olá! Eis a resenha da continuação da saga A maldição do tigre! Era para eu ter feito isso logo assim que comprei o livro, mas confesso que demorei a lê-lo. Eu comecei ano passado, larguei a leitura porque me deu uma ressaca literária, então parti para outra. Só voltei agora e vamos ver o resultado.

Ah, esse livro faz parte do Desafio realmente desafiante de 2013, item 18: Ler um livro com a capa com letras amarelas. Como ele não era a minha primeira opção para este item, eu ainda deixarei em aberto para as outras opções de leitura que listei na minha meta.

Resgate_do_tigreSinopse: Kelsey Hayes nunca imaginou que seus 18 anos lhe reservassem experiências tão loucas. Além de lutar contra macacos d’água imortais e se embrenhar pelas selvas indianas, ela se apaixonou por Ren, um príncipe indiano amaldiçoado que já viveu 300 anos. Agora que ameaças terríveis obrigam Kelsey a encarar uma nova busca – dessa vez com Kishan, o irmão bad boy de Ren –, a dupla improvável começa a questionar seu destino. A vida de Ren está por um fio, assim como a verdade no coração de Kelsey. Em O Resgate do Tigre, a aguardada sequência de A Maldição do Tigre, os três personagens dão mais um passo para quebrar a antiga profecia que os une. Com o dobro de ação, aventura e romance, este livro oferece a seus leitores uma experiência arrebatadora da primeira à última página. Fonte

O livro começa exatamente onde termina o primeiro, então teremos alguns spoilers. Mas uma coisa que não mudou é que a Kelsey continua uma chata!

Continue lendo…




Resenha: O Guia do Mochileiro das Galáxias

mochileiro“Arthur Dent tem sua casa e seu planeta (sim, a Terra) destruídos em um mesmo dia, e parte pela galáxia com seu amigo Ford, que acaba de revelar que na verdade nasceu em um pequeno planeta perto de Betelgeuse.
Considerado um dos maiores clássicos da literatura de ficção científica, este livro vem encantando gerações de leitores ao redor do mundo com seu humor afiado. Este é o primeiro título da famosa série escrita por Douglas Adams, que conta as aventuras espaciais do inglês Arthur Dent e de seu amigo Ford Prefect. A dupla escapa da destruição da Terra pegando carona numa nave alienígena, graças aos conhecimentos de Prefect, um E.T. que vivia disfarçado de ator desempregado enquanto fazia pesquisa de campo para a nova edição do Guia do Mochileiro das Galáxias, o melhor guia de viagens interplanetário. Mestre da sátira, Douglas Adams cria personagens inesquecíveis e situações mirabolantes para debochar da burocracia, dos políticos, da “alta cultura” e de diversas instituições atuais. Seu livro, que trata em última instância da busca do sentido da vida, não só diverte como também faz pensar.” Fonte

Não entre em pânico. E não crie expectativas altas demais.

Há muito tempo eu queria ler esse livro. Muito mesmo. É um ícone da cultura nerd e era algo que eu sentia que estava faltando na minha lista de leituras. Como assim, logo eu, profissional de informática, nerd desde o dedinho do pé até a raiz dos cabelos e leitora compulsiva que sou ainda não tinha lido O Guia do Mochileiro das Galáxias?

Pois é, aí eu fui ler cheia de expectativa. Achando que seria a oitava maravilha do universo. Meu conselho (se é que conselho é algo bom de se dar) é: não se encham de expectativa. A gente só se decepciona…

Por favor, fãs ou quem esteja lendo essa resenha: NÃO ENTREM EM PÂNICO (e principalmente não me odeiem)!

O guia recomenda que não entrem em pânico lendo essa resenha.




Resenha: O Nome do Vento

“Contada na voz do próprio Kvothe, essa é a história do jovem e talentoso rapaz que ao crescer torna-se o mais notório mago que o mundo já viu. A narrativa íntima de sua infância com uma trupe de artistas viajantes, seus anos passados como órfão em uma cidade movida pelo crime, sua ousadia descarada e bem sucedida de ingressar em uma escola de magia legendária, e sua vida como fugitivo após o assassinato de um rei formam uma história sobre crescimento incomparável na literatura recente. Uma história de ação escrita pelas mãos de um poeta, O Nome do Vento é uma obra-prima que transportará os leitores para dentro do corpo e da mente de um mago.” Fonte

Eu vinha ouvindo falar de O Nome do Vento há algum tempo já, fosse em blogs, nas recomendações do GoodReads ou apenas entre amigos. Algumas vezes cheguei a procurá-lo na livraria, quando nenhum outro livro me chamava a atenção, mas ao encontrar apenas o paperback – cuja letra é minúscula – sempre o deixei de lado. E então que em Abril chegou um pacote da Sabrina aqui em casa: meu presente de aniversário!

Lembre-se de que as histórias verdadeiras raramente seguem em linha reta




Resenha: A Maldição do Tigre

Sinopse: Paixão. Destino. Lealdade. Você arriscaria tudo para salvar seu grande amor?

Kelsey Hayes perdeu os pais recentemente e precisa arranjar um emprego para custear a faculdade. Contratada por um circo, ela é arrebatada pela principal atração: um lindo tigre branco.

Kelsey sente uma forte conexão com o misterioso animal de olhos azuis e, tocada por sua solidão, passa a maior parte do seu tempo livre ao lado dele.

O que a jovem órfã ainda não sabe é que seu tigre Ren é na verdade Alagan Dhiren Rajaram, um príncipe indiano que foi amaldiçoado por um mago há mais de 300 anos, e que ela pode ser a única pessoa capaz de ajudá-lo a quebrar esse feitiço.

Determinada a devolver a Ren sua humanidade, Kelsey embarca em uma perigosa jornada pela Índia, onde enfrenta forças sombrias, criaturas imortais e mundos místicos, tentando decifrar uma antiga profecia. Ao mesmo tempo, se apaixona perdidamente tanto pelo tigre quanto pelo homem. Fonte.

Olhei dentro daqueles grandes olhos azuis e sussurrei:- Queria que você fosse livre

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...



Página 20 de 20« Primeira...10...1617181920