Arquivo para a categoria ‘ Ed. Arqueiro ’


Resenha: A Irmã da Sombra

a_irma_da_sombra_1469132915598588sk1469132915bEm A irmã da sombra, terceiro volume da série As Sete Irmãs, duas jovens igualmente determinadas, porém de séculos distintos, conectam-se por meio de diários que retratam uma vida intensa de superação, amor e perdão.

Estrela D’Aplièse está numa encruzilhada após a repentina morte do pai, o misterioso bilionário Pa Salt. Antes de morrer, ele deixou a cada uma das seis filhas adotivas uma pista sobre suas origens, porém a jovem hesita em abrir mão da segurança da sua vida atual.

Enigmática e introspectiva, ela sempre se apoiou na irmã Ceci, seguindo-a aonde quer que fosse. Agora as duas se estabelecem em Londres, mas, para Estrela, a nova residência não oferece o contato com a natureza nem a tranquilidade da casa de sua infância. Insatisfeita, ela acaba cedendo à curiosidade e decide ir atrás da pista sobre seu nascimento.

Nessa busca, uma livraria de obras raras se torna a porta de entrada para o mundo da literatura e sua conexão com Flora MacNichol, uma jovem inglesa que, cem anos antes, morou na bucólica região de Lake District e teve como grande inspiração a escritora Beatrix Potter. Cada vez mais encantada com a história de Flora, Estrela se identifica com aquela jornada de autoconhecimento e, pela primeira vez, está disposta a sair da sombra da irmã superprotetora e descobrir o amor. (Fonte)

Continue lendo…




Resenha: Pecados no Inverno

E mais uma vez venho aqui com minha paixão por romances de época falar de uma série que está sendo a minha segunda queridinha (porque nada supera Os Hathaways). E esse foi o melhor livro até agora!

PECADOS_NO_INVERNOAgora é a vez de Evangeline Jenner, a Wallflower mais tímida que também será a mais rica quando receber sua herança. Mas primeiro ela tem que escapar das garras de seus ambiciosos parentes, Evie recorre a Sebastian, visconde de St Vincent, um conhecido mulherengo, com uma proposta incrível: que se case com ela!
A fama de Sebastian é tão perigosa que trinta segundos a sós com ele arruínam o bom nome de qualquer donzela. Mesmo assim, esta cativante jovenzinha se apresenta em sua casa, sem acompanhante, para lhe oferecer sua mão.
Mas a proposta impõe uma condição: depois da noite da lua-de-mel, o casal não voltará a ter relações íntimas. Evie não deseja torna-se apenas mais uma que Sebastian descarta sem piedade, o que significa que Sebastian simplesmente tem que trabalhar mais duro na sua sedução… ou, talvez entregar seu coração pela primeira vez em nome do verdadeiro amor. Fonte

Essa resenha contém um pequeno spoiler de Era uma vez no Outono, mas eu deixei de forma que você pode escolher entre ler ou não.

Continue lendo…




Resenha: O Leão Ferido

Semana passada eu contei para vocês o que eu não gostei em O Coração do Leão. Então agora é a vez de ficarmos sabendo o que aconteceu em Leão Ferido e vocês saberem porque eu também não gostei muito dele.

O Leão FeridoCada livro da coleção Signos do Amor é inspirado nas características de um signo do Zodíaco. Esta história se baseia na mitologia de Leão e fala sobre as segundas chances que a vida nos dá.
Leo se apaixonou por Evie quando os dois ainda eram crianças, no lar adotivo temporário em que viviam. No futuro difícil que parecia guardado para ele, a única certeza de seu coração era que nada jamais o afastaria daquela garota.
Mas, na adolescência, ele foi adotado e teve que se mudar para outra cidade. Durante oito anos eles ficaram afastados contra a vontade e, nesse tempo, Leo precisou superar muitos obstáculos – sobretudo os problemas criados pela mãe adotiva – para se tornar o homem que merecesse Evie e pudesse finalmente buscá-la.
O reencontro, porém, não foi fácil e Leo teve que se esforçar para se reaproximar de Evie, reconquistar seu amor e, com sua ajuda, deixar para trás toda a tristeza de uma infância de abandono.
Em O Coração do Leão, Evie narrou seu lado desse romance. Agora, em O Leão Ferido, é a vez de Leo contar tudo o que lhe aconteceu e revelar o desfecho dessa história de amor. Fonte

Este resenha contém spoilers de O Coração do Leão, mas como a sinopse do livro também tem, eu não acho que vá prejudicar a leitura de ninguém.

Continue lendo…




Resenha: O Coração do Leão

Para quem leu a resenha de A Voz do Arqueiro e viu meu entusiasmo, vai ficar surpreso com a mudança. Eu mesma fiquei bem surpresa, porque confesso que esperava muito mais dessa histórias. Vou explicar direitinho para vocês o que deu errado para mim.

O Coração do LeãoCada livro da coleção Signos do Amor é inspirado nas características de um signo do Zodíaco. Esta história se baseia na mitologia de Leão e fala sobre as surpresas que a vida nos reserva. 
Evie e Leo se conheceram ainda crianças, em um lar adotivo, e logo se tornaram grandes amigos. Com o tempo, a amizade se transformou em uma paixão avassaladora, e eles juraram ficar juntos para sempre. 
Quando Leo foi inesperadamente adotado na adolescência e teve que se mudar para outra cidade, prometeu a Evie que entraria em contato com ela assim que chegasse lá e que voltaria para buscá-la quando ela fizesse 18 anos. Mas ele nunca mais deu notícias.
Oito anos depois, apesar das circunstâncias, Evie conseguiu dar a volta por cima. Tem um emprego, amigos e está feliz. Então, de repente, um homem chamado Jake Madsen surge em sua vida, alegando ter sido enviado por Leo para saber como ela está.
Evie não consegue evitar a atração que sente por esse homem sensual e misterioso. Mas será que ela pode confiar em um estranho? Ou será que ele está guardando um segredo sobre sua real ligação com Leo e os motivos que o levaram a sumir de sua vida anos atrás? Fonte

Continue lendo…




Resenha: Eu sem você

Eu sem você“Há um ano, conheci o amor da minha vida. Para duas pessoas que não acreditavam em amor à primeira vista, até que Lilah e eu chegamos bem perto de dizer que isso aconteceu conosco. Eu tinha um bom emprego em uma agência de publicidade e não fazia outra coisa além de trabalhar. Era incapaz de tomar decisões sobre meu futuro e minha casa inacabada e não sabia aproveitar a vida. Até conhecer Lilah.  Lilah MacDonald era uma advogada ambientalista linda e decidida – e, para minha surpresa, detestava usar sapatos. Era uma pessoa tão maravilhosa que é até difícil descrevê-la. Nosso relacionamento não poderia ser mais improvável, mas me transformou profundamente. Comecei a enxergar as coisas de outra forma e a redescobrir antigas paixões. Lilah me ensinou a viver outra vez e a aproveitar ao máximo tudo o que a vida tem a oferecer. Ela me proporcionou momentos incríveis, mas também manteve em segredo algo que partiu meu coração. Ainda assim, se há uma coisa que aprendi com Lilah é que o amor pode curar qualquer ferida.
Meu nome é Callum Roberts e esta é a nossa história.”

No final de Eu sem você, antes dos agradecimentos, existe uma carta da autora, e em um pedaço dela diz:

“Se tiver gostado do livro, eu ficaria muito grata se você pudesse escrever uma resenha. Adoro receber feedback e o seu pode ajudar outros leitores a encontrar meus livros.”

No início, eu adorei o comentário, porque é difícil os autores admitirem o poder de uma resenha nos seus livros. Realmente, é através das resenhas que várias pessoas acabam encontrando livros novos (ainda mais de autoras que não são muito conhecidas, como a Kelly Rimmer). Mas depois eu fiquei pensando… Só se a pessoa tiver gostado? Eu acho que feedback sempre é um feedback, desde que você consiga argumentar a sua opinião (e é claro, sendo sempre uma pessoa muito educada, fato que parece cada dia mais perdido na internet). Enfim, Kelly Rimmer: eu gostei do seu livro mas eu esperava bem mais.

Continue lendo…

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...



Página 3 de 1812345...10...Última »