Arquivo para a categoria ‘ Ed. Seguinte ’


Resenha – Contos da seleção: O Príncipe & O Guarda

Atenção: Essa resenha só contém os spoilers que foram mencionados na sinopse do livro.

contos A seleção“Antes de a Seleção começar… Aspen era o namorado secreto de America. E havia outra garota na vida do príncipe Maxon.
Todo mundo já conhece as dúvidas e angústias de America quanto aos seus sentimentos, assim como as intrigas entre as Selecionadas. Mas alguém sabe o que se passa na cabeça dos dois homens que lutam pelo coração da garota? É exatamente isso que será revelado em O príncipe O guarda: os verdadeiros pensamentos e inquietações do misterioso Maxon, que precisa escolher uma esposa até o fim da disputa, e as ideias e emoções do jovem Aspen, ex-namorado de America, que vai trabalhar como soldado no palácio durante o concurso.”

Eu não tive dúvidas sobre qual livro escolher dos lançamentos de fevereiro da Cia das letras. Todo mundo sabe que eu acompanho a série A seleção da Kiera Cass (resenhas aqui) e por isso eu tive que escolher Contos da Seleção: O Príncipe e O Guarda. Esse livro é na verdade uma preparação para o terceiro e último livro da série, A Escolha.

Como ele é divido em várias partes, essa resenha também será um pouco diferente. Falarei sobre cada uma delas separadamente, para ficar mais organizado e vocês conhecerem todas as partes que compõe  esse livro.

Continue lendo…




Resenha: A Quase Honrosa Liga de Piratas – O tesouro da Encantadora

Eu já disse pra vocês o quanto eu AMO piratas, certo? Pois bem, é quando aparece um e-mail maravilhoso da Editora Seguinte e da Companhia das Letras oferecendo a prova de um livro fofíssimo de piratas para os blogs. É claro que eu logo me candidatei para a tarefa e, como os ventos dos sete mares estavam a meu favor, fui sorteada e recebi essa prova linda e caprichada da editora. Sério, gente, nem parece prova, é quase uma edição econômica do livro. Fiquei impressionada. A Quase Honrosa Liga de Piratas – O tesouro da Encantadora é um romance infanto-juvenil cheio de fantasia e aventura, que certamente vai envolvê-lo em uma leitura mágica e “piratesca”, como define a protagonista.

A quase honrosa liga de piratas_bx“Quando Hilary decidiu que queria ser pirata, nem imaginava que estava prestes a participar da caça ao maior tesouro de todos os tempos. Afinal, tudo o que a preocupava era fugir da Escola de Aprimoramento da Senhorita Pimm para Damas Delicadas, onde as jovens da alta sociedade aprendiam a valsar, desmaiar e se comportar à mesa. Hilary não via utilidade alguma naquelas lições e queria se juntar à Quase Honrosa Liga de Piratas. Qualificações não lhe faltavam, mas a Liga não admitia garotas em sua equipe de algozes e pilantras.

Decidida a partir para alto-mar a qualquer custo, Hilary responde ao anúncio de um pirata autônomo em busca de membros para sua tripulação. De repente, ela se vê no meio de uma aventura marítima em busca do tesouro mais valioso do reino: o tesouro da Encantadora. Para encontrá-lo, ela contará com um mapa sem X e precisará enfrentar o vilão mais traiçoeiro — e surpreendente — de todos os mares.”

Quando você passa muito tempo com piratas, acaba se acostumando com mentiras.




Resenha dupla: The Fiery Heart, Richelle Mead

TFHATENÇÃO: Essa resenha contém spoilers de BloodlinesThe Golden Lily e The Indigo Spell.

Essa semana foi lançado o quarto livro da série Bloodlines, The Fiery Heart. E para fechar o nosso especial dessa série (que começou com o Read-Along dos livros anteriores), vamos fazer uma resenha dupla! Como sempre, meus comentários estarão em vermelho e os da Vania em roxo.

Tanto a Vania como eu estávamos muito ansiosas por esse lançamento. No dia anterior  nós ficamos entrando direto nas lojas digitais para saber se o livro já estava disponível (e não, não estava). Mas o dia 19 de Novembro finalmente chegou e nós começamos a ler. Por diferenças no fuso horário, novamente eu comecei a ler mais cedo do que a Vania, então acabei torturando ela um pouquinhos com as minhas mensagens. Mas tudo bem, porque nós duas só paramos de ler quando acabamos o livro no mesmo dia em que ele havia sido lançado. Pra vocês terem uma ideia, eu acordei às 4:30 da manhã com as mensagens abaixo. Mas tudo bem, porque mesmo que eu ainda tenha voltado a dormir por um tempo, logo eu estava completamente acordada novamente e pronta pra embarcar no capítulo seguinte das aventuras de Sydney e Adrian, mesmo sabendo que iria doer. 

Continue lendo…




Resenha: A Elite

A Seleção foi um dos livros que eu mais gostei em 2012. Por isso, eu fiquei aguardando ansiosamente por A Elite, o segundo livro da série. Infelizmente, eu não gostei tanto assim dele… Eu fico me perguntando se o problema foi comigo, porque várias pessoas que leram amaram! Mas, eu tenho que ser sincera na minha resenha, certo?

Atenção: Essa resenha contém spoilers de “A Seleção”!

A EliteSinopse: “A Seleção começou com 35 garotas. Agora restam apenas seis, e a competição para ganhar o coração do príncipe Maxon está acirrada como nunca. Só uma se casará com o príncipe Maxon e será coroada princesa de Illéa. Quanto mais America se aproxima da coroa, mais se sente confusa. Os momentos que passa com Maxon parecem um conto de fadas. Quando ela está com Maxon, é arrebatada por esse novo romance de tirar o fôlego, e não consegue se imaginar com mais ninguém. Mas sempre que vê seu ex-namorado Aspen no palácio, trabalhando como guarda e se esforçando para protegê-la, ela sente que é nele que está o seu conforto, dominada pelas memórias da vida que eles planejavam ter juntos.

America precisa de mais tempo. Mas, enquanto ela está às voltas com o seu futuro, perdida em sua indecisão, o resto da Elite sabe exatamente o que quer — e ela está prestes a perder sua chance de escolher. E justo quando America tem certeza de que fez sua escolha, uma perda devastadora faz com que suas dúvidas retornem. E enquanto ela está se esforçando para decidir seu futuro, rebeldes violentos, determinados a derrubar a monarquia, estão se fortalecendo — e seus planos podem destruir as chances de qualquer final feliz.”

Maxon ou Aspen?




Resenha: The Indigo Spell (Bloodlines #3)

indigo_spell_capaATENÇÃO: Além de spoilers de Bloodlines e The Golden Lily, os dois primeiros livros da série, essa resenha contém ALTOS NÍVEIS de fangirling.

Essa semana foi lançado o terceiro livro da série Bloodlines (Laços de Sangue, com lançamento previsto para Junho/13 pela Editora Seguinte). Esse é um título que tanto a Lany quanto eu esperamos ansiosamente desde Junho de 2012, quando o segundo volume da série saiu aqui nos Estados Unidos. É o tipo de livro pelo qual nós fazemos contagem regressiva, que nos deixa de ressaca literária por um bom tempo após sua leitura. É aquele livro que a gente compra o ebook pra podermos fazer o download dele à meia-noite e já começar a ler. Como o livro foi lançado terça-feira – e nada de Carnaval por aqui – eu tive aula normal na universidade e por isso fui torturada pela Lany (que terminou de ler bem antes de mim) pelo twitter. Chegando em casa, não pude ficar atrás, e embora eu tivesse dois artigos para escrever, deixei meu lado Sydney Sage de lado e embarquei logo nas páginas de The Indigo Spell.

what do you think, buttercup?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...



Página 11 de 12« Primeira...89101112