Arquivo para a categoria ‘ Ed. Record ’


Resenha: Minha vida (não tão) perfeita

Ficha técnica:

Nome: Minha vida (não tão) perfeita

Autor: Sophie Kinsella

Tradutor: Carolina Caires Coelho

Páginas: 406

Editora: Record

Dramas, confusões e uma boa dose de amor são os ingredientes do novo romance de Sophie Kinsella. Uma divertida crítica aos julgamentos errados que uma boa foto no Instagram pode gerar. Cat Brenner tem uma vida perfeita mora num flat em Londres, tem um emprego glamoroso e um perfil supercool no Instagram. Ah, ok… Não é bem assim… Seu flat tem um quarto minúsculo sem espaço nem para guarda-roupa , seu trabalho numa agência de publicidade é burocrático e chato, e a vida que compartilha no Instagram não reflete exatamente a realidade. E seu nome verdadeiro nem é Cat, é Katie. Mas um dia seus sonhos se tornarão realidade. Bom, é nisso que ela acredita até que, de repente, sua vida não tão perfeita desmorona. Demeter, sua chefe bem-sucedida, a demite. Tudo o que Katie sempre sonhou vai por água abaixo, e ela resolve dar um tempo na casa da família, em Somerset. Em sua cidadezinha natal, ela decide ajudar o pai e a madrasta com a nova empreitada do casal: os dois planejam transformar a fazenda da família em um glamping, uma espécie de camping de luxo e estão muito empolgados com o novo negócio, mas não sabem muito bem por onde começar. E não é justamente lá que o destino coloca Katie e sua ex-chefe cara a cara de novo? Demeter e a família vão passar as férias no glamping, e Katie tem a chance de, enfim, colocar aquela megera no seu devido lugar. Mas será que ela deve mesmo se vingar da pessoa que arruinou sua vida? Ou apenas tentar recuperar seu emprego? Demeter – a executiva que tem tudo a seus pés – possui mesmo uma vida tão perfeita, ou quem sabe, as duas têm mais em comum do que imaginam? Por que, pensando bem, o que há de errado em não ter uma vida (não tão) perfeita assim? Continue lendo…




Resenha: Becky Bloom ao Resgate

Ficha técnica:

Nome: Becky Bloom ao resgate

Autor: Sophie Kinsella

Tradutor: Carolina Caires Coelho

Páginas: 400

Editora: Record

Compre aqui

Sinopse: A consumista mais carismática de todos os tempos está de volta em uma missão de resgate – com muitas encrencas e confusões, claro!
Hollywood se mostrou cheia de surpresas, mas agora Becky Brandon (nascida Bloomwood), Luke e a filhinha deles, Minnie, junto com Suze, sua nova melhor amiga (só que não), Alicia, sua mãe, Jane, e a melhor amiga dela, Janice, resolveram embarcar em uma road trip até Las Vegas (em um trailer, porque a tarefa deles é muito importante, então eles precisam ficar o tempo todo juntos, para facilitar a comunicação). Isso tudo porque o pai de Becky sumiu deixando apenas um bilhete dizendo que precisava “consertar uma coisa” e reparar uma injustiça causada a um velho amigo. Jane, é claro, está histérica. Suze também não fica atrás. Ela surtou porque Tarquin, seu marido, foi junto, e agora ela acha que o Lorde de Letherby Hall corre um grande perigo, pois Bryce – o bonitão do Golden Peace, de Los Angeles – está tentando fazer uma lavagem cerebral nele para arrancar o dinheiro da família. Determinada a descobrir o paradeiro do pai, a consumista mais querida de todos os tempos apostará todas as suas fichas em um plano ousado, que poderá trazer à tona um grande mistério do passado. Mas será que essa estratégia mirabolante será capaz de salvar sua família e seus amigos quando eles mais precisam dela? Fonte

Continue lendo…




Resenha: Quando a noite cai

 Ficha Técnica:

 Nome: Quando a noite cai

 Autor: Carina Rissi

 Páginas: 476

 Editora: Verus

 Compre aqui

 Sinopse:  Briana Pinheiro sabe que não é a pessoa mais sortuda do mundo. Sempre que ela está por perto algo vai mal, especialmente no trabalho. Por isso é tão difícil manter um emprego. E a garota realmente precisa de grana, já que a pensão da família não anda nada bem. Mas esse não é o único motivo pelo qual Briana anda perdendo o sono. Quando a noite cai e o sono vem, ela é transportada para terras distantes: um mundo com espadas, castelos e um guerreiro irlandês que teima em lhe roubar os sonhos… e o coração. Depois de ser demitida — pela terceira vez no mês! —, Briana reúne coragem e esperanças e sai em busca de um novo trabalho. É quando Gael O’Connor cruza seu caminho. O irlandês de olhar misterioso e poucas palavras lhe oferece uma vaga em uma de suas empresas. Só tem um probleminha: seu novo chefe é exatamente igual ao guerreiro dos seus sonhos. Enquanto tenta manter a má sorte longe do escritório, Briana acaba por misturar realidade e fantasia e se apaixona pelo belo, irresistível e enigmático Gael. Em uma viagem à Irlanda, a paixão explode e, com ela, o mundo de Briana, pois a garota vai descobrir que seu conto de fadas está em risco — e que talvez nem mesmo o amor verdadeiro seja capaz de triunfar…

Mas estamos românticas nos últimos dias, hein? Deve ser culpa do Dia dos Namorados porque a resenha de hoje é de um romance brasileiro que é muito meu #otp!

Continue lendo…




Resenha: O Ar que ele respira

O ar que ele respira

  Ficha Técnica:

  Nome: O ar que ele respira

  Autor: Brittainy C. Cherry

 Tradução: Meire Dias

  Páginas: 308

  Editora: Record

  Compre aqui

  Sinopse: Como superar a dor de uma perda irreparável? Elizabeth está tentando seguir em frente. Depois da morte do marido e de ter passado um ano na casa da mãe, ela decide voltar a seu antigo lar e enfrentar as lembranças de seu casamento feliz com Steven. Porém, ao retornar à pequena Meadows Creek, ela se depara com um novo vizinho, Tristan Cole. Grosseiro, solitário, o olhar sempre agressivo e triste, ele parece fugir do passado. Mas Elizabeth logo descobre que, por trás do ser intratável, há um homem devastado pela morte das pessoas que mais amava. Elizabeth tenta se aproximar dele, mas Tristan tenta de todas as formas impedir que ela entre em sua vida. Em seu coração despedaçado parece não haver espaço para um novo começo. Ou talvez sim. Fonte

Continue lendo…




Resenha: A Corrida de Escorpião

Eu achei que no blog tivesse a resenha desse livro, mas não achei. Como eu li há pouco tempo, resolvi deixar as minhas impressões.

A Corrida de EscorpiãoNa pequena ilha de Thisby, poucos cavaleiros são bravos o suficiente para competir na corrida de escorpião que acontece a cada novembro. Pela primeira vez uma mulher, a jovem Puck Connolly, vai competir. Ela tem dois irmãos e ficou órfã depois que os pais foram devorados pelos cavalos assassinos. Por isso, ela está determinada não só a competir como ganhar a corrida. Para isso, Puck terá que enfrentar outro jovem corajoso e encantador. Sean Kendrick também perdeu o pai, atropelado pelas sanguinárias criaturas.

Apesar de terríveis, os cavalos do mar são uma grande atração turística. O turismo é a principal fonte de renda dos habitantes de Thisby. A ilha é um lugar fascinante e, ao mesmo tempo que atrai, também amedronta. A descrição que Maggie faz dos desfiladeiros do local é carregada de poesia. Com a narrativa alternando entre o ponto de vista de Sean e de Puck, a autora criou uma trama envolvente, classificada por críticos do New York Times e do Los Angeles Times como inovadora.

Em A corrida de escorpião, Maggie Stiefvater nos leva até o limite, em que o amor e a vida encontram seus maiores obstáculos e apenas os fortes de coração podem sobreviver. Uma leitura inesquecível.

A obra teve os direitos vendidos para o cinema e recebeu críticas excelentes, sendo eleito um dos melhores livros de 2011 pelos seguintes veículos especializados: New York Times, Publishers Weekly, School Library Journal, The Horn Book e Kirkus Reviews, além de ganhar o prêmio Michael L. Printz, concedido anualmente pela Associação Americana de Bibliotecas ao melhor livro juvenil. Fonte

Hoje é o primeiro dia de novembro, portanto alguém vai morrer.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...