Arquivo para a categoria ‘ Ed. Galera Record ’


Resenha: Esqueça o Amanhã

Sabe quando você descobre um livro e fica tão curiosa que precisa comprar e ler logo? Bem, isso não é algo que aconteça comigo com frequência, geralmente sou bastante controlada e sempre penso “mas já tenho tantos livros para ler”, mas aconteceu com Esqueça o Amanhã, lançamento recente da Galera Record. Quase comprei em e-book, mas aí apareceu aquela promoção do Dia da Mulher na Saraiva (lembram? Tudo por metade do preço!) e falei, ah, é agora! Comprei. Aí peguei para ler esses dias e…

Foi uma total e completa decepção. Cheguei a me arrepender de ter comprado o livro físico, era melhor ter comprado apenas o e-book mesmo. E foi daquelas decepções tão grandes e um livro que me irritou tanto, que precisei vir quase imediatamente aqui e resenhar. Bem, vamos lá.

esqueça“Em uma sociedade onde jovens recebem uma visão de seu futuro quando completam 17 anos, todos têm uma carreira a qual dedicar seus esforços. Um campeão de natação, um renomado cientista, um chef de sucesso… ou, no caso de Callie, uma assassina. Em sua visão, a garota se vê matando a própria irmã. Antes que ela possa entender o que aconteceu, Callie é presa – e a única pessoa capaz de ajudá-la é Logan, uma paixonite de infância com quem não fala há cinco anos. Agora, Callie precisa descobrir uma forma de proteger sua irmã da pior das ameaças: ela mesma.” Fonte

Talvez pudéssemos aprender a respirar de novo se pudéssemos esquecer o amanhã.




Resenha: À Procura de Audrey

_PROCURA_DE_AUDREYAudrey, 14 anos, leva uma vida relativamente comum, até que começa a sofrer bullying na escola. Aos poucos, a menina perde completamente a vontade de estudar e conhecer novas pessoas. Sem coragem de sair de casa e escondida por um par de óculos escuros, a luz parece ter mesmo sumido de sua vida. Até que ela encontra Linus e aprende uma valiosa lição: mesmo perdida, uma pessoa pode encontrar o amor. Fonte

Quando soube que Sophie Kinsella lançaria um YA, eu logo me interessei. Inclusive, comprei e o levei para ela autografar, na ocasião em que ela esteve aqui no Brasil.

Para quem conhece a autora, o estilo dela sempre foi Chic-lit, romances mais voltados ao público feminino e, embora esse livro pareça mais voltado ao público feminino adolescente, pode ser lido pelo público masculino numa boa.

Acho que entendi que a vida é tipo uma escalada: você cai e levanta de novo. Então não importa se der uma escorregada. Contanto que esteja mais ou menos caminhando para cima.




Resenha: Corte de Espinhos e Rosas

Quando a Galera Record lançou esse livro, eu não fazia ideia que era da mesma autora de Trono de Vidro, série que não acompanho. Em todo o caso, a capa e a sinopse chamaram minha atenção, então eu me arrisquei. Aliás, a capa é muito mais bonita pessoalmente e a história ultrapassou minhas expectativas.

CORTE_DE_ESPINHOS_E_ROSASEm Corte de Espinhos e Rosas, um misto de A Bela e A Fera e Game of Thrones, Sarah J. Maas cria um universo repleto de ação, intrigas e romance.
Depois de anos sendo escravizados pelas fadas, os humanos conseguiram se libertar e coexistem com os seres místicos. Cerca de cinco séculos após a guerra que definiu o futuro das espécies, Feyre, filha de um casal de mercadores, é forçada a se tornar uma caçadora para ajudar a família. Após matar uma fada zoomórfica transformada em lobo, uma criatura bestial surge exigindo uma reparação.
Arrastada para uma terra mágica e traiçoeira — que ela só conhecia através de lendas —, a jovem descobre que seu captor não é um animal, mas Tamlin, senhor da Corte Feérica da Primavera. À medida que ela descobre mais sobre este mundo onde a magia impera, seus sentimentos por Tamlin passam da mais pura hostilidade até uma paixão avassaladora. Enquanto isso, uma sinistra e antiga sombra avança sobre o mundo das fadas e Feyre deve provar seu amor para detê-la… ou Tamlin e seu povo estarão condenados. Fonte

Continue lendo…




Resenha: Mordida

Eu sei que a Lany postou a resenha de Insaciável já tem um tempão, mas esses dias eu estava relendo a série e descobri que não tínhamos a resenha do segundo livro! Aí eu perguntei a ela e ela disse que tudo bem eu comentar aqui para vocês. Então vamos lá:

MORDIDASinopse: O poder especial de Meena Harper finalmente será valorizado. A Guarda Palatina – uma poderosa unidade secreta que caça demônios – a contratou para trabalhar na filial de Manhattan. A questão é: seu ex-namorado, Lucien Antonesco, é filho do Drácula e o príncipe da escuridão. Tudo bem, Meena decidiu que já chega de vampiros em sua vida… Ao menos até que consiga provar que, mesmo não tendo alma, os seres demoníacos não perderam a capacidade de amar. Fonte

Essa resenha pode conter spoilers do livro Insaciável, mas que não prejudicam sua leitura.

Continue lendo…




Resenha: Uma História de Amor e TOC

Quando recebi esse livro da Galera Record, pensei em passá-lo pra outra das meninas aqui do blog ler, afinal, de longe eu não sou a pessoa mais romântica do Por Essas Páginas. Mas alguma coisa nele me atraiu… Só sei que olhei para ele, ele olhou para mim, rolou uma química e, pronto, lá estava eu lendo. Um romance. Sobre TOC.

“Bea foi diagnosticada com transtorno obsessivo-compulsivo. De uns tempos pra cá, desenvolveu algumas manias que podem se tornar bem graves quando se trata de… garotos! Ela jura que está melhorando, que está tudo sob controle. Até começar a se apaixonar por Beck, um menino que também tem TOC. Enquanto ele lava as mãos oito vezes depois de beijá-la, ela persegue outro cara nos intervalos dos encontros. Mas eles sabem que são a única esperança um do outro. Afinal, se existem tantos casais complicados por aí, por que as coisas não dariam certo para um casal obsessivo-compulsivo? No fundo, esta é só mais uma história de amor… e TOC.” Fonte

Sentimentos são como cobertores, cobrindo você para que não consiga ver com clareza.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...



Página 1 de 512345