Arquivo para a categoria ‘ Eduardo Kasse ’


A Cuca Recomenda: Deuses Esquecidos

Adquiri esse livro há uns meses já, na Fantasticon desse ano. Conhecia o Eduardo Kasse pelos seus posts em seu blog e no blog da Editora Draco, aliás, recomendadíssimos para amantes da leitura, aspirantes a escritores e todos os públicos: são posts que vão desde escrita até crescimento pessoal, ricos em valores. Além disso, também já tinha lido o conto Sobre guerras e deuses, também parte do universo da série Tempos de Sangue, resenhado aqui no blog. Mas um conto é pouco para se conhecer um escritor, então fui atrás de ler Deuses Esquecidos, segundo volume da série. ‘Bora lá saber o que achei dessa fantasia histórica?

“Deuses Esquecidos é o segundo romance da Série Tempos de Sangue, de Eduardo Kasse, e narra a história de Alessio, um camponês temente a Deus que se tornou imortal contra a própria vontade. Em uma Itália governada pela incontestável Igreja Católica, com seus dogmas e imposições, Alessio se vê em um grande dilema: depois de ser transformado em um bebedor de sangue, ainda teria chance de obter a Salvação? Enquanto segue em busca de respostas, deixando à própria sorte a mulher e o filho, percorre caminhos tortuosos pela Europa medieval contando com a ajuda de um monge glutão e preguiçoso que também precisa expiar os seus próprios pecados. Durante essa jornada fantástica, sua alma sempre estará envolta por sombras. Se reais ou imaginárias, só o tempo poderá dizer.” Fonte

Viver é não saber o que vai acontecer no instante seguinte.




A Cuca Recomenda: Sobre guerras e deuses

“Houve um tempo em que os homens acreditavam nos deuses e clamavam por vingança contra os invasores. E, naquela noite, um halo vermelho envolveu a Lua e os guerreiros da Britannia ganharam novo ânimo. E a história foi escrita com espadas, lanças, escudos e presas.” Fonte

Quando comprei esse conto do Eduardo Kasse – também autor da série Tempos de Sangue, já com dois volumes, O Andarilho das Sombras e Deuses Esquecidos, universo no qual esse conto está inserido – eu tinha basicamente um único motivo: conhecer a escrita do autor. Já sabia que o Eduardo trabalhava com fantasia histórica, mas ainda não tinha lido nada dele. Começar por um conto é sempre uma boa pedida e, por esse motivo, acho ótima a iniciativa da Editora Draco com os Contos do Dragão, que basicamente são vários contos disponibilizados a preços módicos em formato single. Pois bem, comprei o conto do Eduardo em promoção (aproveitem!) e fiquei muito satisfeita.

E a lua cheia ficou envolta por um halo avermelhado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...