Arquivo para a categoria ‘ Fantasia & Ficção Científica ’


Resenha: O Exterminador do Futuro

Galera do PEP, chegou aquele momento mágico de conhecer um livro que não é bom. Não é bom, ele é fantástico! É espetacular, assombroso, estupendo, é pra vender um rim, largar a namorada e parar de beber só pra conseguir lê-lo. Ok – talvez não tudo isso, mas pare o que você está fazendo neste exato momento e venha comigo se quiser ler. #euconsegui #trocadilhos  #piadinhasinfames

O_EXTERMINADOR_DO_FUTURO_1428295062442221SK1428295062BO Exterminador do Futuro – Prepare-se para viajar no tempo e reviver uma das maiores aventuras dos últimos 30 anos.
Em 1984, um ciborgue chega em Los Angeles com uma missão: assassinar mulheres. Suas vítimas têm em comum apenas o nome: Sarah Connor. A última Sarah é resgatada por um soldado que alega vir do século XXI. Tem início uma perseguição que põe em risco o destino da humanidade.
O ciborgue é um T-800, máquina de matar perfeita, incapaz de sentir pena, medo ou dor. Nada o fará desistir enquanto não eliminar o líder da resistência humana antes mesmo do seu nascimento. Sem a existência de John Connor, estaremos completamente à mercê da tirania de máquinas inteligentes num futuro sombrio, e cada vez mais próximo. 2029, o Ano da Escuridão.
Bem que ele disse que voltaria. O EXTERMINADOR DO FUTURO está chegando aos leitores brasileiros, 30 anos após o lançamento do filme que projetou as carreiras de James Cameron e de Arnold Schwaznegger. O livro, versão em romance do roteiro original, é assinado pelo próprio Cameron, em parceria com o roteirista Bill Wisher e o escritor Randall Frakes.
Aclamado pela crítica quando estreou em 1984, O Exterminador do Futuro tornou-se um clássico instantâneo, frequentou as listas dos melhores filmes do ano. Em 2008, foi considerado pela Biblioteca do Congresso norte-americano uma obra de significância “cultural, história e estética” e selecionado para ser preservado no National Film Registry dos EUA.
É possível que você já tenha perdido a conta de quantas vezes assistiu ao filme. Chegou a hora de se aprofundar na história. Deixe-se surpreender com O EXTERMINADOR DO FUTURO. Fonte: Skoob.

Continue lendo…




Resenha: As Brumas de Avalon

As Brumas de Avalon é um livro único dividido em quatro partes distintas. Aqui no Brasil eu não sei dizer se foi lançado como livro único, só sei que existe uma edição com 4 volumes, que foi a que li. Como originalmente é único, vou falar da obra como um todo.

A história tem várias referências históricas e bíblicas, até, como o fato de José de Arimateia ter levado o Santo Graal, o cálice de Cristo, para Glastonbury, o mosteiro próximo da ilha sagrada de Avalon para as seguidoras da Deusa. Tem também algumas atribuições bem interessantes, como o fato de São Patrício ter sido bispo da corte de Camelot (St. Patrick, o patrono da Irlanda, que expulsou as cobras da ilha).

brumas_avalonNeste enorme e emocionante romance, a lenda do rei Artur é contada pela primeira vez através das vidas, das visões e da percepção das mulheres que nela tiveram um papel central. Igraine, Viviane, Guinevere, Morgana. Elas revelam, com as suas vidas e sentimentos,a lenda de Artur, como se fosse nova de, ao mesmo tempo, levam o leitor a integrar-se na história, de maneira natural e profunda. Assim, esta obra proporciona uma narrativa soberba de uma lenda, e a recriação dessa lenda, bem como a brilhante contribuição para a literatura do ciclo arturiano. Fonte

Essa resenha pode conter SPOILERS, porém, se trata da lenda do Rei Arthur. Se você conhece algo dessa lenda, você tem mais ou menos ideia do que vai se tratar.

Continue lendo…




Resenha: A Escola do Bem e do Mal – Um mundo sem príncipes

Ano passado li A Escola do Bem e do Mal, de Soman Chainani (leia a resenha) e, apesar de alguns problemas, o livro me conquistou, especialmente por seus personagens e seu final emocionante. Era uma das séries que eu mais esperava com ansiedade pela continuação, portanto, quando a Editora Gutenberg ofereceu a leitura da prova aos blogs parceiros, logo me candidatei à vaga. Nessa continuação, Soman Chainani encantou novamente por seus personagens e seus brilhantes questionamentos sobre o bem e o mal dentro de nós mesmos, mas pecou na narrativa, exatamente como fez no primeiro livro.

Essa resenha contém spoilers para quem ainda não leu o primeiro volume da série. Leia a resenha.

“Nesta esperada continuação de A Escola do Bem e do Mal, as melhores amigas Sophie e Agatha estão de volta ao seu lar, em Gavaldon, para viver seu desejado final feliz, certas de que seus problemas terminaram. Mas a vida não é mais o conto de fadas que elas esperavam. Quando Agatha escolhe um fim diferente para sua história, ela acidentalmente reabre os portões da Escola do Bem e do Mal, e as meninas são levadas de volta para um mundo totalmente modificado. Agora, bruxas e princesas moram juntas na Escola para Meninas, na qual são inspiradas a viver uma vida sem príncipes. Tedros e os meninos estão acampados nas antigas Torres do Mal, onde os príncipes se aliaram aos vilões, e uma verdadeira guerra está se armando entre as duas escolas. O único jeito de Agatha e Sophie se salvarem é procurando restaurar a paz. Será que as amigas farão as coisas voltarem ao que eram antes? Sophie conseguirá ficar bem com Tedros nessa caçada? E o coração de Agatha, pertencerá a quem? O felizes para sempre nunca pareceu tão distante.” Fonte

Um mundo onde um menino jamais poderia se intrometer entre elas.




Resenha: Perdido em Marte

Olá marcianos! Venho até vocês superanimado, trazendo um livro que dá orgulho de ler, uma belezinha, the best, top of the tops, tudo de bom mesmo. E como é gostoso ler um livro bom para variar (#saudades). Sem mais delongas apresento-lhes Perdido em Marte (também conhecido aqui em casa como O Marciano – quando eu não lembrava do nome do livro).

Perdido Em Marte – Há seis dias, o astronauta Mark Watney se tornou a décima sétima pessoa a pisar em Marte. E, provavelmente, será a primeira a morrer no planeta vermelho. Depois de uma forte tempestade de areia, a missão Ares 3 é abortada e a tripulação vai embora, certa de que Mark morreu em um terrível acidente. Ao despertar, ele se vê completamente sozinho, ferido e sem ter como avisar às pessoas na Terra que está vivo. E, mesmo que conseguisse se comunicar, seus mantimentos terminariam anos antes da chegada de um possível resgate. Ainda assim, Mark não está disposto a desistir. Munido de nada além de curiosidade e de suas habilidades de engenheiro e botânico e um senso de humor inabalável , ele embarca numa luta obstinada pela sobrevivência. Para isso, será o primeiro homem a plantar batatas em Marte e, usando uma genial mistura de cálculos e fita adesiva, vai elaborar um plano para entrar em contato com a Nasa e, quem sabe, sair vivo de lá. Com um forte embasamento científico real e moderno, Perdido em Marte é um suspense memorável e divertido, impulsionado por uma trama que não para de surpreender o leitor. – Fonte: Skoob.

Continue lendo…




Resenha: Piratas

Piratas“Você já sonhou em navegar pelos sete mares, enfrentando sereias e saqueando tesouros? Ou, quem sabe, você prefira uma dose de rum e um voo em um dirigível? Ou então viajar por mares antigos e misteriosos, vingando seu amor perdido, enfrentando abutres sanguinários, vendendo relíquias não tão preciosas assim?

Ahoy, leitor, então seja bem-vindo a bordo de Piratas, um navio onde dez grandes autores se reúnem para contar as histórias mais incríveis de todos os mares sobre… piratas, é claro! Içar velas, marujos! Vamos partir rumo à aventura!” Fonte

Quem me conhece, sabe do meu amor pelo Captain Hook de Once Upon a Time e consequentemente, eu não poderia deixar de ler “Piratas”, um livro com dez contos sobre esse tema. Se analisarmos, os piratas são pouco representados na literatura (e quase sempre, são maus), mas nessa coletânea, temos de tudo um pouco. Romance, aventura e até a pirataria bem mais atual…

Eu sempre acho bem complicado falar sobre contos, porque até quando você está dando spoilers? O que eu vou tentar fazer aqui é mostrar os pontos principais sobre cada um dos contos. Ao invés do que eu faço normalmente, de só falar dos melhores, eu vou comentar sobre todos eles, para vocês terem uma visão mais completa sobre o livro. Porém, não seguirei a ordem dos contos. Começarei com o meu Top 3 e depois falarei dos outros textos. Não adianta, coletâneas são para um público diversificado. Nem todo mundo gosta de todos eles, porque isso é depende das preferências literárias de cada pessoa.

Continue lendo…

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...



Página 10 de 33« Primeira...89101112...2030...Última »