Arquivo para a categoria ‘ Fantasia & Ficção Científica ’


Resenha: Perdido em Marte

Olá marcianos! Venho até vocês superanimado, trazendo um livro que dá orgulho de ler, uma belezinha, the best, top of the tops, tudo de bom mesmo. E como é gostoso ler um livro bom para variar (#saudades). Sem mais delongas apresento-lhes Perdido em Marte (também conhecido aqui em casa como O Marciano – quando eu não lembrava do nome do livro).

Perdido Em Marte – Há seis dias, o astronauta Mark Watney se tornou a décima sétima pessoa a pisar em Marte. E, provavelmente, será a primeira a morrer no planeta vermelho. Depois de uma forte tempestade de areia, a missão Ares 3 é abortada e a tripulação vai embora, certa de que Mark morreu em um terrível acidente. Ao despertar, ele se vê completamente sozinho, ferido e sem ter como avisar às pessoas na Terra que está vivo. E, mesmo que conseguisse se comunicar, seus mantimentos terminariam anos antes da chegada de um possível resgate. Ainda assim, Mark não está disposto a desistir. Munido de nada além de curiosidade e de suas habilidades de engenheiro e botânico e um senso de humor inabalável , ele embarca numa luta obstinada pela sobrevivência. Para isso, será o primeiro homem a plantar batatas em Marte e, usando uma genial mistura de cálculos e fita adesiva, vai elaborar um plano para entrar em contato com a Nasa e, quem sabe, sair vivo de lá. Com um forte embasamento científico real e moderno, Perdido em Marte é um suspense memorável e divertido, impulsionado por uma trama que não para de surpreender o leitor. – Fonte: Skoob.

Continue lendo…




Resenha: Piratas

Piratas“Você já sonhou em navegar pelos sete mares, enfrentando sereias e saqueando tesouros? Ou, quem sabe, você prefira uma dose de rum e um voo em um dirigível? Ou então viajar por mares antigos e misteriosos, vingando seu amor perdido, enfrentando abutres sanguinários, vendendo relíquias não tão preciosas assim?

Ahoy, leitor, então seja bem-vindo a bordo de Piratas, um navio onde dez grandes autores se reúnem para contar as histórias mais incríveis de todos os mares sobre… piratas, é claro! Içar velas, marujos! Vamos partir rumo à aventura!” Fonte

Quem me conhece, sabe do meu amor pelo Captain Hook de Once Upon a Time e consequentemente, eu não poderia deixar de ler “Piratas”, um livro com dez contos sobre esse tema. Se analisarmos, os piratas são pouco representados na literatura (e quase sempre, são maus), mas nessa coletânea, temos de tudo um pouco. Romance, aventura e até a pirataria bem mais atual…

Eu sempre acho bem complicado falar sobre contos, porque até quando você está dando spoilers? O que eu vou tentar fazer aqui é mostrar os pontos principais sobre cada um dos contos. Ao invés do que eu faço normalmente, de só falar dos melhores, eu vou comentar sobre todos eles, para vocês terem uma visão mais completa sobre o livro. Porém, não seguirei a ordem dos contos. Começarei com o meu Top 3 e depois falarei dos outros textos. Não adianta, coletâneas são para um público diversificado. Nem todo mundo gosta de todos eles, porque isso é depende das preferências literárias de cada pessoa.

Continue lendo…




A Cuca Recomenda: Kamaleon

Pense em um mundo onde as cores mudam o tempo todo: você olha pra uma menininha, num instante ela está rosa, no instante seguinte está azul, amarela, todas as cores, as mais vivas delas! E isso acontece com tudo: casas, árvores, flores, o que você puder imaginar! Pensou? Então você imaginou o mundo de Kamaleon, romance da Camila B. Monteiro. Leve e divertido, você vai ter vontade de sair colorindo seu mundo ao ler esse livro (ou, no mínimo, vai pegar o primeiro livro de colorir que vir pela frente! <3).

“Kamaleon é um reino encantado onde vivem seres chamados Lampys. Toda energia destas criaturas vem das cores e por esse motivo, tudo em Kamaleon parece do avesso aos nossos olhos, mas significa a mais incrível harmonia para eles.
Lilly Prans, que acabou de atingir idade suficiente para se tornar uma Escolhida, trabalhará diretamente com os poderosos Conselheiros Cinza do reino, mas também vai viver a maior aventura de sua vida quando, seu mundo cruza com o de Devox um Lampy banido há várias gerações.
Ser responsável por colorir todo seu reino e ainda por cima entender quem é o temido Devox verdadeiramente é só o começo da era mais famosa da história de Kamaleon.” Fonte

Ele é todo o mal que poderia existir em um Lampy. Já você, é puro brilho. É vida em cada tom que usou naquele ritual.




Divulgação: Soberana – A ascensão da rainha de Marte

Já pensou se Senhora, de José de Alencar, encontrasse a ficção científica? Bem, a autora Kássia Monteiro pensou! Em seu livro de estreia, ela traz Soberana – A ascensão da rainha de Marte, um Young Adult inspirado nesse clássico da nossa literatura. ‘Bora conhecer esse lançamento?

“O caminho de uma verdadeira líder passa pelo coração… e pela espada!

Quando os reis de Arcádia morrem de uma terrível doença e o reino é invadido pelas raças menores, nada resta à jovem princesa Liarlinde Arcandoff a não ser fugir para o deserto marciano.

Depois de quase sucumbir nas areias vermelhas, abandonada à própria sorte, ela retorna para se vingar, agora uma poderosa guerreira. Esse é o início da cruzada para caçar os invasores de seu reino e garantir aos excluídos o seu lugar de direito. Liarlinde enfrentará muitas batalhas, mas a mais dura delas nada tem a ver com soldados e armas.

Soberana – A ascensão da rainha de Marte é o romance de estreia de Kássia Monteiro. Inspirado pelo clássico da literatura Senhora, de José de Alencar, essa é a história de uma mulher nobre que deve entender o seu papel na sociedade enquanto lida com seus sentimentos. Tudo isso entre lutas sangrentas e uma viagem a um ambiente fantástico e surpreendente, regados pelo humor ácido da autora. Poderá a jovem Liarlinde vencer os seus fantasmas enquanto ascende à posição de Senhora de Marte?” Fonte

Continue lendo…




Resenha: Supernova – O Encantador de Flechas

Insatisfação. Sono. Pressa. Desapego. Em poucas palavras, esses são os sentimentos que você terá ao ler Supernova. Com um mundo razoável, roteiro interessante, personagens enfadonhos e abuso de clichês, Supernova consegue ser apenas mais um na lista de fracassos da alta fantasia brasileira. Para agilidade da resenha os clichês estarão marcados em roxo. Vamos dissecar o cadáver.

“Supernova – O Encantador de Flechas – Imersa em uma ditadura implacável, a isolada cidade de Acigam sofre com a ameaça da guerra civil. De um lado, a Guilda, um grupo que utiliza os ensinamentos da Ciência das Energias para exigir direitos para a população. Do outro, um governo tirano, resguardado por soldados especialistas em aniquilar magos — nome vulgar dado aos praticantes da tal ciência. No meio desse conflito vive Leran, que, após ser tragado para a rebelião, tenta aprender mais sobre sua misteriosa habilidade de encantar objetos com a energia dos elementos.

Com uma narrativa envolvente e reviravoltas incríveis, Supernova: O Encantador de Flechas é um livro que vai arrebatar os fãs de fantasia.” – Fonte: Skoob

Continue lendo…

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...



Página 10 de 32« Primeira...89101112...2030...Última »