Arquivo para a categoria ‘ Fantasia & Ficção Científica ’


Resenha: Através do Universo

Com dezessete anos Amy se junta a seus pais como um cargo congelado dentro da enorme nave espacial Godspeed e espera acordar em um novo planeta, 300 anos no futuro. Ela nunca poderia saber que seu sono congelado terminaria cinquenta anos mais cedo e que ela seria jogada no novo mundo de uma nave espacial governada por suas próprias regras.

Amy rapidamente se dá conta que não foi acordada por um mero defeito no computador. Alguém – um dos mil e poucos habitantes da espaçonave  – tentou matá-la. E se Amy não fizer algo em breve, seus pais serão os próximos.

Agora Amy deve correr para desvendar os mistérios escondidos do Godspeed. Mas em sua lista de suspeitos de assassinato, apenas um interessa: Elder, o futuro líder da nave e o amor que ela nunca poderia ter previsto. Fonte

Eu namorava esse livro já há algum tempo nas livrarias. Primeiro porque a capa dele é linda (tanto a capa dura que foi usada na edição brasileira quanto a edição paperback americana), e segundo porque o título é uma alusão à  uma das músicas mais perfeitas já escritas! Esse mês finalmente decidi que era hora de dar uma chance à história de aventura e mistério em uma nave espacial, e confesso que não me decepcionei!

I never thought about how important the sky was until I didn’t have one




Resenha: A Marca de Atena

Atenção: Essa resenha contém spoilers dos livros anteriores da série “Os Heróis do Olimpo” (“O Herói Perdido” e “O Filho de Netuno”).
O que dizer sobre The Mark of Athena, do Rick Riordan? Eu não sei por onde começar, porque eu estava MUITO ansiosa para ler esse livro. Tanto que no dia do seu lançamento eu ainda estava lendo The Casual Vacancy e simplesmente deixei o livro da J.K.Rowling de lado (desculpa, Jo!) para me aventurar mais uma vez no mundo dos semideuses. Vou fazer uma resenha um pouco diferente porque é difícil comentar sobre o enredo sem soltar spoilers. Afinal, essa é uma série em que todos os livros realmente se juntam formando um só. Então o básico todo mundo já sabe: “temos que unir os sete semideuses para derrotar Gaia”. Em The Mark of Athena, os sete se encontraram. Mas e agora, como evitar que Gaia acorde e destrua o nosso mundo?



Resenha: Conan, O Bárbaro

“Pela primeira vez, o público brasileiro terá a oportunidade de apreciar o único romance escrito por Robert E. Howard, criador do personagem Conan, o bárbaro. Neste livro, também são publicados três contos inéditos: “Além do Rio Negro”, “As negras noites de Zamboula” e “Os profetas do Círculo Negro”. O leitor se deliciará com narrativas épicas, repletas de reviravoltas e de personagens complexos, guerreiros, batalhas espetaculares, piratas, monstros saídos dos golfos da noite, belas mulheres e feiticeiros, que irão hipnotizá-lo do início ao fim do livro. Conheça as histórias que inspiraram gerações de leitores, escritores e roteiristas, e que também serviram de base para o filme Conan, o bárbaro. Leitura obrigatória para apreciadores de literatura fantástica e do gênero espada & feitiçaria.” Fonte

Conan, O Bárbaro foi o primeiro livro de parceria que recebemos da Editora Generale e posso dizer que foi um ótimo começo. Para quem aprecia literatura fantástica, estilo Tolkien (aliás, o autor Robert E. Howard foi um grande influenciador tanto de Tolkien, quanto de George R. R. Martin, de As Crônicas de Gelo e Fogo), o livro é um prato cheio. Esqueçam por alguns instantes os filmes de Arnold  Schwarzenegger e mergulhem no mundo fantástico de Howard e seu personagem mais famoso: Conan.

Um mundo de guerreiros e feiticeiros




Resenha: O Nome do Vento

“Contada na voz do próprio Kvothe, essa é a história do jovem e talentoso rapaz que ao crescer torna-se o mais notório mago que o mundo já viu. A narrativa íntima de sua infância com uma trupe de artistas viajantes, seus anos passados como órfão em uma cidade movida pelo crime, sua ousadia descarada e bem sucedida de ingressar em uma escola de magia legendária, e sua vida como fugitivo após o assassinato de um rei formam uma história sobre crescimento incomparável na literatura recente. Uma história de ação escrita pelas mãos de um poeta, O Nome do Vento é uma obra-prima que transportará os leitores para dentro do corpo e da mente de um mago.” Fonte

Eu vinha ouvindo falar de O Nome do Vento há algum tempo já, fosse em blogs, nas recomendações do GoodReads ou apenas entre amigos. Algumas vezes cheguei a procurá-lo na livraria, quando nenhum outro livro me chamava a atenção, mas ao encontrar apenas o paperback – cuja letra é minúscula – sempre o deixei de lado. E então que em Abril chegou um pacote da Sabrina aqui em casa: meu presente de aniversário!

Lembre-se de que as histórias verdadeiras raramente seguem em linha reta




Resenha: The Golden Lily (Bloodlines #2)

ATENÇÃO: Essa resenha contém spoilers do primeiro livro da série Bloodlines (resenha aqui).

 

Ficha técnica:

Título: The Golden Lily
Autor: Richelle Mead
Editora: Razorbill
Páginas: 418
Onde comprar: Livraria Cultura
Minha opinião: 

 Desde que li Bloodlines ano passado, mal consigo conter minha ansiedade por sua continuação. The Golden Lily foi lançado aqui nos Estados Unidos ontem, e como hoje tive um merecido dia de folga, mergulhei no mundo de Morois, Strigois, Dhampirs e Alquimistas criado por Richelle Mead.

Isn’t it obvious, Sage?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...