Arquivo para a categoria ‘ Fantasia & Ficção Científica ’


Resenha: História da sua vida e outros contos

Fiquei interessada em História da sua vida e outros contos antes mesmo de saber que um dos contos inspirou o filme A Chegada (que, aliás, foi o melhor filme de 2016 para mim). Fiquei um pouco receosa no começo, achando que poderia ser uma leitura muito densa, mas, apesar de não ser um livro para se ler distraído, a coletânea do autor Ted Chiang é uma mistura sensível de ficção científica e dramas humanos, e foi uma ótima pedida.

historiadasuavida“Um dos autores de mais destaque no cenário da ficção científica, Ted Chiang pode ser descrito como um escritor pouco prolífico: tem apenas quinze trabalhos publicados, entre contos e novelas curtas. A pequena produção contrasta com sua expressiva quantidade de premiações: os oito textos reunidos em História da sua vida e outros contos ganharam no total nove importantes prêmios, dentre eles Nebula, Hugo, Locus, Sturgeon, Sidewise e Seiun.
Publicadas originalmente em volumes diversos, as narrativas de Ted Chiang estão pela primeira vez reunidas em uma coletânea. Entre as histórias dotadas de rigor científico, humanidade e lirismo estão “A torre da Babilônia”, na qual um minerador sobe a famosa torre com a missão de escavar a abóbada celeste; “Divisão por zero”, uma reflexão precisa e devastadora sobre o fim da esperança e do amor, e “História da sua vida”, na qual uma linguista aprende um idioma alienígena que modifica sua visão de mundo.
Com uma prosa límpida e ideias às vezes desconcertantes, Chiang comprova seu inegável talento para a boa ficção científica: a capacidade de contar uma história humana, extremamente bem escrita, na qual a ciência funciona como expressão dos questionamentos mais profundos enfrentados pelos personagens. Um livro repleto de ideias originais e passagens inesquecíveis.” Fonte

Este é o momento mais importante de nossas vidas.




Resenha: A Maldição da Pedra

Eu confesso que sou daquelas que tem a famosa “coceira” para comprar livros, mas deixo eles na fila para a próxima leitura – que raramente é a próxima leitura. Pois bem, isso aconteceu com A Maldição da Pedra – não só com esse, mas com a trilogia O mundo de tinta, da mesma autora. Enfim, esse ano a Seguinte publicou o terceiro livro. E a coceira voltou.

Só que é bem injusto eu adquirir o terceiro livro sem ter lido sequer o primeiro! Então eu resolvi corrigir esse isso.

A Maldição da PedraJohn Reckless, pai de Jacob e Will, sumiu sem deixar vestígios. Inconformado, Jacob gasta o dia procurando pistas que lhe deem alguma ideia do seu paradeiro. O garoto vasculha cada cantos do escritório do pai, até que um dia descobre um espelho que servia como um portal para um mundo mágico – um mundo que lhe oferece a perspectiva de liberdade e aventura.
Mantendo segredo do seu achado, Jacob passa cada vez mais tempo do outro lado do espelho. Após doze anos, o mundo sombrio se torna seu verdadeiro lar, onde tem amigos e inimigos e é reconhecido como um dos melhores caçadores de tesouros que já existiram por ali.
Will, o caçula, sente falta do irmão e estranha aqueles sumiços prolongados. Um dia, consegue burlar sua constante vigilância e o segue através do espelho, ato que tem uma consequência terrível. Ferido pelos goyls – homens frios e violentos, que têm pele de pedra e olhos de ouro -, ele acaba vítima de uma maldição: vai se transformando lenta e dolorosamente em uma dessas sinistras criaturas.
Numa corrida contra o tempo, Jacob precisa encontrar o antídoto para o feitiço. Para empreender essa jornada, ele conta com a ajuda da raposa Fox, sua companheira de muito tempo, e Clara, a namorada de Will, que atravessa o espelho para encontrá-lo. Juntos, eles vão enfrentar os perigos e as armadilhas do Mundo do Espelho – antes que seja tarde demais e Jacob perca o irmão para sempre.
Povoado por fadas, bruxas, unicórnios e tritões, e tendo cenários como o castelo da Bela Adormecida e a casa de doces da bruxa de “João e Maria”, o mundo criado por Cornelia Funke remete o leitor aos mais conhecidos contos de fadas de todos os tempos. Na narrativa, contudo, a ênfase da autora recai nos aspectos mais sombrios e brutais das histórias, criando-se uma atmosfera ao mesmo tempo familiar e soturna. É nesse mundo que se desenrolam as aventuras dos irmãos Reckless, uma história de maldição, traições e vingança, mas também de coragem, lealdade e amor. Fonte

Continue lendo…




Resenha: Lobo por Lobo

Conheci Ryan Graudin com o brilhante A Cidade Murada, que li ano passado (resenha aqui). Quando vi Lobo por Lobo, não dei muito por ele, mas ao perceber o nome da autora na capa, quis lê-lo sem pensar duas vezes (sem nem ler direito a sinopse, aliás). Foi a melhor coisa que fiz. Ryan Graudin é daquelas autoras que você deve ler obrigatoriamente, sem piscar, até mesmo sua lista de compras no supermercado. E Lobo por Lobo, por sua vez, é um livro empolgante, que traz à tona questionamentos complexos, sobretudo a pergunta: “E se?”

(Aliás, eu adoro tanto essa pergunta que também a exploro em meus próprios livros. E aqui, nesse livro, ela é ainda mais aterrorizante.)

lobo-por-lobo“O Eixo ganhou a Segunda Guerra Mundial, e a Alemanha e o Japão estão no comando. Para comemorar a Grande Vitória, todo ano eles organizam o Tour do Eixo: uma corrida de motocicletas através das antigas Europa e Ásia. O vencedor, além de fama e dinheiro, ganha um encontro com o recluso Adolf Hitler durante o Baile da Vitória. Yael é uma adolescente que fugiu de um campo de concentração, e os cinco lobos tatuados em seu braço são um lembrete das pessoas queridas que perdeu. Agora ela faz parte da resistência e tem uma missão: ganhar a corrida e matar Hitler. Mas será que Yael terá o sangue frio necessário para permanecer fiel à missão?” Fonte

Yael engoliu em seco. Cinco lobos. Quatro lembranças e um lembrete.




Top Ten Tuesday: Dez livros para quem gosta de tecnologia

ttt2013

Estava meio sem ideias para o Top Ten Tuesday de hoje… Ele na verdade era para recomendar para o seu clube de leitura, mas não há muito esse costume no Brasil, então alterei um pouquinho a ideia. Como já fiz várias vezes temas aqui “dez livros para quem gosta”, foi um pouco difícil pensar nesse, mas aí lembrei de Black Mirror, lembrei de tecnologia e… aí vamos nós!

O Top Ten Tuesday é um meme semanal criado pelo blog The Broke and the Bookish.

Continue lendo…




Resenha: Star Wars: antes do despertar

O nome Star Wars sempre dá peso a tudo o que lhe é atrelado, mas vez ou outra o tiro sai pela culatra. Antes do despertar é um livro que consegue o aparentemente impossível – destruir os personagens principais de O Despertar da Força com histórias que não adicionam nada a trama. Preparem seus sabres de luz.

“A jovem Rey vive em Jakku, um planeta desértico e inóspito. Ela sobrevive trocando equipamentos perdidos por ração e água, porém uma descoberta inesperada vai virar sua rotina de cabeça para baixo. Poe Dameron é um dos melhores pilotos da Nova República, mas quando as ameaças da Primeira Ordem parecem cada vez maiores, ele precisa rever se toda a sua dedicação está sendo eficaz para proteger a galáxia. FN-2187, por sua vez, é um stormtrooper dedicado e talentoso, que obedece aos comandos da capitã Phasma sem hesitação… mas aos poucos começa a questionar os métodos usados pela Primeira Ordem para alcançar o poder. Rey, Poe e Finn ainda não se conhecem e nem sentiram a Força despertar. Antes de formarem o trio de heróis que será a esperança da galáxia, precisam lidar com seus próprios dilemas e conflitos.” Fonte: Skoob

Continue lendo…

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...



Página 3 de 3212345...102030...Última »