Arquivo para a categoria ‘ Férrez ’


Em outras palavras: Manual Prático do Ódio

Na coluna Em outras palavras, temos novamente uma resenha do Felipe, dessa vez de um livro nacional da Editora Planeta. Vamos saber o que ele achou da leitura de Manual Prático do Ódio?

Manual Prático do Ódio, apesar do título, é um livro apático, que não desperta emoções e apenas recicla idéias, sem nem ao menos vomitá-las em uma roupagem diferente. Explico.

“Escrito com uma narrativa lancinante e ritmo veloz, Manual Prático do Ódio é uma história abertamente inspirada em vidas reais e também inventada pelo talento de ficcionista de Ferréz.
Régis, um dos protagonistas desta engenhosa trama, tem vontade de ter um sítio para curtir com a família o que há de melhor na vida. Mas ele investe tudo o que ganha em armas, tem sonhos mais complexos, e não imagina uma rotina sem muita grana na poupança e sem pelo menos ser dono de um mercado ou de um posto de gasolina. A união com Lúcio Fé, Celso Capeta, Aninha, Mágico e Neguinho da Mancha na Mão lhe dá grandes esperanças de fazerem um bom dinheiro. Juntos eles se organizam para a “correria” certa, o golpe perfeito, aliando-se numa conspiração sem ponto de retorno ou juízo de valor.
Manual prático do ódio conta a história de um grupo que planeja um assalto, mas também fala de outros medos e mistérios universais, de personagens que cultivam razões odiosamente humanas para matar, amar ou morrer. As diferentes facetas do ódio que, numa engrenagem cruel, afeta também gente como o metalúrgico Paulo, amante de livros e inconformado com o estado de degradação da comunidade onde vive; e ainda como o garoto Dinoitinha, um vendedor de flores, que está a um passo de se iniciar nas artimanhas das  ‘quebradas’.” Fonte

Não pensava mais no futuro no bebê. Não pensava em futuramente ter uma casa. Só conseguia ver em sua frente o sangue do inimigo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...