Arquivo para a categoria ‘ Infantil ’


A Cuca Recomenda: Os Haicais do Menino Maluquinho

“O poeta Ziraldo canta em haicais as observações do seu mais famoso personagem, o Menino Maluquinho, sobre a natureza, as relações com a família, com os amigos e consigo mesmo. As ilustrações completam a graça e a poesia da obra, que propõe ao leitor que também faça sua reflexão sobre os temas. O haicai é uma pequena composição poética de origem japonesa, constituída de três versos com cinco, sete e cinco sílabas, tendo como tema as variações da natureza e a sua influência na alma do poeta.” Fonte

Todo mundo conhece o Menino Maluquinho. Atire o primeiro chiclete quem já não colocou uma panela na cabeça (e depois ouviu sermão de mãe!). Quando eu era criança, na minha escola, sempre havia um dia da semana que vários livros eram dispostos sobre uma grande mesa e todos visitávamos a biblioteca. Cada aluno tinha que sair daquela visita com no mínimo um livro emprestado. Várias vezes peguei livros do Ziraldo – do Menino Maluquinho, claro. Às vezes pegava dois.

Mas foi só quando comprei meu Kindle que descobri esse Os Haicais do Menino Maluquinho. Ele está disponível gratuitamente para dowload no site da Amazon e, como estava passeando pela loja, é claro que baixei o livro imediatamente.

Pegue sua panela e leia esse livro!




Resenha: Coraline

“A história de Coraline é de provocar calafrios. Ao mesmo tempo sutil e cruel, o autor gosta de desafiar as imagens simples dos livros infantis tradicionais. No livro, a jovem Coraline acaba de se mudar para um apartamento num prédio antigo. Seus vizinhos são velhinhos excêntricos e amáveis que não conseguem dizer seu nome do jeito certo, mas encorajam sua curiosidade e seu instinto de exploração. Em uma tarde chuvosa, a menina consegue abrir uma porta que sempre estivera trancada na sala de visitas de casa e descobre um caminho para um misterioso apartamento ‘vazio’ no quarto andar do prédio. Para sua surpresa, o apartamento não tem nada de desabitado, e ela fica cara a cara com duas criaturas que afirmam ser seus “outros” pais. Na verdade, aquele parece ser um “outro” mundo mágico atrás da porta. Lá, há brinquedos incríveis e vizinhos que nunca falam seu nome errado. Porém a menina logo percebe que aquele mundo é tão mortal quanto encantador e que terá de usar toda a sua inteligência para derrotar seus adversários.” Fonte

Coraline foi minha iniciação na obra de Neil Gaiman. Podem me censurar por nunca ter lido nada dele, mas é um fato e eu escolhi esse livro para começar. E que começo!

Sempre que lia algo sobre essa história, minha curiosidade se aguçava. Em alguns lugares vi dizerem se tratar de literatura infantil, que de infantil, meus caros, não tem quase nada – talvez, exceto, a imaginação, que costuma ser algo abundante nas histórias para crianças e é algo que sempre me atrai. Esse livro na verdade é uma história de terror muitíssimo inteligente e criativa. Lembra um pouco sim Alice no País das Maravilhas, por ser tão alternativa, porém (apesar de Alice também ter alguns elementos assustadores) Coraline é bem mais aterrorizante.




A Cuca Recomenda: Livros Infantis da Coleção Itaú

Quando vi o comercial da Fundação Itaú Social sobre essa iniciativa fiquei maravilhada. Também ouvi falar muito bem nas redes sociais e, claro, solicitei os livros. Ainda não tenho filhos, mas tenho sobrinhos e, devo admitir, sou uma criança grande. Acho que não importa a idade, livros infantis são preciosos; eles são o começo da nossa viagem pelo mundo das palavras e da imaginação, uma viagem que pode durar a vida inteira. Não gosto de conselhos e não sou boa em dá-los, mas aqui vai um: nunca deixe de ler livros infantis. Leia para as crianças, principalmente, mas leia também para si mesmo. Imaginação nunca é demais. Se a perdermos, a vida perde quase toda a graça.

Leia para uma criança!




Outras páginas: O Casamento do Século

Já adianto que esse é um post completamente emocional. Ainda estou aqui fazendo tantos “awwwns” (como faz a Magali) que eles não cabem em uma página. Vou tentar me conter e não falar nenhum spoiler, mas certamente que no meio dessa resenha vão aparecer alguns comentários sobre o que acontece na revistinha, mas nada que vá comprometer sua leitura! No final do post vocês encontrarão o formulário para a promoção que vai premiar um seguidor sortudo com um exemplar dessa edição histórica!

“O Casamento de Mônica & Cebolinha. Depois de muitos anos de coelhadas para todos os lados, além das disputas pelo tão cobiçado cargo de ‘dono da rua’, Mônica e Cebolinha irão finalmente se casar. Os tempos mudaram e eles cresceram, já não são mais crianças. Mônica cresceu e não usa mais o vestido vermelho de sempre e Cebolinha já tem mais cabelo do que antes. Na edição de número 50 da revista ‘Turma da Mônica Jovem’, os dois amigos que sempre foram apaixonados conseguiram deixar as diferenças de lado e tomaram a decisão de assumirem o que sentem. Afinal de contas, tantas brigas e desentendimento só poderiam resultar mesmo em um belo casório. O dia da cerimônia vai ser retratado em 132 páginas de uma edição comemorativa que será intitulada como o ‘Casamento do Século’. Os fãs assíduos da revista estavam pedindo para que a revista criasse esse momento tão especial. Maurício de Sousa garante que todos só poderão saber se eles realmente vão chegar ao altar depois de lerem a revista.” Fonte

É muito difícil falar de algo que se gosta muito. Ainda mais de algo que se tem uma história de vida como a Turma da Mônica. Grande parte dos brasileiros, em especial dos leitores assíduos brasileiros, cresceu com a turminha, acompanhando suas histórias. Acontece que eles permaneciam lá, com 7 anos, enquanto nós aqui estávamos crescendo, chegando aos 10, 15, 20, 25… (como eu) 30, 40 e muito mais. Pensávamos que eles permaneceriam com 7 anos para sempre! Porém, todo mundo cresce. E até eles cresceram. (Mas a revistinha da turminha pequena continua existindo e sempre existirá, segundo o Maurício!) 

Agora, a Mônica e o Cebolinha (sim, o Cebola… o Cebola! Como isso é difícil!) vão se casar. Você está preparado?

Tem certeza? Então continue a ler! (e prepare os lencinhos)




Top Ten Tuesday: 10 personagens favoritas de todos os tempos

O Top Ten Tuesday de hoje é uma delicinha de fazer. Por quê? Quer coisa mais legal do que ficar aqui viajando nas minhas personagens favoritas (lembrando que pode ser homem, mulher, elfo, bicho, entidade, fantasma… tá valendo de tudo!)? É como se eu escolhesse dez queridinhos do mês e colocasse tudo em um post só. Aliás, vão aparecer alguns queridinhos meus aqui e com certeza outros que ainda falarei em outras ocasiões da outra coluna. Fazer o quê, se eu amo esse pessoal?

E aí, preparados?

Lembrando que o TTT é uma iniciativa do blog The Broke and the Bookish.

Os 10 queridinhos de todos os tempos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...