Arquivo para a categoria ‘ Karen Alvares ’


Sorteio: Coletânea de Crônicas Prêmio Sesc de Crônicas Rubem Braga

banner_sesc

Que tal participar de uma nova promoção nesse domingo, pessoal? Vocês gostam de crônicas? A Cuca aqui adora (vocês já me ouviram tagarelar muito do Mario Prata, né?)

Esse livro, editado pelo Sesc/DF, é a coletânea de crônicas vencedoras dos Prêmio Sesc de Crônicas Rubem Braga de 2012. O prêmio foi realizado pela primeira vez no centenário do autor, como uma homenagem a ele, mas já tem uma nova edição rolando agora em 2013. O livro conta com os textos dos três primeiros colocados e com vários textos de menções honrosas. Entre eles, está a minha crônica “Essa tal nova Opinião”, que foi a terceira colocada no prêmio. Foi um momento muito emocionante na minha carreira, que estava apenas começando na época.

Continue lendo…




Divulgação Editora Cata-vento: Alameda dos Pesadelos

Pessoal, é com muita alegria e orgulho que anunciamos aqui o lançamento de Alameda dos Pesadelos, o primeiro romance da nossa Cuca, a Karen Alvares!

É também o livro que abre as publicações da editora Cata-vento. Ele já está em pré-venda no site da editora com frete grátis na pré-venda. Aproveitem!

Confiram a capa e a sinopse:

alameda_dos_pesadelosVívian era apenas uma mulher solitária, com uma vida normal, presa em sua rotina sem graça, até a noite em que presencia um acidente. A partir daí seu pesadelo começa; ela passa a ter visões de um homem que conheceu no passado e desejava nunca mais encontrar. E o pior: ele quer vingança.
Até que ponto um pesadelo é fruto da imaginação? Vívian descobre que o limite entre a alucinação e a realidade é tão pequeno que a loucura está a apenas um passo de distância e o pesadelo pode estar escondido na nossa mente, como um monstro à espreita, esperando sua chance de despertar. E para escapar do seu horror particular, Vívian precisará entender quais foram seus erros. E finalmente aceitar a própria culpa.

Continue lendo…




Resenha: Meu amor é um sobrevivente

“O amor vence qualquer desafio. Pode florescer em um apocalipse zumbi ou em um mundo dominado por governos violentos e totalitários. Não existe hora nem lugar, ninguém escolhe por quem se apaixonar. Mesmo em um momento de provação, quem manda é o coração e somos capazes de tudo. Até mesmo nos sacrificarmos pela sobrevivência de quem amamos.

Mas como fica a conquista em uma situação dessas? Onde estariam as tentativas de flerte, a expectativa de marcar um encontro ou aquele medo gostoso por não saber o que aconteceria depois de um longo e demorado beijo?

Se a pessoa que amamos está acometida de uma doença mortal e mal sabemos quanto tempo juntos teremos, cada dia ao lado dela é uma dádiva a ser agradecida. Mas o amor supera tudo.

Nas terríveis páginas de Meu Amor é um Sobrevivente, você conhecerá autoras da literatura fantástica nacional que sobreviveram para contar histórias românticas cheias de superação e sacrifícios. É claro que amar é perigoso, mas o amor também pode ser a força que precisamos para chegarmos a um final feliz mesmo em um cenário desolador e cruel”.

Meu amor é sobrevivente faz parte da coleção Amores Proibidos, onde cada livro traz contos com romance com um tema em comum e todos eles são escritos por autoras. Os livros anteriores foram Meu amor é um vampiro, Meu amor é um anjo e Meu amor é um mito. Nesse quarto livro, a proposta foi o amor entre sobreviventes. Esse antologia foi organizada pela Ana Lúcia Merege e Janaína Chervezan.

Continue lendo…




A Cuca Recomenda em Outras Páginas: Revista Trasgo #01 – Piloto

E aí, pessoal?! Que tal uma recomendação quente da Cuca em outras páginas, mas ainda sobre literatura? A revista Trasgo, projeto do editor da revista Rodrigo van Kampen, foi lançada na sexta-feira passada, em versões on-line e em e-bookgratuitamente! Isso mesmo, pessoal, bom conteúdo em literatura fantástica nacional e ainda por cima de graça! ‘Bora lá saber o que vem nessa edição piloto da revista?

“A revista Trasgo é uma revista de ficção científica e fantasia brasileira, editada trimestralmente.

A Trasgo surge no mercado para preencher a lacuna deixada por uma série de revistas de contos que popularam o imaginário da ficção científica brasileira nas décadas de 70 e 80. Se hoje é possível criar uma revista sem os altos custos de impressão e logística, por outro lado é necessário um material de qualidade para se diferenciar no mar de sites e comunidades de contistas.

Esse é o objetivo desta revista. Em vez de concorrer com os fóruns, é um complemento, um espaço com curadoria forte para que os autores brasileiros e portugueses possam atingir um público além. E se a produção nacional de fantasia vem ganhando terreno nestes últimos anos, é hora de mostrar que também a ficção científica tem ótimos autores em língua portuguesa.” Fonte

Continue lendo…




A Cuca Recomenda: Horror em Gotas [Lançamento]

Quem curte terror bota o dedo aqui que a casinha vai fechar (e que não gosta sai correndo?)!

A Cuca hoje veio fazer uma auto-recomendação. Mas pode isso? Pode oras, se eu não indicar meus livros, como vocês vão saber que eles existem?  E a Cuca é um ser de rara beleza, quase mítica e que por acaso adora aterrorizar criancinhas – e adultos também. Então ela escreve muito terror. E no dia dela Dia das Bruxas, a Cuca lançou um novo livro de terror: Horror em Gotas. Se você quer sentir medo, leia essa recomendação.

“Vou lhe contar uma história, mas você tem que prometer não contar a ninguém. Queime esses papéis.”

Horror em Gotas reúne 30 contos de terror, uma gota por dia, um pesadelo por noite, para que você sinta o horror desses personagens na própria pele. Tranque as portas. Apague as luzes. Não olhe para trás. O medo está à espreita e o seu tempo está acabando. Tique. Taque. Fonte

A coragem – reverberava a estrada em suas curvas – era a qualidade dos tolos.