Arquivo para a categoria ‘ Lauren Myracle ’


Resenha Dupla: Deixe a Neve Cair

Eu mencionei esse livro recentemente em um Top Ten Tuesday sobre lançamentos que estava louca pra ler. Como ele era sobre o Natal, decidi que o leria esse mês, apesar da lista infindável de livros na fila.  Também para entrar no clima de Natal, apesar de que o livro todo envolve neve e… aqui não temos neve nessa época. A Lany também aproveitou e leu na mesma época, então resolvemos fazer essa resenha dupla como presente de Natal para vocês, espero que curtam! Meus comentários estão em vermelho e os da Lany em verde.

DEIXE_A_NEVE_CAIRSinopse: Na noite de natal, uma inesperada tempestade de neve transforma uma pequena cidade num inusitado refúgio para insuspeitos encontros românticos. Em Deixe a neve cair, bem-sucedida parceria entre três autores de grande sucesso entre os jovens, John Green, Maureen Johnson e Lauren Myracle escrevem três hilários e encantadores contos de amor, com direito a surpreendentes armadilhas do destino e beijos de tirar o fôlego. Comédia romântica com a assinatura de um dos maiores bestsellers da atualidade, o livro é o presente de Natal perfeito para os fãs de John Green e de histórias de amor e aventura. Fonte

Continue lendo…




Controvérsia: National Book Award

O National Book Award é um prêmio oferecido pela National Book Foundation nos Estados Unidos desde 1950, que honra os livros considerados melhores na literatura norte-americana a cada ano, em diversas categorias. Esse ano, cinco finalistas foram escolhidos – como de costume – para todas as categorias.

Dentre os livros indicados na categoria Young People’s Literature estava Shine, de Lauren Myracle (sem tradução no Brasil), que lida com problemas enfrentados pela juventude gay. Após receber um telefonema dizendo que Shine estava na lista, Myracle foi então informada que a indicação de seu livro havia sido feita erroneamente, mas continuaria indicado devido à méritos próprios. Hoje, no entanto, a autora revogou sua indicação, dizendo que “sexta-feira a National Book Foundation (NBF) pediu para que eu retirasse minha indicação para preservar a integridade do prêmio e o trabalho dos jurados, e eu concordei.”

Myracle pediu que a NBF fizesse uma doação à Matthew Shepard Foundation, e a NBF concordou em doar $5,000. Um grande número de autores e leitores – incluindo John Green, Stephanie Perkins, Rick Riordan e Maureen Johnson – demonstraram sua indignação através do twitter. “Se hoje não nos mostrou mais nada, nos mostrou o absurdo que há por trás das grandes listas e prêmios. Um pouco do brilho se perdeu,” escreveu Maureen Johnson. Stephanie Perkins comprou várias cópias de Shine para doar à bibliotecas.

Para mim, o grande problema não é Shine ter ficado de fora, mas sim a falta de respeito com que a autora foi tratada. Embora o dinheiro doado à Matthew Shepard Foundation seja um ponto positivo (palmas para Myracle), ele não muda o fato de que ao tentar “preservar a integridade do prêmio”, a NBF a comprometeu ainda mais, fazendo com que uma pessoa inocente assumisse a responsabilidade pelos erros da Fundação.

Parabéns à Lauren Myracle pela superioridade com a qual lidou com a situação, parabéns e boa sorte aos demais autores indicados, e que a NBF – e outras instituições designadas a premiar obras de qualidade – tirem dessa marmelada toda que assumir os próprios erros é sempre a melhor maneira de se lidar com o público – e consequentemente, “preservar a integridade”. Enquanto isso, me dêem licença porque preciso ir até a livraria adquirir minha cópia de Shine, que reconhecido pela NBF ou não, tem cara de ser um livro e tanto!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...



Página 1 de 11