Arquivo para a categoria ‘ Lauren Oliver ’


Resenha: Requiem (Delírio #3)

requiem

ATENÇÃO: Essa resenha contém spoilers de Delírio e Pandemônio, os dois primeiros livros da série.

Agora que é uma integrante ativa da resistência, Lena se transformou. A rebelião que estava nascendo em Pandemônio cresceu e se transformou em uma revolução em Requiem, e Lena está no centro da luta.

Após resgatar Julian de uma sentença de morte, Lena e seus amigos fugiram para as florestas. Mas elas não são mais um porto seguro – ramificações da rebelião são vistas por todo o país, e o governo não pode negar a existência dos Inválidos. Reguladores se infiltram nas bordas para acabar com os rebeldes, e enquanto Lena se guia pelo terreno cada vez mais perigoso, sua melhor amiga Hana leva uma vida segura e sem amor como noiva do jovem prefeito de Portland. Requiem é narrado por Lena e Hana, que vivem lado a lado em um mundo que as mantém divididas até que, enfim, suas histórias convergem. [Fonte]

Take down the walls.




Resenha: Pandemônio

“Estou ignorando memórias do meu pesadelo,
ignorando pensamentos sobre Alex,
ignorando pensamentos sobre Hana e minha escola antiga,
ignorando,
ignorando,
ignorando,
como Raven me ensinou a fazer.
A vida antiga está morta.
Mas a Lena antiga também.
Eu a enterrei.
Eu a deixei do outro lado da cerca,
atrás de uma parede de fumaça e chamas.

Lauren Oliver apresenta uma continuação eletrizante do seu aclamado New York Times bestseller – Delírio. Esse romance brilhante e cativante trepida com o fogo de desafios incríveis, romances proibidos, e as faíscas de uma revolução prestes a pegar fogo.”

Fonte

ATENÇÃO: Essa resenha contém SPOILERS do primeiro livro da série – Delírio. Você pode ler a resenha de Delírio – que foi lançado mês passado no Brasil – aqui.

I’ve been trying so hard not to think his name, not to even breathe the idea of him




Resenha: Delírio

Imagine um mundo onde as pessoas são incapazes de se apaixonar; um mundo no qual o amor, em qualquer forma, é considerado uma doença. Essa é a sociedade distópica criada por Lauren Oliver em Delirium, o primeiro livro de uma trilogia com lançamento no Brasil previsto para o primeiro semestre de 2012.

Portland, Maine: uma das várias cidades norte-americanas cujas bordas foram fechadas para que o governo possa controlar amor deliria nervosa, a doença mais fatal que se conhece. Lena Holoway está a apenas 95 dias de completar 18 anos e finalmente ser submetida ao procedimento cirúrgico que irá livrá-la de vez do risco da amor deliria nervosa. Após o procedimento, ela terá a oportunidade de escolher seu futuro marido dentre candidatos pré-selecionados pelo governo e levará uma vida tranquila, sem as dores e complicações que relacionamentos costumavam trazer antes da cura. Lena não vê a hora de fazer a cirurgia, de ter o risco de contração da doença que arruinou a vida de sua mãe eliminado de uma vez por todas. Mas faltando apenas alguns meses para o procedimento, um imprevisto acontece: Lena se apaixona.

“The deadliest of all deadly things: It kills you both when you have it and when you don’t.”

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...