Arquivo para a categoria ‘ Liane Moriarty ’


Resenha: Nove Desconhecidos

Ficha Técnica:

Título: Nove Desconhecidos

Autora: Liane Moriarty

Tradutora: Julia Sobral Campos

Páginas: 464

Editora: Intrínseca

Compre aqui

São nove estranhos, dez dias e um sem-número de surpresas. Cada qual por uma razão, eles compram um pacote de estadia no spa Tranquillum House, um balneário remoto ao norte de Sidney, na Austrália, a fim de se desintoxicar da própria vida – curar um luto, perder peso, lidar com a crise no casamento. Em comum, todos querem um pouco de paz, e o programa intitulado ”retiro exclusivo de dez dias para transformação total da mente e corpo” parece ideal. A aposta em meditação, ioga, terapias alternativas e alimentação saudável, sem álcool ou droga, naturalmente, tem tudo para ser uma escolha acertada.Quem nos conta isso é uma das internas, Frances Welty, uma escritora de meia-idade de best-sellers românticos apegada a aforismo literários que só quer esquecer o golpe que sofreu em seu ultimo relacionamento.” Vocês não vão ser mais as pessoas que são agora” é uma das promessas do spa. No inicio, a reação de todos é muito parecida: os nove então desconhecidos respondem de forma exultante aos tratamentos – inclusive a família Marconi, que passa no spa o aniversario de uma data marcante na vida dos três, o pai Napoleon, a mãe, Heather, e a filha, Zoe.
e Carmel Schneider, 39 anos, desiludida e recém-divorciada. E Tony Hogburn, 56 anos, viciado em remédios para emagrecer. E Ben e Jessica Chandler, que chegam para solucionar uma crise no casamento. Todos reagem de forma eufórica aos primeiros estímulos. Mas só depois vão descobrir por que. E tudo o que parecia tão certo, de repente, torna-se a causa de angustias infinitas e laços inesperados: o excesso de regras do espaço, o controle absoluto dos internos, o clima de mistério…Com sarcasmo, ironia e humor mais acido do que limonada sem açúcar, a autora questiona as promessas de transformação que se tornaram um produto dos novos tempos e a sobessa com a qual algumas pessoas parecem se agarrar a elas, provocando ainda reflexões originais sobre luto, o trauma e a recuperação. (Fonte)

Essa é uma resenha em dupla! As opiniões da Drika estão na cor padrão cinza, enquanto as da Karen aparecerão em azul. A Drika leu a edição especial capa dura do livro, cedida pela parceira Intrínseca, na caixa Intrínsecos, enquanto a Karen leu a edição comum presente nas livrarias, também cedida em parceria pela editora.

Não é de hoje que Liane Moriarty é uma das minhas autoras favoritas; desde que li O Segredo do Meu Marido (resenha aqui), o primeiríssimo dela que caiu no meu colo, adorei seu estilo de escrita e a maneira como desenvolve seus personagens de maneira tão íntima. Mas não sou a única aqui no blog que a autora conquistou; passeando pelas resenhas da Liane por aqui vocês encontram resenhas de todos os livros da escritora publicados no Brasil, nas vozes da Ale Gilos, minha e agora também da Drika. Essa é uma escritora fácil de amar, assim como seus personagens, e seu mais novo lançamento é um exemplo claro disso.

Continue lendo…




[Especial Liane Moriarty] A série da HBO: Big Little Lies

Depois de ler Pequenas Grandes Mentiras (resenha), fiquei me sentindo órfã do livro e com uma baita ressaca literária. Não queria que aquelas histórias acabassem, queria continuar acompanhando as vidas de Madeleine, Celeste Jane. Portanto, tratei de logo ir assistir a série da HBO, adaptada da obra de Liane Moriarty. E, que série, meus amigos. Que série!

Geralmente é difícil uma adaptação conseguir alcançar a mesma qualidade de um livro, mas desta vez, aconteceu. Em Big Little Lies, protagonizada por Reese Witherspoon, Nicole Kidman Shailene Woodley, a série conta com um time de mulheres também nos bastidores, inclusive com as duas primeiras atrizes como produtoras e a própria Liane Moriarty envolvida também na produção. E isso faz uma diferença enorme, porque você encontra a mesma honestidade, a mesma visão crua e verdadeira da vida das mulheres, o mesmo entendimento que você tem na obra literária. Não é o que acontece normalmente, homens tentando falar de mulheres, mas sim mulheres falando de mulheres, e isso é simplesmente lindo.

Continue lendo…




[Especial Liane Moriarty] TTT – Os dez temas abordados pela escritora

ttt2013

Top Ten Tuesday essa semana mudou de dia e de tema, mas o motivo é especial: estamos comemorando a Semana Liane Moriarty junto com a Editora Intrínseca, para celebrar essa escritora maravilhosa que todos devem ler – e também o lançamento do seu livro mais recente, O que Alice esqueceu (resenha aqui).

O Top Ten Tuesday é um meme semanal criado pelo blog The Broke and the Bookish!

Continue lendo…




[Especial Liane Moriarty] Resenha: Pequenas Grandes Mentiras

Liane Moriarty se tornou uma das minhas escritoras favoritas. Gosto de como ela aborda temas simples, familiares, e os transforma em suspenses que prender o leitor à obra. Ela não tem medo de falar sobre temas espinhosos, de maneira controversa, como sexo, traição, maternidade, assassinato e até estupro. E, mais importante, ela cria personagens femininas reais, complexas e com arcos narrativos próprios, que não dependem de homens. Ela é uma mulher escrevendo sobre mulheres, e sabe muito bem o que está fazendo. Curiosamente, eu já tinha lido dois outros livros da autora – O Segredo do Meu Marido Até que a culpa nos separe – mas não o mais famoso, Pequenas Grandes Mentiras (temos outra resenha dele, da Lê Gilos, no nosso canal) e, agora que o li, entendi porque ele foi o seu livro de mais sucesso, e que até rendeu uma série para a HBO. O livro é IN-CRÍ-VEL.

Ficha técnica:

 Nome: Pequenas Grandes Mentiras

 Autor: Liane Moriarty

 Tradutor: Adalgisa Campos da Silva

 Páginas: 400

 Editora: Intrínseca

 Onde comprar: Amazon / Outras lojas

 Sinopse: “Todos sabem, mas ainda não se elegeram os culpados. Enquanto o misterioso incidente se desdobra nas páginas de Pequenas grandes mentiras, acompanhamos a história de três mulheres, cada uma diante de sua encruzilhada particular. Madeline é forte e passional. Separada, precisa lidar com o fato de que o ex e a nova mulher, além de terem matriculado a filhinha no mesmo jardim de infância da caçula de Madeline, parecem estar conquistando sua filha mais velha. Celeste é dona de uma beleza estonteante. Com os filhos gêmeos entrando para a escola, ela e o marido bem-sucedido têm tudo para reinar entre os pais. Mas a realeza cobra seu preço, e ela não sabe se continua disposta a pagá-lo. Por fim, Jane, uma mãe solteira nova na cidade que guarda para si certas reservas com relação ao filho. Madeline e Celeste decidem fazer dela sua protegida, mas não têm ideia de como isso afetará a vida de todos. Reunindo na mesma cena ex-maridos e segundas esposas, mães e filhas, bullying e escândalos domésticos, o romance de Liane Moriarty explora com habilidade os perigos das meias verdades que todos contamos o tempo inteiro.” Fonte

Por que me senti tão estranhamente violada por aquelas duas palavras? Mais do que qualquer outra coisa que ele tenha feito comigo, foram essas duas palavras que mais doeram.




[Especial Liane Moriarty] Resenha: O Que Alice Esqueceu

Adorei a premissa do livro… pare um minuto para imaginar… de repente, você bate a cabeça e perde a memória dos últimos 10 anos de sua vida. Pensou? Aos poucos você vai redescobrindo a pessoa que se tornou nestes 10 anos. O que você acha dessa pessoa?…

 Ficha técnica:

 Nome: O que Alice esqueceu

 Autor: Liane Moriarty

 Tradutor: Julia Romeu

 Páginas: 416

 Editora: Intrínseca

 Compre aqui

 

Sinopse: Alice tinha certeza de que era feliz: aos 29 anos, casada com Nick, um marido lindo e amoroso, aguardando o nascimento do primeiro filho rodeada pela linda família formada por sua irmã, a mãe atenciosa e a avó. Mas tudo parece ir por água abaixo quando ela acorda no chão da academia… dez anos depois!

Enquanto tenta descobrir o que aconteceu nesse período, Alice percebe que se tornou alguém muito diferente: uma pessoa que não tem quase nada em comum com quem ela era na juventude e, pior, de quem ela não gosta nem um pouco.

Ao retratar a vida doméstica moderna provocando no leitor muitas risadas e surpresas, Liane Moriarty constrói uma narrativa ao mesmo tempo ágil e leve sobre recomeços, o que queremos lembrar e o que nos esforçamos para esquecer. (Fonte)

Continue lendo…

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...