Arquivo para a categoria ‘ Literatura Estrangeira ’


Resenha: A Irmã da Sombra

a_irma_da_sombra_1469132915598588sk1469132915bEm A irmã da sombra, terceiro volume da série As Sete Irmãs, duas jovens igualmente determinadas, porém de séculos distintos, conectam-se por meio de diários que retratam uma vida intensa de superação, amor e perdão.

Estrela D’Aplièse está numa encruzilhada após a repentina morte do pai, o misterioso bilionário Pa Salt. Antes de morrer, ele deixou a cada uma das seis filhas adotivas uma pista sobre suas origens, porém a jovem hesita em abrir mão da segurança da sua vida atual.

Enigmática e introspectiva, ela sempre se apoiou na irmã Ceci, seguindo-a aonde quer que fosse. Agora as duas se estabelecem em Londres, mas, para Estrela, a nova residência não oferece o contato com a natureza nem a tranquilidade da casa de sua infância. Insatisfeita, ela acaba cedendo à curiosidade e decide ir atrás da pista sobre seu nascimento.

Nessa busca, uma livraria de obras raras se torna a porta de entrada para o mundo da literatura e sua conexão com Flora MacNichol, uma jovem inglesa que, cem anos antes, morou na bucólica região de Lake District e teve como grande inspiração a escritora Beatrix Potter. Cada vez mais encantada com a história de Flora, Estrela se identifica com aquela jornada de autoconhecimento e, pela primeira vez, está disposta a sair da sombra da irmã superprotetora e descobrir o amor. (Fonte)

Continue lendo…




Resenha: Star Wars: antes do despertar

O nome Star Wars sempre dá peso a tudo o que lhe é atrelado, mas vez ou outra o tiro sai pela culatra. Antes do despertar é um livro que consegue o aparentemente impossível – destruir os personagens principais de O Despertar da Força com histórias que não adicionam nada a trama. Preparem seus sabres de luz.

“A jovem Rey vive em Jakku, um planeta desértico e inóspito. Ela sobrevive trocando equipamentos perdidos por ração e água, porém uma descoberta inesperada vai virar sua rotina de cabeça para baixo. Poe Dameron é um dos melhores pilotos da Nova República, mas quando as ameaças da Primeira Ordem parecem cada vez maiores, ele precisa rever se toda a sua dedicação está sendo eficaz para proteger a galáxia. FN-2187, por sua vez, é um stormtrooper dedicado e talentoso, que obedece aos comandos da capitã Phasma sem hesitação… mas aos poucos começa a questionar os métodos usados pela Primeira Ordem para alcançar o poder. Rey, Poe e Finn ainda não se conhecem e nem sentiram a Força despertar. Antes de formarem o trio de heróis que será a esperança da galáxia, precisam lidar com seus próprios dilemas e conflitos.” Fonte: Skoob

Continue lendo…




Resenha: Lugar Nenhum

Pensem em Neil Gaiman e saibam todos que sairá uma história bem incomum e fora da casinha. Isso nem sempre pode ser algo bom, mas felizmente foi com Lugar Nenhum.

Lugar nenhumPublicado pela primeira vez em 1997, a partir do roteiro para uma série de TV, o sombrio e hipnótico Lugar Nenhum, primeiro romance de Neil Gaiman, anunciou a chegada de um grande nome da literatura contemporânea e se tornou um marco da fantasia urbana. Ao longo dos anos, diferentes versões foram publicadas nos Estados Unidos e na Inglaterra, e Neil Gaiman elaborou, a partir desse material, um texto que viesse a ser definitivo: esta edição preferida do autor.
Em Lugar Nenhum, Richard Mayhew é um homem simples de coração bom que tem a vida transformada quando ajuda uma jovem que encontra ferida numa calçada. De um dia para o outro, Richard se torna invisível na Londres que sempre conheceu: não tem mais trabalho, não tem mais noiva, não tem mais casa. Para recuperar sua vida, ele se embrenha em um mundo que nunca sonhou existir, uma cidade que se abre nos esgotos e nos túneis subterrâneos: a chamada Londres de Baixo, em que personagens únicos e cenários mirabolantes fazem a Londres de Cima parecer uma mera paisagem cinza.
Com muita ação, um bom humor peculiar e evocações sombrias de um mundo fantástico, Lugar Nenhum é leitura indispensável para os fãs de Neil Gaiman e um rico prazer para os que ainda não conhecem o autor. Fonte

Continue lendo…




Resenha: Número Zero

NUMERO_ZERO_1432330528452155SK1432330528BO novo best-seller internacional de Umberto Eco. O romance que é um verdadeiro manual do mau jornalismo Um grupo de redatores, reunido ao acaso, prepara um jornal. Não se trata de um jornal informativo; seu objetivo é chantagear, difamar, prestar serviços duvidosos a seu editor. Um redator paranoico, vagando por uma Milão alucinada (ou alucinado numa Milão normal), reconstitui cinquenta anos de história sobre um cenário diabólico, que gira em torno do cadáver putrefato de um pseudo-Mussolini. Nas sombras, a Gladio, a loja maçônica P2, o assassinato do papa João Paulo I, o golpe de Estado de Junio Valerio Borghese, a CIA, os terroristas vermelhos manobrados pelos serviços secretos, vinte anos de atentados e cortinas de fumaça — um conjunto de fatos inexplicáveis que parecem inventados, até um documentário da BBC mostrar que são verídicos, ou que pelo menos estão sendo confessados por seus autores. Um perfeito manual do mau jornalismo que o leitor percorre sem saber se foi inventado ou simplesmente gravado ao vivo. Uma história que se passa em 1992, na qual se prefiguram tantos mistérios e tantas loucuras dos vinte anos seguintes. Uma aventura amarga e grotesca que se desenrola na Europa do fim da Segunda Guerra até os dias de hoje. (Fonte)

Continue lendo…




Resenha: Pecados no Inverno

E mais uma vez venho aqui com minha paixão por romances de época falar de uma série que está sendo a minha segunda queridinha (porque nada supera Os Hathaways). E esse foi o melhor livro até agora!

PECADOS_NO_INVERNOAgora é a vez de Evangeline Jenner, a Wallflower mais tímida que também será a mais rica quando receber sua herança. Mas primeiro ela tem que escapar das garras de seus ambiciosos parentes, Evie recorre a Sebastian, visconde de St Vincent, um conhecido mulherengo, com uma proposta incrível: que se case com ela!
A fama de Sebastian é tão perigosa que trinta segundos a sós com ele arruínam o bom nome de qualquer donzela. Mesmo assim, esta cativante jovenzinha se apresenta em sua casa, sem acompanhante, para lhe oferecer sua mão.
Mas a proposta impõe uma condição: depois da noite da lua-de-mel, o casal não voltará a ter relações íntimas. Evie não deseja torna-se apenas mais uma que Sebastian descarta sem piedade, o que significa que Sebastian simplesmente tem que trabalhar mais duro na sua sedução… ou, talvez entregar seu coração pela primeira vez em nome do verdadeiro amor. Fonte

Essa resenha contém um pequeno spoiler de Era uma vez no Outono, mas eu deixei de forma que você pode escolher entre ler ou não.

Continue lendo…

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...



Página 10 de 119« Primeira...89101112...203040...Última »