Arquivo para a categoria ‘ Literatura Estrangeira ’


Em outras palavras especial: Pottermore

Em outras palavras de hoje é muitíssimo especial: a nossa amiga e parceira Melissa de Sá, do blog Livros de Fantasia, fez um post muito bacana para o nosso Especial Harry Potter  e o tema foi Pottermore! Deixo vocês com a fantástica contribuição da Mel para o especial da nossa série favorita de todos os tempos.

Dessa vez, o especial Harry Potter (uma iniciativa do blog Por Essas Páginas mas que conta com a contribuição do Livros de Fantasia) vai focar no Pottermore, a experiência online para os fãs da série criada pela própria J.K.Rowling! E quem vai falar sobre o assunto vai ser eu mesma, Melissa de Sá!

Eu já postei aqui no blog várias coisas sobre o Pottermore. Para quem ainda tem dúvidas sobre o que é e como funciona o site, eu sugiro que entrem nos links: O que é e como funciona Pottermore? e O que falta melhorar no Pottermore? além de outras informaçõse que vocês encontram aqui.

Nesse post eu vou discutir as minhas impressões de fã em relação ao Pottermore, como é viver essa experiência tendo sido uma pessoa doente por Harry Potter há, no mínimo, dez anos.

Continue lendo…




Resenha: Incarceron

Acho incrível a minha capacidade de terminar de ler um livro e só conseguir resenhá-lo um mês depois. Que coisa! Ainda mais quando eu gosto do livro! Essa resenha é para o Desafio Realmente Desafiante 2013  – Item 10: Ler um livro entre 300 e 350 páginas. Na verdade, consta que esse livro tem 352 páginas, mas eu vi que a última página do último capítulo é a 349. Então, ele está valendo para essa categoria (e podem conferir que é verdade).

incarceron

Sinopse: Imagine uma prisão tão grande e tão vasta, a ponto de conter corredores e florestas, cidades e mares. Imagine um prisioneiro sem memória, que acredita firmemente ter nascido no Exterior, mesmo que a prisão esteja selada há séculos e que apenas um homem, em cuja história se misturam realidade e lenda, tenha dela conseguido escapar. Agora, imagine uma garota vivendo em um palácio do século XVII movido por computadores, onde o tempo parece ter sido esquecido. Filha do Guardião, está condenada a aceitar um casamento arranjado, cujos segredos a aprisionam em uma rede de conspirações e assassinatos, da qual ela deseja desesperadamente fugir. Um está dentro. A outra, fora. Entretanto, os dois estão aprisionados. Conseguirão enfim se encontrar? Parte fantasia, parte distopia, Incarceron reserva ao leitor a emocionante aventura de Finn e Claudia, dois jovens que desejam, a qualquer custo, destruir a barreira que os separa da liberdade.Fonte

Continue lendo…




Resenha: S.E.G.R.E.D.O

“Ao contrário de outros romances que retratam situações e pessoas quase irreais, S.E.G.R.E.D.O. traz como protagonista uma mulher como muitas que deixou sua sexualidade de lado – e que não vê a hora de retomá-la.

Cassie, uma viúva de 35 anos que vive sem nenhum luxo em um quarto alugado, trabalha como garçonete em Nova Orleans e tem uma vida amorosa nula, deixa para trás as incertezas que a marcaram durante seu casamento com um marido alcoólatra e egoísta para descobrir seu potencial como mulher. Cassie é chamada a participar de uma sociedade secreta essencialmente feminina, que tem por objetivo “ajudar mulheres a entrar em contato com seu lado sexual. E, assim fazendo, elas tornam a ter contato com a parte mais poderosa de si mesmas. Um passo de cada vez”, e 10 Passos no total.

Dentro de S.E.G.R.E.D.O., as integrantes são convidadas a redescobrir sua feminilidade e sensualidade a partir das fantasias que elas mesmas escolhem (mesmo sem saber ao certo como ou quando elas se realizarão). Os homens, neste contexto, apenas ajudam a organização a realizar os desejos mais íntimos das participantes em cada um de seus 10 Passos. Ao longo dessas etapas, elas ganham a confiança para buscar novos amores: o seu amor próprio e o de uma nova paixão.” Fonte

Tenho que confessar: fiquei muito curiosa quando descobri esse livro. Li algumas resenhas e críticas muito boas, mas já pela sinopse dava para perceber o que mais me atraiu: era um livro erótico diferente dos livros eróticos atuais. Para começar, Cassie não era uma garotinha virgem, mas sim uma mulher já madura e viúva, com experiências sexuais. E gostei também da premissa de uma sociedade secreta que ajudasse as mulheres a se redescobrirem. Aí encontrei uma bela promoção no Submarino (e até veio uma linda pulseirinha) e, pronto, comprei e passei o livro à frente de todas as leituras. Valeu a pena? Sim, mas nem tanto.

Os corações deveriam se assentar no fundo do estômago, onde há mais isolamento para esconder sua batida ansiosa.




Resenha + Promoção: Sonhe Mais

“Jai Pausch passou por um trauma: a perda do marido para um câncer de pâncreas. A enfermidade de Randy Pausch também destruiu as verdades e as certezas em que Jay acreditava. Pega de surpresa pela doença, que avançou rapidamente, Jay Pausch precisou inverter suas prioridades. Acostumada a cuidar da família, percebeu que aquele era, também, o momento de cuidar de si mesma, porque, do contrário — caso fraquejasse —, sua família não sobreviveria. E, apesar de todas as alterações pelas quais passou, foi capaz de registrar a maior parte de suas experiências, dúvidas e medos.

Este registro acabou se constituindo num relato vigoroso sobre como a morte muda o relacionamento entre as pessoas e sobre como é possível sobreviver, passo a passo, a essas mudanças.

Sonhe Mais é referência para todos os que estão vivendo uma fase de transição e é leitura obrigatória para aqueles que passaram, ou estão passando, por um momento de dor.” Fonte

Essa resenha hoje vem em um dia bastante especial: 8 de abril é o dia mundial de combate ao câncer. É também o dia que a minha avó materna faria aniversário; ela faleceu devido a um câncer há quase 16 anos e, há quase um ano, minha mãe se foi com o mesmo câncer que levou anteriormente sua própria mãe. Portanto, quando vi esse livro na lista de solicitações da Novo Conceito percebi que precisava lê-lo. Como é dito na sinopse, Sonhe Mais é um livro perfeito para as pessoas que estão passando – ou já passaram – por um momento de dor e de perda. Se você se enquadra em qualquer um dos casos, corra e leia esse livro; se não, leia-o também: Sonhe Mais é um relato sensível, real e emocionante que merece ser lido.

É preciso procurar bem lá no fundo, mas ela está lá, esperando para ser trazida à tona: uma força indescritível. (…) percebi que simplesmente tinha que fazer o que precisava ser feito.




Resenha Especial: Harry Potter e o Prisoneiro de Azkaban

Eu sempre achei que fosse mais difícil falar sobre um livro que eu não gostei do que sobre um livro que eu indicaria para todo mundo. Mas isso foi até começar a escrever a resenha de “Harry Potter e o Prisoneiro de Azkaban”… Como conseguir resumir o que eu sinto por um livro que é praticamente um dos meus melhores amigos?

Eu comecei a ler a série Harry Potter em 2001. Eu estava no Ensino Fundamental e no meu colégio eram as professoras que diziam onde cada aluno iria sentar. Os alunos que eram quietos (e eu estava inclusa nessa categoria) normalmente ficavam no fundo da sala. Mas, nas aulas “chatas”, os “nerds” também se rebelavam da sua forma: a mesa era grande e tinha um local embaixo para colocar livros. A gente disfarçava e ficava lendo… E foi assim que eu descobri que uma amiga estava lendo “Harry Potter e o Cálice de Fogo”. Ela falava com tanto carinho de um personagem chamado Rony Weasley que eu simplesmente tive que ir a biblioteca e pegar o primeiro livro da série.

Li “Harry Potter e a Pedra Filosofal” rapidamente. Gostei, mas não achei nada de “tão especial” no livro. Voltei na biblioteca e eles não tinham o segundo. Sem pensar duas vezes, peguei então “Harry Potter e o Prisoneiro de Azkaban” para ler (e hoje eu penso sempre: imaginem só se fosse o contrário?).

Prisoneiro de Azkaban“As aulas estão de volta à Hogwarts e Harry Potter não vê a hora de embarcar no expresso a vapor que o levará de volta à escola de bruxaria. Mais uma vez suas férias na rua dos Alfeneiros foi triste e solitária. Com muita ação, humor e magia, ‘Harry Potter e o prisioneiro de Azkaban’ traz de volta o gigante atrapalhado Rúbeo Hagrid, o sábio diretor Alvo Dumbledore, a exigente professora de transformação Minerva McGonagall e o novo mestre Lupin, que guarda grandes surpresas para Harry.” (Fonte)

 

Ele está em Hogwarts…

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...



Página 104 de 131« Primeira...102030...102103104105106...110120130...Última »