Arquivo para a categoria ‘ Literatura Estrangeira ’


Resenha: Revival

Ler um novo livro de Stephen King é como reencontrar um velho amigo. Vocês sabem como são os amigos: às vezes a gente fica longe, às vezes a gente se desentende, outras vezes não desgruda, passa horas e horas junto sem cansar, nem sempre a gente concorda, mas sempre se respeita e, seja lá como for, alguns amigos – os melhores – são para sempre. E King é um desses amigos.

revival“Em uma cidadezinha na Nova Inglaterra, mais de meio século atrás, uma sombra recai sobre um menino que brinca com seus soldadinhos de plástico no quintal. Jamie Morton olha para o alto e vê a figura impressionante do novo pastor. O reverendo Charles Jacobs, junto com a bela esposa e o filho, chegam para reacender a fé local. Homens e meninos, mulheres e garotas, todos ficam encantados pela família perfeita e os sermões contagiantes.
Jamie e o reverendo passam a compartilhar um elo ainda mais forte, baseado em uma obsessão secreta. Até que uma desgraça atinge Jacobs e o faz ser banido da cidade.
Décadas depois, Jamie carrega seus próprios demônios. Integrante de uma banda que vive na estrada, ele leva uma vida nômade no mais puro estilo sexo, drogas e rock and roll, fugindo da própria tragédia familiar. Agora, com trinta e poucos anos, viciado em heroína, perdido, desesperado, Jamie reencontra o antigo pastor. O elo que os unia se transforma em um pacto que assustaria até o diabo, com sérias consequências para os dois, e Jamie percebe que “reviver” pode adquirir vários significados.” Fonte

A curiosidade é uma coisa terrível, mas humana. Humana demais.




Resenha: Estrelas Perdidas

Alguém disse Star Wars?²

Quando a Editora Seguinte disse que ia mandar seu novo livro, Estrelas Perdidas, para todos os parceiros, eu já levantei a mão aqui no blog e disse É MEU E NINGUÉM TASCA! O livro chegou e eu já caí de amores (edição mais destruidora que a Estrela da Morte!), então comecei a ler imediatamente. O veredito? Um livro imperdível para fãs de Star Wars, para fãs de ficção científica, de drama, de romance… e para qualquer um que ame ler um bom livro.

Obs.: Resenha livre de spoilers de Star Wars – O Despertar da Força.

estrelas_perdidas“Ciena Ree e Thane Kyrell se conheceram na infância e cresceram com o mesmo sonho: pilotar as naves do Império. Durante a adolescência, sua amizade aos poucos se transforma em algo mais, porém diferenças políticas afastam seus caminhos: Thane se junta à Aliança Rebelde e Ciena permanece leal ao imperador. Agora em lados opostos da guerra, será que eles vão conseguir ficar juntos?” Fonte

Eles raramente estiveram mais próximos do que quando voavam juntos. Lá era onde ensinaram um ao outro, aprenderam um sobre o outro e exploraram o mundo juntos.




Resenha: As Sete Irmãs

AS_SETE_IRMAS_1404311339B “Meus dedos tocaram a selenita em meu colar. Tudo o que podia imaginar era que ele foi mandando comigo, como uma espécie de recordação, talvez por minha mãe, quando Pa Salt me adotou. Ele dissera, quando me deu o presente, que havia uma história interessante pode trás daquela joia… Ele esperava que eu perguntasse. E eu desejava com todo o coração, naquele momento, ter perguntado.”

Agora que Maia e suas irmãs perderam o pai, cada uma delas tem em suas mãos a decisão de buscar ou não a verdade sobre sua família biológica. Maia não resiste ao chamado do passado e é atraída até o Rio de Janeiro, onde, auxiliada pelo escritor Floriano, irá mergulhar em uma história quase centenária.
Nos anos 20, uma paixão devastadora entre uma aristocrata brasileira e um escultor francês é sufocada pelas convenções sociais. Uma pequena placa de pedra-sabão eternizou o amor de Izabela e Laurent, selando o destino de Maia.
A escritora best-seller Lucinda Riley mergulhou na cultura e na história do nosso país para conhecer de perto os mitos e verdades sobre a construção de um dos mais emblemáticos monumentos à nossa fé: o Cristo Redentor. O resultado dessa experiência é uma trama surpreendente e sensual, recheada de elementos exóticos. A partir do momento em que, junto com Maia, aterrissamos no Rio de Janeiro, não vamos nos separar dela enquanto não decifrarmos os segredos de seu passado.
E esse é apenas o começo da viagem.

Continue lendo…




Resenha: Gelo Negro

No meu último Top Tem Tuesday, eu mencionei alguns autores que mereceram destaque em 2015 e Becca Fitzpatrick fazia parte da lista. Sério, ela escreve bem, a narrativa do livro foi bem viciante, a leitura fluiu, algumas passagens são muito bem feitas, porém… Sabe aquele livro que você pega para ler e parece MUITO com um filme de suspense que você assiste às noites de sábado, ou mesmo em uma sessão da tarde? Foi essa a sensação que eu tive ao ler Gelo Negro. Foi o primeiro livro que li de Becca Fitzpatrick e, sinceramente, poderia ter sido muito melhor.

GELO_NEGROSinopse: Britt Pfeiffer passou meses se preparando para uma trilha na Cordilheira Teton, um lugar cheio de mistérios. Antes mesmo de chegar à cabana nas montanhas, ela e a melhor amiga, Korbie, enfrentam uma nevasca avassaladora e são obrigadas a abandonar o carro e procurar ajuda. As duas acabam sendo acolhidas por dois homens atraentes e imaginam que estão em segurança.

Os homens, porém, são criminosos foragidos e as fazem reféns. Para sobreviver, Britt precisará enfrentar o frio e a neve para guiar os sequestradores para fora das montanhas. Durante a arriscada jornada em meio à natureza selvagem, um homem se mostra mais um aliado do que um inimigo, e Britt acaba se deixando envolver. Será que ela pode confiar nele? Sua vida dependerá dessa resposta. Fonte

Continue lendo…




Resenha: Jonathan Strange & Mr. Norrell

JONATHAN_STRANGE_E_MR_NORRELLEm 1806, a maioria da população britânica acreditava que a magia estava perdida há muito tempo – até que o sábio Mr. Norrell revela seus poderes, tornando-se célebre e influente. Ele abandona a reclusão e parte para Londres, onde colabora com o governo no combate a Napoleão Bonaparte e coloca em prática seu plano de controlar todo o conhecimento mágico do país.
Tudo corre bem até que Jonathan Strange, um jovem nobre e impetuoso, descobre que também possui talentos mágicos. Ele é recebido por Norrell como seu discípulo, mas logo os dois começam a se desentender… e essa rixa pode colocar em risco toda a Inglaterra.
Misturando ficção e fatos históricos, Jonathan Strange & Mr. Norrell levou dez anos para ser escrito e foi baseado em uma extensa pesquisa da autora sobre a história da magia inglesa. O livro combina a mitologia fantástica de J.R.R. Tolkien com a comédia de costumes de Jane Austen, de quem Clarke é admiradora confessa, e ainda acena ao romantismo, à observação social de Charles Dickens e à literatura gótica de Anne Radcliffe.
Recebeu o Hugo Award, um dos prêmios mais importantes no gênero fantástico, além de ter sido indicado ao Man Booker Prize e eleito o melhor livro do ano pela revista Time. Agora adaptado para a TV pela BBC, o livro recebe nova edição, com introdução do escritor Neil Gaiman. Fonte

Continue lendo…

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...



Página 30 de 126« Primeira...1020...2829303132...405060...Última »