Arquivo para a categoria ‘ Philippa Gregory ’


Resenha: A Senhora das Águas

A_SENHORA_DAS_GUAS__1398708659P_thumb[3]É o auge da Guerra dos Cem Anos, e os territórios ingleses na França encontram-se sob ameaça. Jacquetta de Luxemburgo não imagina que terá um papel fundamental na política inglesa. Descendente de Melusina, a deusa das águas, ela tem a capacidade de prever o futuro. Após ficar viúva do duque de Bedford, ela se casa com Richard Woodville, seu fiel escudeiro. Depois de sofrer muito preconceito, ela acaba se tornando amiga da rainha mas sua lealdade não mantém a Casa de Lancaster no trono: o rei cai doente e Ricardo, duque de York, ameaça se rebelar contra o reino. Nomeada Lady Rivers, ela vive conforme seus princípios, mas uma visão pode mudar tudo: um futuro inesperado para a filha Elizabeth, uma mudança de destino, o trono da Inglaterra e a rosa branca de York. • Philippa Gregory é autora, entre outros títulos, de A irmã de Ana Bolena, adaptado para o cinema como A outra, uma superprodução estrelada por Natalie Portman, Scarlett Johansson e Eric Bana. • “O melhor romance de Philippa Gregory em anos.” USA Today (Fonte)

Continue lendo…




Resenha: A Rainha Branca e A Rainha Vermelha

Oi pessoal!

Esta vai ser minha primeira resenha 2-em-1. Em breve farei a resenha de A Senhora das Águas, de Philippa Gregory, que é o terceiro livro da série Guerra dos Primos, que fala sobre o final da Guerra dos Cem Anos e o início e auge da Guerra das Rosas. É que os 2 primeiros livros eu li antes de fazer parte da equipe do blog e já faz um tempinho. Infelizmente como minha memória é bem ruinzinha estas resenhas não vão ser muito precisas, nem as minhas melhores. Mas queria poder oferecer a vocês um pouquinho sobre os 2 primeiros livros, para depois apresentar a resenha do terceiro, que estou lendo atualmente.

Espero que dê pra ter uma ideia.

A_RAINHA_BRANCAIrmãos e primos lutam entre si para conquistar o trono da Inglaterra neste fascinante relato da Guerra das Duas Rosas, o conflito que opôs a Casa de Lancaster, cujo símbolo é uma rosa vermelha, à Casa de York, representada pela rosa branca. Em meio à guerra, a viúva Elizabeth Woodville desperta a atenção do jovem rei Eduardo IV, e os dois se casam em segredo.

Rainha em um país instável, Elizabeth se vê enredada nas intrigas da corte, ao mesmo tempo em que luta pelo êxito de sua família e precisa enfrentar inimigos poderosos, como os irmãos do rei.

A Rainha Branca é o primeiro volume da série A Guerra dos Primos, que relata a ascensão da dinastia Tudor ao poder. (Fonte)

Continue lendo…

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...