Arquivo para a categoria ‘ Resenhas ’


Resenha: Neve de Primavera

Ficha técnica:

Nome: Neve de Primavera

Autor: Márcia Lima

Páginas: 356

“Por um segundo, resolvi esquecer tudo que me separava de Samanta e cruzar o abismo que existia entre nós.
Talvez os dias limitados que eu tinha com ela fossem, de fato, uma boa sorte. Se o adeus era inevitável, viver o agora parecia mais leve.”

Seo Joon foi criado para ser o presidente de um grande conglomerado. Privado de sua própria essência, aprendeu a manter uma aparência sóbria e distante, menos quando se trata do filho Yoon, a quem cria sozinho desde a morte prematura da esposa.
Competente e determinado, Joon não tem tempo a perder, principalmente quando está às voltas com um caso de corrupção em sua própria empresa.
Samanta Lee não conhecia muito sobre a cultura da qual descendia, além de dramas de televisão e lámen. Sozinha desde a morte dos pais, lutou muito para alcançar o tão sonhado cargo de relações públicas, em uma multinacional coreana.
Alegre e extrovertida, Sam está acostumada a lidar com os desmandos do azar, mantendo sempre os pés no chão e os olhos na realidade. Definitivamente, apaixonar-se não estava nos planos.
Ela só queria manter o emprego, ele não pôde fugir de uma viagem de negócios… Mas, quando o destino conspira a favor, quem pode dizer o contrário?
Do outro lado do mundo, no inverno cinzento de Seul, a primavera florescerá

Continue lendo…




Resenha: Pelo amor de Cassandra

Ficha técnica:

Título: Pelo amor de Cassandra

Autor: Lisa Kleypas

Tradutor: Ana Rodrigues

Páginas: 272

Editora: Arqueiro

Tom Severin, o magnata das ferrovias, tem dinheiro e poder suficientes para realizar todos os seus desejos. Por isso, quando resolve que está na hora de se casar, acha que deve ser fácil encontrar a esposa perfeita. Assim que ele pousa os olhos em lady Cassandra Ravenel pela primeira vez, decide que ela é essa mulher.

O problema é que a bela e perspicaz Cassandra é tão determinada quanto ele, e faz questão de se casar por amor – a única coisa que Tom não pode oferecer. Além disso, ela não tem o menor interesse em viver no mundo frenético de alguém que só joga para vencer.

No entanto, mesmo com o coração de gelo, ele é o homem mais charmoso que Cassandra já conheceu. E quando um inimigo recém-descoberto quase destrói a reputação dela, Tom aproveita a oportunidade que estava esperando para conquistá-la.

Ao contrário do que pensa, porém, ele ainda não conseguiu o que queria. Porque a busca pela mão de Cassandra pode até ter chegado ao fim, mas a batalha por seu coração está apenas começando.

Continue lendo…




Resenha: Um Beijo e nada mais

Ficha técnica:

Nome: Um Beijo e nada mais

Autor: Mary Balogh

Tradutor: Lívia de Almeida

Páginas: 288

Editora: Arqueiro

Desde que testemunhou a morte do marido durante as Guerras Napoleônicas, Imogen, lady Barclay, se isolou em Hardford Hall, na Cornualha. O novo dono da propriedade ainda não apareceu para reivindicá-la, e ela torce desesperadamente para que ele nunca venha acabar com sua frágil paz.

Percival Hayes, o novo conde de Hardford, não tem nenhum interesse na região distante da Cornualha, tanto que, desde que recebeu o título, nunca quis conhecer o lugar. Mas em seu aniversário de 30 anos ele está tão entediado que decide impulsivamente fazer uma visita às suas terras.

Ao chegar lá, fica chocado ao descobrir que Hardford não é o monte de ruínas que imaginou. Fica perplexo também ao constatar que a viúva do filho de seu predecessor é a mulher mais linda que já viu.

Em pouco tempo, Imogen desperta em Percy uma paixão que ele jamais pensou ser capaz de sentir. Mas será que ele conseguirá resgatá-la da infelicidade e convencê-la a voltar à vida?

Continue lendo…




Resenha: O Impulso

Ficha técnica:

Título: O Impulso

Autor: Ashley Audrain

Tradutor: Lígia Azevedo

Páginas: 328

Editora: Paralela

Blythe Connor está decidida a ser a mãe perfeita, calorosa e acolhedora que nunca teve. Porém, no começo exaustivo da maternidade, ela descobre que sua filha Violet não se comporta como a maioria das crianças. Ou ela estaria imaginando? Seu marido Fox está certo de que é tudo fruto do cansaço e que essa é apenas uma fase difícil.

Conforme seus medos são ignorados, Blythe começa a duvidar da própria sanidade. Mas quando nasce Sam, o segundo filho do casal, a experiência de Blythe é completamente diferente, e até Violet parece se dar bem com o irmãozinho. Bem no momento em que a vida parecia estar finalmente se ajustando, um grave acidente faz tudo sair dos trilhos, e Blythe é obrigada a confrontar a verdade.

Neste eletrizante romance de estreia, Ashley Audrain escreve com maestria sobre o que os laços de família escondem e os dilemas invisíveis da maternidade, nos convidando a refletir: até onde precisamos ir para questionar aquilo em que acreditamos? (Fonte)

Continue lendo…




Resenha: Pachinko

Ficha técnica:

Nome: Pachinko

Autor: Min Jin Lee

Tradutor: Marina Vargas

Páginas: 528

Editora: Intrínseca

No início dos anos 1900, a adolescente Sunja, filha adorada de um pescador aleijado, apaixona-se perdidamente por um rico forasteiro na costa perto de sua casa, na Coreia. Esse homem promete o mundo a ela, mas, quando descobre que está grávida ― e que seu amado é casado ―, Sunja se recusa a ser comprada. Em vez disso, aceita o pedido de casamento de um homem gentil e doente, um pastor que está de passagem pelo vilarejo, rumo ao Japão. A decisão de abandonar o lar e rejeitar o poderoso pai de seu filho dá início a uma saga dramática que se desdobrará ao longo de gerações por quase cem anos.

Neste romance movido pelas batalhas enfrentadas por imigrantes, os salões de pachinko ― o jogo de caça-níqueis onipresente em todo o Japão ― são o ponto de convergência das preocupações centrais da história: identidade, pátria e pertencimento. Para a população coreana no Japão, discriminada e excluída — como Sunja e seus descendentes —, os salões são o principal meio de conseguir trabalho e tentar acumular algum dinheiro.

Uma grande história de amor, Pachinko é também um tributo aos sacrifícios, à ambição e à lealdade de milhares de estrangeiros desterrados. Das movimentadas ruas dos mercados aos corredores das mais prestigiadas universidades do Japão, passando pelos salões de aposta do submundo do crime, os personagens complexos e passionais deste livro sobrevivem e tentam prosperar, indiferentes ao grande arco da história.

Continue lendo…

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...