Arquivo para a categoria ‘ Resenhas ’


Resenha: Nudez Mortal

Eu vivo falando dessa autora aqui no blog: já fiz um Meu autor de cabeceira com ela e sempre a menciono nos Top Ten Tuesday. Mas eu ainda não fiz a resenha de nenhum livro dela! Para corrigir esse “erro”, hoje irei falar sobre a série da Nora Roberts que eu mais amo: a Série Mortal. Para ser mais correta, eu deveria falar que os livros são de autoria de J.D.Robb. Mas esse é só um pseudônimo, então está tudo certo!

Antes de falar de Nudez Mortal, irei comentar um pouco sobre a série como um todo. Isso porque quando eu falo sobre ela, sempre me fazem diversas perguntas. Então vamos lá:

Mas essa série é infinita! Quantos livros já foram lançados mesmo? Quando ela termina? Como eu vou ler isso tudo?




Resenha: O Castelo Animado

Recentemente eu falei da autora Diana Wynne Jones e suas obras e hoje eu quero falar sobre o livro que me fez descobrir essa autora e me encantou muito.

Sinopse: A jovem Sophie é surpreendida pela perversa Bruxa das Terras Desoladas enquanto trabalha, entediada, na chapelaria da família. Por motivos que ela desconhece, a Bruxa, a transforma numa velha de 90 anos, e Sophie não vê outra saída senão fugir para evitar a dor de não ser reconhecida por suas irmãs. Vagando sem rumo, a “jovem senhora” acaba na porta dos fundos do castelo do terrível Mago Howl, conhecido por devorar o coração das moças do povoado. (Fonte)

Sophie Hatter é a irmã mais velha de três irmãs e não vê perspectiva para seu futuro (ela acredita que os filhos mais velhos são destinados ao fracasso), por isso, resignada, ela cuida do destino de suas duas irmãs mais novas, a linda Lettie e a esperta Martha. Quando seu pai morre, sua madrasta Fanny encaminha as duas garotas mais novas para tutores, para que aprendam uma profissão, enquanto Sophie permaneceria como sua assistente na chapelaria.

A vida de Sophie começava a ficar tediosa e ela se sentia explorada em seu serviço. Até que um dia, a Bruxa das Terras Desoladas aparece e lança uma maldição em Sophie que a transforma em uma velha de 90 anos. A maldição também impede que Sophie fale sobre ela e então ela decide sair de casa sem destino.

Continue lendo…




Resenha: A cidade do sol

“Mariam tem 33 anos. Sua mãe morreu quando ela tinha 15 anos e Jalil, o homem que deveria ser seu pai, a deu em casamento a Rashid, um sapateiro de 45 anos. Ela sempre soube que seu destino era servir seu marido e dar-lhe muitos filhos. Mas as pessoas não controlam seus destinos. Laila tem 14 anos. É filha de um professor que sempre lhe diz: “Você pode ser tudo o que quiser.” Ela vai à escola todos os dias, é considerada uma das melhores alunas do colégio e sempre soube que seu destino era muito maior do que casar e ter filhos. Mas as pessoas não controlam seus destinos. Confrontadas pela história, o que parecia impossível acontece: Mariam e Laila se encontram, absolutamente sós. E a partir desse momento, embora a história continue a decidir os destinos, uma outra história começa a ser contada, aquela que ensina que todos nós fazemos parte do “todo humano”, somos iguais na diferença, com nossos pensamentos, sentimentos e mistérios.” Fonte.

Quando peguei esse livro para ler, ano passado, emprestado por uma amiga, nem sabia do que se tratava, apenas que o autor era o mesmo de “O Caçador de Pipas”, que era famoso, mas eu também não tinha lido. Minha amiga apenas disse que era lindo e tocante, e que eu iria gostar. Mal sabia que além de gostar, lembraria para sempre desse livro.

“De todas as dificuldades que uma pessoa tem de enfrentar, a mais sofrida é, sem dúvida, o simples ato de esperar.”




Resenha: Espera, Maggie Stiefvater

Atenção: Espera é o segundo livro da série “Os lobos de Mercy Falls”, de Maggie Stievfater. Portanto, essa resenha contém spoilers do primeiro livro, Calafrio. Vocês podem ler a resenha do primeiro livro aqui.

“Essa é a história de um garoto que costumava ser um lobo e de uma garota que estava se tornando um”.
Essa frase, retirada do próprio livro, resume basicamente como a história começa. Após os eventos de Calafrio (e aqui eu vou tentar não dizer muitos spoilers), Sam está vivendo sem o temor de no inverno se transformar em lobo. E o melhor de tudo: ao lado de Grace, a garota que ele ama. Mas, nem tudo são flores: Grace começa a apresentar certos sintomas estranhos. Ela está cada vez mais debilitada e tenta ignorar isso. E ela não pode fazer nada a não ser esperar…

Tem certas situações, que só podemos esperar…




Resenha: The Fine Art of Truth or Dare

Verdade: Ella Marino estuda arte antiga e Alex Bainbridge.

Verdade: Do topo da sociedade, Alex não vê Ella de maneira alguma.

Verdade: A garota de South Philly nunca ganha o garoto de Society Hill.

Desafio: Nunca diga nunca.

Após passar quase dois meses em uma seca literária como nunca tinha vivido, não resisti à um romance adolescente bonitinho como The Fine Art of Truth or Dare parecia ser, e levei o livro de Melissa Jensen para casa. A história inteira gira em torno de um dos maiores clichês da ficção: a garota pobre que é apaixonada pelo garoto rico. Embora eu não seja uma grande fã de histórias assim, confesso que The Fine Art of Truth or Dare me conquistou nos detalhes.

“Love is one of two things worth dying for. I have yet to decide on the second.”

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...



Página 131 de 147« Primeira...102030...129130131132133...140...Última »