Arquivo para a categoria ‘ Resenhas ’


Resenha: O Retrato de Dorian Gray, Oscar Wilde

Primeiramente: Oi, sou a Nivia! ^^ Leio desde pequena, e por não ter boa memória para títulos, acabei me esquecendo boa parte dos nomes dos livros que li até os 12 anos – porém isso não será um problema por aqui, ando melhor nesse quesito!

Acho importante ressaltar também que costumo ler apenas nas férias, por causa da faculdade. A área de exatas não dá muita liberdade para a minha mente descansar na literatura!

Tenho preferência por livros mais antigos, como a Lucy. Contudo, acompanho as novidades e as leio também. Isso só para preveni-los sobre a quantidade de mofo que pode surgir enquanto eu escrever.

Vamos começar por um livro que terminei por esses dias: “O Retrato de Dorian Gray”, de Oscar Wilde.

Continue lendo…




Resenha: Stardust (filme e livro), Neil Gaiman

Oii!! Eu sou a Lain, a mais desnaturada do bando aqui, hahaha. Não leio muitos livros, e ultimamente nenhum, além dos meus mangás e meus livros que estão meio-lidos. Mas, eu li alguns e acho que tenho o gosto mais peculiar (?).

Vou fazer uma resenha do livro Stardust, de Neil Gaiman, e já aproveito e falo da adaptação cinematográfica.

A ordem: eu vi o filme antes de ler o livro. Não aconselho, mas foi isso que aconteceu comigo. E eu prefiro o filme (alguém vai me bater?).

Continue lendo…




Resenha: Harry Potter – Magia do Cinema

Olááá,

Primeiro, gostaria de dizer que eu estou MUITO feliz já que eu consegui completar a minha meta e ler 50 livros nesse ano (eu editei a minha lista adicionando os dois livros que eu acabei de ler). E agora eu vou resenhar o livro “Harry Potter – Magia do Cinema”. Escolhi falar desse livro porque eu não iria comprar e imagino que muitas pessoas possuam essa mesma dúvida. Comprar ou não?

(Moony, Wormtail, Padfoot and Prongs are proud to present the Marauder´s Map!)




Resenha: Alma de Fogo, Mário Teixeira

Olá, eu sou a Michele. Ou a Caileach. Depende do estado de espírito. Eu leio muito. Sempre li, desde criança. Leitura para mim sempre é sinônimo de prazer. Infelizmente já não tenho o mesmo tempo que outrora tive para desfrutar de páginas e mais páginas. Mas a gente vai tentando.
Eu leio de tudo, de literatura de massa aos clássicos; de infanto-juvenil ao existencialismo. Tenho uma certa preferência pessoal por fantasia, mas isso não me impede de ler outras obras.
Sou professora de literatura infanto juvenil e sempre defendi para meus alunos que um bom professor deve ler o que os alunos leem. É necessário estar por dentro das leituras deles e não simplesmente indicar qualquer obra baseado em uma simples resenha. Leu a resenha? Gostou? Então cria vergonha na cara e vai ler o livro também, né? Afinal, se tu não leu, se tu não sabe do que está falando, como vai argumentar, defender ou criticar determinada obra, não é mesmo? Continue lendo…




Resenha: O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá, Jorge Amado

Olá, eu sou a Lucy! =^.^=
Sou conhecida por gostar de spoilers, mas eu resistirei à tentação de contar qualquer coisa que estrague a leitura aqui. rsrs

Acho interessante informar que os livros que eu provavelmente venha a resenhar não são tão atuais, mas sinceramente, isso não é importante. O importante são as histórias, não? Então vamos a elas.

Acabei de ler a poucas horas “O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá”, de Jorge Amado. Essa fábula foi escrita em 1948, quando o autor morava em Paris com a família, e ele a deu de presente a seu filho, João Jorge. Porém, embora João Jorge conhecesse a fábula, contada pelo pai, ele só encontrou o manuscrito em 1976 e pediu para o artista plástico Carybé ilustrá-la. Ao mostrar a obra datilografada e ilustrada para Jorge Amado, ele decidiu publicá-la nesse mesmo ano.

Primeiramente, eu quero abrir um parêntese e dizer que eu sempre tive curiosidade de ler esse livro por causa de uma parte que foi extraída dele e inserida em um dos livros didáticos do meu primário (atual Ensino Fundamental), provavelmente para uma lição de interpretação de texto, e também porque há algum tempo a estória foi adaptada para o teatro e eu sempre me ressenti por não ter assistido (nem sei se está em cartaz ainda, vou pesquisar rsrs).

Continue lendo…

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...



Página 151 de 152« Primeira...102030...148149150151152