Arquivo para a categoria ‘ Resenhas ’


Resenha: Winter Garden, Kristin Hannah

Minha primeira experiência com Kristin HannahFirefly Lane – foi uma relação meio de amor e ódio. Comecei a ler mas larguei o livro nas primeiras páginas porque a mudança de narradores me irritou profundamente. Mas teimosa que sou, o simples fato de não ter apreciado a condução do começo da história não me impediu de pegar o livro novamente, e quando cheguei ao final minhas lágrimas e soluços não permitiram meu arrependimento. Eu sabia que Ms. Hannah entraria na minha lista de autores que eu sempre leria alguma coisa. E eis que ano passado ela lançou seu mais novo romance, Winter Garden.

Words Matter




Resenha: A Pirâmide Vermelha

Sabem aquele sentimento que desperta em nós quando olhamos para a capa de um livro ou lemos sua sinopse, aquele instinto que nos diz se devemos ou não ler aquela obra? Pois bem, eu deveria ter dado ouvidos ao meu em se tratando de A Pirâmide Vermelha e ter ficado longe da série dos deuses egípcios escrita por Rick Riordan.

Leia Mais




Resenha: Catching Fire, Suzanne Collins

Quando li a resenha de Jogos Vorazes feita pela Lany, eu imediatamente pensei que teria que ler aquele livro o mais rápido possível. E rápido eu o fiz: comecei a leitura às 10 da noite e só consegui fechar o livro às 3:30 da manhã, quando eu já havia terminado. Ri, chorei, gritei, roí as unhas e no dia seguinte encomendei os outros dois volumes da série, Catching Fire e Mockingjay, ambos ainda sem tradução no Brasil. Essa resenha contém spoilers de Jogos Vorazes, portanto se você ainda não leu o livro (como assim? Está esperando o quê?!?) e não quer saber spoilers, não clique no link abaixo.

Katniss, it’s no use pretending we don’t know what the other one is trying to do.




Resenha: Persuasão, Jane Austen

Capa da Editora Martin Claret

Este é o terceiro livro de Jane Austen que eu leio. Orgulho e Preconceito foi o primeiro e eu o li em inglês (depois consegui reler em português, o que sempre ajuda na hora daquelas palavrinhas mais difícieis no original rsrs), seguido por Razão e Sensibilidade.

Sobre os dois primeiros, preferi Orgulho e Preconceito, achei Razão e Sensibilidade mais lento e extenso nos acontecimentos e fiquei com medo de que os outros fossem assim, então peguei Persuasão.

Sinopse: O enredo deste empolgante livro gira em torno dos amores de Anne Elliot que se apaixonara pelo pobre, mas ambicioso jovem oficial da marinha, capitão Frederick Wentworth. A família de Anne não concorda com essa relação e a convence romper seu relacionamento amoroso. Anos após Anne reencontra Frederick, agora cortejando sua amiga e vizinha, Louisa Musgrove. (…).  (Fonte: Skoob)

Quando comecei a ler Persuasão, eu logo simpatizei com a história. Não sei se porque me identifiquei com a Anne, ou se porque odiei o descaso que a família lhe dá.

Continue lendo…




O Pequeno Príncipe

O Pequeno Príncipe. Um livro considerado infantil, mas que contém lições que todo adulto deveria se lembrar de vez em quando. Um livro emocionante e de fácil leitura, simples o suficiente para ser terminado em questão de uma ou duas horas ininterruptas. Um livro que se você ainda não leu, deveria.

O Pequeno Príncipe é de autoria de Antoine de Saint-Exupéry, escritor e aviador francês nascido em 1900 e que veio a falecer em 1944, quando seu avião desapareceu (um corpo foi encontrado perto do local onde acredita-se que ele tenha caído, e mais recentemente pedaços do avião e também uma pulseira com o nome dele também foram achados, mas até hoje não foi confirmado se o corpo é realmente de Saint-Exupéry, embora isso seja muito provável).

Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...



Página 160 de 163« Primeira...102030...158159160161162...Última »