Arquivo para a categoria ‘ Resenhas ’


Resenha Dupla: O Livro do Silêncio

No último Encontro de Blogs de Letras fomos agraciados com a presença de P. J. Pereira, autor da trilogia Deuses de Dois Mundos. (Tive que trabalhar e não pude ir! Buááááá!) Eu achei que ele faria apenas uma apresentação de seu novo lançamento (o terceiro livro da trilogia) – o que de fato ele fez, além do bate-papo super descontraído sobre o desenvolvimento da história. Mas qual não foi a surpresa ao ver que os presentes acabaram ganhando os três exemplares?

Assim que possível, eu comecei a leitura e tem um tempinho que já acabei, mas faltou eu resenhar (como sempre). A Drika também já tinha lido e hoje vamos falar o que achamos da história. Meu texto será em azul e o da Drika será em lilás.

DEUSES_DE_DOIS_MUNDOS__O_LIVRO_DO_SILENSinopse: Na África ancestral, Orunmilá, o maior adivinho de todos os tempos, não entende por que seus instrumentos se calaram. Nos dias atuais, um jovem jornalista se aventura pelas ruas de São Paulo, tentando fugir de uma missão que não deveria ser sua. No primeiro livro da série Deuses de dois mundos, Ogum, Xangô, Oxóssi e Oxum se unem a gente do nosso tempo para resgatar os 16 príncipes do destino, numa narrativa que preserva toda a sensualidade e violência original dos mitos africanos dos orixás. Fonte

Continue lendo…




Resenha: Beleza Perdida

BELEZA_PERDIDABeleza Perdida – Ambrose Young é lindo — alto e musculoso, com cabelos que chegam aos ombros e olhos penetrantes. O tipo de beleza que poderia figurar na capa de um romance, e Fern Taylor saberia, pois devora esse tipo de livro desde os treze anos. Mas, por ele ser tão bonito, Fern nunca imaginou que poderia ter Ambrose… até tudo na vida dele mudar.

Beleza perdida é a história de uma cidadezinha onde cinco jovens vão para a guerra e apenas um retorna. É uma história sobre perdas — perda coletiva, perda individual, perda da beleza, perda de vidas, perda de identidade, mas também ganhos incalculáveis. É um conto sobre o amor inabalável de uma garota por um guerreiro ferido.

Este é um livro profundo e emocionante sobre a amizade que supera a tristeza, sobre o heroísmo que desafia as definições comuns, além de uma releitura moderna de A Bela e a Fera, que nos faz descobrir que há tanto beleza quanto ferocidade em todos nós. Fonte

Continue lendo…




Resenha: João e Maria

JOAO_E_MARIASinopse: O prestigiado escritor Neil Gaiman e o brilhante ilustrador Lorenzo Mattotti se encontram para recontar o clássico João e Maria. Familiar como um sonho e perturbador como um pesadelo, o conto narra a saga de dois irmãos que, em tempos de crise e falta de esperança, são abandonados pelos próprios pais e precisam enfrentar com coragem os perigos de uma floresta sombria.
Em um texto poético, Gaiman revive a tradição dos contos de fada, dando profundidade à aventura dos irmãos, mas sem abandonar a autenticidade e o talento único de mesclar realismo e fantasia que o transformaram em um dos maiores autores de sua geração. Mattotti, por sua vez, dá um ar inteiramente novo ao clássico. Seus traços criam um jogo de luz e sombra, permitindo que o leitor desvende aos poucos a imagem, assim como os segredos da história de João e Maria. Fonte

Essa resenha contém spoilers. Com certeza você já leu ou pelo menos já ouviu falar da história, mas vai que não quer saber dos pormenores, então fica o aviso.

Continue lendo…




Resenha: Percy Jackson e os Deuses Gregos

PJ deuses gregos“Quem melhor do que Percy Jackson para contar as histórias originais dos loucos e fascinantes deuses do Olimpo? Com vocês, a mitologia apresentada por quem a vive todos os dias.

Um editor de Nova York pediu que eu escrevesse o que sei sobre os deuses gregos, e fiquei pensando:”Pode ser anonimamente? Porque não estou a fim de despertar a ira dos olimpianos de novo”. Mas, se assim eu estiver ajudando vocês a conhecer os deuses gregos e a sobreviver caso algum dia eles apareçam na sua frente, então acho que escrever isso tudo vai ser minha boa ação da semana.

Em Percy Jackson e os deuses gregos, o filho de Poseidon brinda os leitores com humor e tiradas sarcásticas ao contar sua visão pessoal da clássica mitologia grega. Não importa se você é iniciante ou profundo conhecedor do assunto, este livro vai fazer a história antiga ficar tão divertida que vai ser impossível deixá-lo de lado.”

Eu nem sei como fazer essa resenha de Percy Jackson e os Deuses Gregos, porque eu só queria escrever aqui “O QUE VOCÊS ESTÃO ESPERANDO? COMPREM LOGO!”. E FIM. Esse é um dos livros mais LINDOS que eu já toquei até hoje. Sério, eu fiquei vários minutos o admirando quando ele chegou aqui em casa. Ele é bem pesado (ele é capa dura e bem maior do que um livro normal), mas mesmo assim eu queria sair dançando com ele.

Continue lendo…




Resenha: Quarto

Sabe quando você não consegue fazer mais nada a não ser ler aquele livro? Foi o que aconteceu com Quarto, de Emma Donoghue. O livro é uma edição da Verus de 2011, que finalmente consegui em uma troca no Skoob (estava namorando a obra há tempos). Comecei a leitura no sábado, continuei no domingo e hoje não sosseguei enquanto não terminei; devorei mais de 200 páginas num dia até terminar. Com uma narração original (e genial), personagens excepcionais e sensíveis e uma trama que se divide entre a tensão e o drama, Quarto é, certamente, um livro que você deve parar tudo o que está fazendo e ler agora mesmo.

quarto“Para Jack, um esperto menino de 5 anos, o quarto é o único mundo que conhece. É onde ele nasceu e cresceu, e onde vive com sua mãe, enquanto eles aprendem, leem, comem, dormem e brincam. À noite, sua mãe o fecha em segurança no guarda-roupa, onde ele deve estar dormindo quando o velho Nick vem visitá-la.

O quarto é a casa de Jack, mas, para sua mãe, é a prisão onde o velho Nick a mantém há sete anos. Com determinação, criatividade e um imenso amor maternal, a mãe criou ali uma vida para Jack. Mas ela sabe que isso não é suficiente, para nenhum dos dois. Então, ela elabora um ousado plano de fuga, que conta com a bravura de seu filho e com uma boa dose de sorte. O que ela não percebe, porém, é como está despreparada para fazer o plano funcionar.” Fonte

Quando eu tinha quatro anos, não sabia do mundo, achava que era tudo história.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...



Página 30 de 148« Primeira...1020...2829303132...405060...Última »