Arquivo para a categoria ‘ Séries ’


Resenha: Meu

MEUSinopse: Agora, com a distância e a escuridão entre eles, a única coisa que resta para Brooke é lutar pelo amor do homem que ela chama de “meu”. Na série best-seller REAL, o irrefreável lutador bad boy Remington Tate finalmente encontrou a maior razão pela qual lutar em sua vida, Brooke Dumas. Contratada para mantê-lo em perfeitas condições físicas, a jovem fisioterapeuta conseguiu desencadear um desejo primitivo tão vital em Remington quanto o ar que ele respira… “Remy” simplesmente já não pode viver sem ela. Brooke jamais imaginou que iria se apaixonar tão perdidamente por um homem, e mais, nunca sonhou que ele seria nada menos que a fonte de desejo de toda mulher. Quando tudo parecia caminhar para uma felicidade genuína, Brooke acaba sendo arrancada para longe dos arredores do ringue. Uma perigosa ameaça está à espreita, pronta para derrotar o “Arrebentador” e arrasar tudo em seu caminho no momento em que eles mais precisam um do outro. Mas será que uma última revelação surpreendente conseguirá mudar para sempre o destino desse intenso amor? Fonte

Continue lendo…




A Cuca Recomenda: Ela disse, Ele disse – O namoro

Tenho uma confissão a fazer: comprei esse livro só por causa da Turma da Mônica. Desculpa, é verdade! É claro que rolou um pensamento “eba, vou conhecer a escrita da Thalita Rebouças!”, mas vou ser bem sincera, se não tivesse a Turma da Mônica no livro eu não compraria. Motivo? Não faz parte da minha zona de conforto. É um romance e muito, muito jovem. No entanto, fiquei surpresa em como gostei do livro e como ele me divertiu! É viciante e tão delicinha que dá pra ler num piscar de olhos, numa única tarde de verão.

“Um dos grandes sucessos de Thalita Rebouças, Ela disse, ele disse ganha continuação, com a participação mais que especial de Mauricio de Sousa e sua Turma da Mônica Jovem. Em Ela disse, ele disse – O namoro, Leo e Rosa, que se conheceram e se apaixonaram no primeiro livro, estão namorando. E continuam descobrindo as delícias e agruras da vida a dois. Entremeando as vozes dos protagonistas com cenas ilustradas, a história de Leo e Rosa é acompanhada por ninguém menos que Mônica, Cebola, Cascão e Magali, que estão lendo o livro de Thalita.” Fonte

Porque tem gente que é legal na vida e no Face, tem gente que é legal no Face e chata na vida e gente que é legal na vida e chata no Face.




Resenha: As Crianças Trocadas – A Guerra dos Fae 1

AS_CRIANCAS_TROCADASSinopse: Jayne Sparks, rebelde e língua afiada de dezessete anos e seu melhor amigo, tímido e estudioso Tony Green tem uma existência muito típica de escola secundária, até que vários incidentes aparentemente não relacionados convergem, causando uma cascata de eventos que mudam suas vidas para sempre. Jayne e Tony, junto com um grupo de adolescentes em fuga, são sequestrados e enviados para uma floresta, onde nada e ninguém são o que parecem. Quem sairá triunfante? E o que eles serão quando o fizerem? Fonte

Continue lendo…




Resenha: A Quase Honrosa Liga de Piratas – O Terror das Terras do Sul

A série infanto-juvenil Quase Honrosa Liga de Piratas começou com o livro O tesouro da Encantadora, um livro que eu já tinha gostado e muito. Mas, diferente da maioria das séries que são acometidas pela temida “maldição do segundo livro”, o novo volume, O Terror das Terras do Sul consegue ser ainda melhor e mais encantador que o primeiro. Com um narrativa ágil e deliciosa, Caroline Carlson conduz crianças (e adultos também!) em mais uma aventura cheia de magia, mistério e humor.

Obs.: essa resenha pode conter spoilers do primeiro volume, O tesouro da Encantadora. Leia a resenha.

“Em ‘O tesouro da Encantadora’, Hilary viveu grandes peripécias em alto – mar até encontrar o maior tesouro do reino, desaparecido havia muito tempo, e sua dona, a Encantadora das Terras do Norte. Como recompensa, recebeu um certificado de filiação à ‘Quase Honrosa Liga de Piratas’ e o título de ‘Terror das Terras do Sul’. Neste novo volume da série, a Encantadora voltou ao seu posto, e Hilary acompanha a redistribuição dos objetos mágicos pelo reino. Mas o presidente da QHLP não está satisfeito – Hilary precisa se envolver numa atividade verdadeiramente pirática logo, como matar um monstro marinho ou derrotar um líder pirata num duelo, senão perderá seu título – e sua filiação à Liga. Antes que consiga recuperar sua reputação, a garota fica chocada ao descobrir que a Encantadora foi sequestrada. Contrariando as ordens do presidente da Liga, Hilary se junta à gárgula e a seus amigos para investigar o caso, ainda que resgatar Encantadoras não esteja na lista de atividades próprias a um pirata.” Fonte

Ficar cara a cara com seu pai era outro tipo de batalha, e Hilary não tinha certeza se saberia como vencer.




Resenha: A Herdeira das Sombras

O segundo livro da Trilogia das Joias Negras prometia. O livro anterior, A Filha do Sangue, me conquistou por sua escrita instigante, personagens complexos e uma trama que se divide entre o sombrio e o sensual. Mas, apesar de continuar mantendo esses elementos, A Herdeira das Sombras pecou ao ser um livro prolixo demais, que se perde em cenas que pretendem evoluir os personagens – e muitas vezes o fazem – mas na maioria do tempo apenas são pura enrolação.

“Há 700 anos, num mundo governado por mulheres e onde os homens são meros súditos, uma profetisa viu na sua teia de sonhos e visões a chegada de uma poderosa Rainha. Jaenelle é essa Rainha. Mas mesmo a proteção dos Senhores da Guerra não impediu que os seus inimigos quase a destruíssem. Agora é necessário protegê-la até as últimas consequências.” Fonte

Essa resenha tem spoilers do livro anterior, A Filha do Sangue. Leia a resenha.

E o Sangue há de cantar ao Sangue.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...