Arquivo para a categoria ‘ Terça Livre ’


Terça Livre: A comunidade tóxica do GTA Online

Faz tempo que eu não venho aqui numa Terça Livre falar com vocês. Bem, só posso dizer que a vida está acontecendo, o desânimo está batendo e o final de ano está chegando. Desculpas? Sim. Então por isso hoje resolvi botar vergonha na cara e escrever alguma coisa. E por que não falar de games?

Continue lendo…




Terça Livre: Melhoras leituras de 2018

Ah, Dezembro está quase aí… O sentimento de nostalgia começa e nós nos lembramos dos melhores (ou piores) momentos de 2018. Vou deixar os sentimentos negativos de lado e por isso vou listar somente as minhas melhores leituras desse ano. Quem sabe eu não dou algumas ideias para vocês de presente de Natal? Essa lista não está em ordem de preferência, e sim na ordem de leitura, porque eu sempre acho isso muito difícil de ser feito.

Continue lendo…




Terça livre: Aprendendo novas línguas

Novembro está aí e com isso “JÁ É NATAL NA LEADER MAGAZIIINE” (não sei se tem essa loja em todos os estados mas quem é do Rio entendeu rs). O que isso significa? Que nós começamos a fazer vários planos para o ano seguinte, que podem ser os mais diferentes possíveis. Algumas pessoas podem pensar “Opa, vou começar a aprender uma língua nova”. Mas aí vem várias coisas para puxar a pessoa para trás. “Eu não tenho dinheiro!”, “Fulano disse que eu tenho que fazer intercâmbio para realmente aprender”, “Será que eu vou conseguir?”. Eu mesma escutei várias vezes essa conversa de intercâmbio, que não adiantava nada você aprender uma língua se você não saísse do país. Eu aprendi duas línguas de formas diferentes… E vou contar um pouquinho da minha experiência para vocês.

É importante ressaltar: essas foram as minhas experiências! É claro que com outras pessoas podem ter acontecido nada disso, porém eu resolvi falar sobre esse tema exatamente para quebrar um pouco esse paradigma e mostrar que toda experiência tem os seus pontos positivos e negativos.

Continue lendo…




Terça Livre: Como me apaixonei por Doramas

Sabe, desde criança eu gostei de animes e assistia muitos Super Sentais nos anos 80 (sim, eu sou dos anos 80). Para quem não sabe, Super Sentai são séries voltadas para o público infanto-juvenil, em que sempre tem uma galera fantasiada e uma luta com robô gigante no final dos episódios. Tipo Power Rangers, mas estou falando dos super sentais raiz, como Changeman, Jiraya, Flashman, Jaspion, e por aí vai (trauma por não ter conseguido assistir o último episódio de Changeman até hoje).

Enfim, depois cresci, apurei mais o gosto por animes e ainda hoje eu vejo um aqui outro ali, embora não seja mais tão viciada (fiquei procurando por muito tempo Full Metal Alchemist e agora que ele está no Netflix, cadê que assisto?). Coleciono alguns títulos de mangás e talz…

E já tem quase três anos que simplesmente me apaixonei por Doramas.

Continue lendo…




Terça Livre: Netflix e reality shows de culinária

Quando estamos passando por um momento complicado, uma forma de conseguirmos lidar com isso é procurando fazer algo que nós amamos. Eu sei que esse mês está bem difícil para várias pessoas e por isso eu gostaria de começar essa Terça Livre dizendo algo que eu aprendi com o tempo. Não escutem as pessoas dizendo que você tem que agir da forma X, Y ou Z. Você tem que fazer o que te faz bem: é isso o que importa. Então se você quiser fazer a limpa nas redes sociais, faça; se você quiser fugir do mundo e só assistir filmes românticos, ótimo; se você quer dançar na chuva, filme e me mande porque eu adoro vídeos de dança (só tome uma vitamina C e um chá depois, tá? A saúde do corpo também é importante!).

Bom, voltando: é claro que eu amo ler, mas esse não é o meu único hobby. No ano passado eu descobri uma nova paixão: reality shows de culinária. Eu comecei assistindo Bake Off Brasil e depois fui também para o Masterchef (não gosto tanto quanto o primeiro mas também assisto). Já assisti alguns do GNT, mas não quis entrar nesse buraco negro porque lá uma grande parte do dia é culinária e eu estou com medo de nunca mais sair. Vocês devem estar pensando “Nossa, ela deve amar cozinhar”. Pfft, que nada! Eu consigo me virar na cozinha, mas meu negócio mesmo é comer hahaha! Mas o conhecimento, mesmo sem a prática, é tudo nessa vida: consegui fazer um macarrão um dia desses nota 1.000 com os conselhos do Masterchef. Estou aqui desviando do assunto novamente porque as minhas aventuras culinárias não é o tópico desse Terça Livre.

Eu não quis entrar no buraco negro do GNT, mas acabei entrando em outro buraco negro: o da Netflix. Quando eu descobri que tinham vários reality shows de culinária lá, fiquei maluca querendo assistir todos aos mesmo tempo! Bom, como eu comecei no mês passado, não consegui assistir todos, mas vim aqui dar algumas dicas daqueles que eu já assisti.

Continue lendo…

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...