Arquivo para a categoria ‘ YA ’


Resenha: O beijo traiçoeiro

“Com sua língua afiada e seu temperamento rebelde, Sage Fowler está longe de ser considerada uma dama — e não dá a mínima para isso. Depois de ser julgada inapta para o casamento, Sage acaba se tornando aprendiz de casamenteira e logo recebe uma tarefa importante: acompanhar a comitiva de jovens damas da nobreza a caminho do Concordium, um evento na capital do reino, onde uniões entre grandes famílias são firmadas. Para formar bons pares, Sage anota em um livro tudo o que consegue descobrir sobre as garotas e seus pretendentes — inclusive os oficiais de alta patente encarregados de proteger o grupo durante essa longa jornada. Conforme a escolta militar percebe uma conspiração se formando, Sage é recrutada por um belo soldado para conseguir informações. Quanto mais descobre em sua espionagem, mais ela se envolve numa teia de disfarces, intrigas e identidades secretas. E, com o destino do reino em jogo, a última coisa que esperava era viver um romance de tirar o fôlego.”

Logo quando eu fiquei sabendo sobre “O beijo traiçoeiro”, eu fiquei muito curiosa. Jane Austen com espionagem? Oh, isso muito me interessa! Só que, infelizmente, o livro não correspondeu a todas as minhas expectativas, principalmente quanto ao enredo…

Continue lendo…




Resenha: Tash e Tolstói

Tash e TolstóiNatasha Zelenka é apaixonada por filmes antigos, livros clássicos e pelo escritor russo Liev Tolstói. Tanto que Famílias Infelizes, a websérie que a garota produz no YouTube com Jack, sua melhor amiga, é uma adaptação moderna de Anna Kariênina. Quando o canal viraliza da noite para o dia, a súbita fama rende milhares de seguidores e, para surpresa de todos, uma indicação à Tuba Dourada, o Oscar das webséries. Esse evento é a grande chance de Tash conhecer pessoalmente Thom, um youtuber de quem sempre foi a fim. Agora, só falta criar coragem para contar a ele que é uma assexual romântica ou seja, ela se interessa romanticamente por garotos, mas não sente atração sexual por eles. O que Tash mais gostaria de saber é- o que Tolstói faria? Fonte

Continue lendo…




Resenha: Fraude Legítima

“Jule West Williams é uma garota capaz de se adaptar a qualquer lugar ou situação. Imogen Sokoloff é uma herdeira milionária fugindo de suas responsabilidades. Além do fato de serem órfãs, as duas garotas têm pouco em comum, mas isso não as impede de desenvolver uma amizade intensa quando se reencontram anos depois de terem se conhecido no colégio. Elas passam os dias em meio a luxo e privilégios, até que uma série de eventos estranhos começa a tomar curso, culminando no trágico suicídio de Imogen e forçando Jule a descobrir como viver sem sua melhor amiga. Mas, talvez, as histórias das duas garotas tenham se unido de maneira inexorável — e seja tarde demais para voltar atrás”

Estou aqui, sentada na frente do meu computador, pensando em como eu vou fazer a resenha de Fraude Legítima. A sensação que eu tenho é que qualquer coisa que eu falar vai ser um grade spoiler – ou seja, não tem muito como fugir do que está escrito na sinopse do livro. Eu vou tentar portanto descrever mais as minhas emoções durante a leitura, porque eu realmente não quero estragar o enredo.

Eu fiquei curiosa em ler Fraude Legítima por causa de Mentirosos. A nossa resenha foi feita pela Karen e eu concordo com tudo o que ela disse. O final foi impactante e ele me marcou até hoje. Eu descobri o segredo um pouco antes de chegar no final e fiquei sentada na pontinha na cadeira pensando “Será que é isso mesmo? Que plot twist maravilhoso!”. E era.

Só que plot twist do plot twist foi que isso não aconteceu em Fraude Legítima.

Continue lendo…




Semana especial “Tartarugas até lá embaixo”: Outros livros do autor

Oi gente! E aí, estão acompanhando essa semana especial? Temos posts super legais com a resenha de “Tartarugas até lá embaixo”, suas personagens, falamos um pouquinho sobre TOC e outras questões, e hoje vamos falar sobre os outros livros do Sr. Verde. hehe

Bom, nem preciso dizer que o nome de John Green ficou mesmo conhecido com “A Culpa é das Estrelas” (resenha aqui). Quem nunca leu, já assistiu o filme. E quem nunca leu nem assistiu o filme, nem nunca ouviu falar… sei lá… é meio alienado. :-p Como é uma história que mexe com o sentimento das pessoas todo mundo tem algo pra contar. Tipo: “Nossa, usei um pacote de lenços inteiro no cinema”, ou então, “Nossa, não consegui parar de ler e li tudo em uma noite”, que foi meu caso. “A Culpa é das Estrelas” é na verdade o sexto livro do autor, lançado em janeiro de 2012. Em 2009 ele anunciou que estava escrevendo um livro cujo título seria The Sequel, mas o projeto foi abandonado. E segundo o próprio autor muitas partes de The Sequel foram reescritas e ajustadas para fazerem parte de “A Culpa é das Estrelas”. O livro, assim como o filme fizeram um mega sucesso. O que por um lado é ótimo! Por outro, isso gerou uma tremenda insegurança em John Green que achava que nunca mais conseguiria escrever nada à altura.

Continue lendo…




Resenha + Sorteio: O Ceifador

Dia das Bruxas chegando, que tal o sorteio de um livro young adult, porém bastante sombrio? Então vem conhecer O Ceifador, de Neal Shusterman, publicado pela Editora Seguinte! Um livro que me prendeu do início do fim com sua trama sinistra e cheia de suspense, ação e reviravoltas!

Primeiro mandamento: matarás.

A humanidade venceu todas as barreiras: fome, doenças, guerras, miséria… Até mesmo a morte. Agora os ceifadores são os únicos que podem pôr fim a uma vida, impedindo que o crescimento populacional vá além do limite e a Terra deixe de comportar a população por toda a eternidade. Citra e Rowan são adolescentes escolhidos como aprendizes de ceifador – papel que nenhum dos dois quer desempenhar. Para receberem o anel e o manto da Ceifa, os adolescentes precisam dominar a arte da coleta, ou seja, precisam aprender a matar. Porém, se falharem em sua missão ou se a cumplicidade no treinamento se tornar algo mais, podem colocar a própria vida em risco.” Fonte

Continue lendo…

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...