Especial Aconteceu naquele verão: Sobre autores

O tema de hoje da semana especial do livro “Aconteceu naquele verão” era para falarmos um pouco sobre o nosso autor favorito do livro. Resolvi não só falar sobre ela, mas também um pouco sobre os autores que eu conheço (e confesso que não são muitos) e alguns que eu fiquei curiosa. Um ponto positivo em coletâneas assim é que você acaba conhecendo novos autores (e aumentando a lista de leitura, o que pode ser algo positivo ou não… Bem, a minha já é interminável de qualquer forma!).

stephanie perkinsA autora que me fez justamente querer ler “Aconteceu naquele verão” foi a organizadora da coletânea, Stephanie Perkins. Stephanie nasceu em Carolina do Sul e é casada com seu melhor amigo Jarrod. Para quem é do fandom de Harry Potter, Jarrod é nas palavras de Stephanie, “A wizard rock star”, já que ele participava da banda Gred and Forge. Para quem não está acostumado com o termo, quando o último livro da série ainda nem tinha sido lançado, várias bandas começaram que se baseavam na série para fazer as suas músicas começaram a ser formadas. A mais famosa é a Harry and the Potters, porém existem muitas outras, como a do marido de Stephanie.

Eu a conheci com o livro “Anna e o beijo francês”, que é um romance “jovem adulto” muito fofo e que me fez apaixonar pelos seus personagens protagonistas, Anna e Étienne. Claro que o meu interesse principal foi porque ele se passa em Paris (sério, meu leitor digital já até me recomenda livro de receitas francesas por causa disso). Ele é um dos meus favoritos que se passa nessa cidade! Além de Anna, existem dois livros que se passam nesse mesmo universo, mas com protagonistas diferentes: “Lola e o garoto da casa ao lado” e “Isla e o final feliz”. Apesar de ter gostado muito dos dois, nenhum deles foi para mim igual Ana. Além de organizar “Aconteceu naquele verão”, ela também é responsável por outra coletânea, “O presente do meu grande amor” só com contos que se passam nas festas de final de ano. Para todo mundo que gosta de romances, ela é uma excelente autora, que com certeza faz o leitor ficar “awww” com as suas histórias. E o mais interessante é que os personagens são muito reais, eles erram e acertam como qualquer pessoa.

veronica rothEu já conhecia duas outras autora dessa coletânea. Uma delas é a Veronica Roth que ficou mundialmente famosa com a série Divergente (que também virou filme), uma distopia com bastante romance. Aqui no PEP quem fez as resenhas foi a Karen. Apesar de eu gostar um pouco mais dos livros do que ela, tenho que confessar que a série deixou muito a desejar. Porém o conto dela em Aconteceu naquele verão realmente me encantou, e isso me deixa esperançosa para novas obras dessa mesma autora. A outra é a Jennifer E. Smith. Eu já li “Ajennifer e. smith probabilidade estatística do amor à primeira vista” e “Ser feliz é assim”. O estilo dela é bem parecido com a Stephanie Perkins, com aqueles romances que te deixam bem “Awww”. Eu só conhecia de nome a Leigh Bardugo, por causa da triologia Grisha, e é claro que conheço a Cassandra Clare, mas essa eu prefiro não entrar muito em detalhes.

Depois que eu li Aconteceu naquele verão, eu fiquei curiosa sobre alguns autores que eu não conhecia. O meu conto favorito é de um autor que eu desconhecia, o Tim Federle. Procurando sobre ele eu descobri que ele já escreveu de tudo um pouco: livro para crianças, “jovem adulto” e até livros de receitas (sim, vocês leram certo!). E o que mais me deixou me surpresa: ele participou de musicais da Brodway! Realmente parece que Tim Federle tem vários dons! Outro autor foi Lev Grossman. mas quando eu fui pesquisar um pouco sobre ele eu achei que os livros dele já publicados não faziam muito o meu estilo…

Enfim, esse é um dos melhores pontos em ler uma coletânea de contos: conhecer novos autores (e claro, se apaixonar mais ainda pelos o que já são conhecidos…).

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  


  • Maristela G Rezende disse:

    A capa do livro é bem bonitinha. Não sou muito fã de livro de contos, mas gostaria muito de ler esse, pois os autores merecem a devida atenção e Stephaine Perkins teve muito carinho para organizar.

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem