Hora de Organizar a Estante!


Ao voltar de viagem há algumas semanas, me deparei com uma séria vontade de organizar minha casa (por “casa”, entenda-se minha mesa do laptop e estante de livros). Depois de meses e meses adquirindo livros e sem ter um lugar para guarda-los, já que minha pequena estante encontra-se abarrotada, resolvi colocar as mãos na massa e fazer uma limpeza geral!

Era assim que minha estante se encontrava – organizada por cores (algo que pretendo nunca mais repetir) e com mais da metade dos livros cuidadosamente colocados em cima de um pano no chão (eu sei, shame on me).

Alguns livros, é claro, têm seu lugar especial. É o caso da minha coleção de Harry Potter (primeira imagem) que fica no topo da estante juntamente com minhas varinhas adquiridas no parque temático, e também daqueles relacionados à Potter, que é o caso desse livro de receitas na foto acima – presente de Natal – da Female Force da JK Rowling, e Dear Mr. Potter, que ainda não consegui ler.

Ainda sem saber como proceder com relação à organização, resolvi simplesmente tirar todos os livros e amontoa-los em cima da cama. A Coco – essa coisinha linda deitada ali – não gostou muito da ideia, e foi um malabarismo colocar todos os livros ali em cima sem sufoca-la.

Resolvi então separar os livros em categorias: especiais (guias, línguas, etc), livros que já li, e livros que ainda estão na fila de leitura.

Os livros “especiais”

Livros já lidos (e alguns relidos)

Na fila para leitura

Uma das coisas que aprendi quando tentei organizar meus livros por cores, foi que é muito difícil achar algo quando não se sabe onde pode-se encontrar determinados autores e/ou séries. Por isso minha decisão dessa vez foi separar os livros por autores, e coloca-los na estante por ordem de preferência. Pensei por um tempo em organizar por ordem alfabética como nas livrarias e bibliotecas, mas minha estante é muito modesta pra isso por enquanto. Um dia, quando eu tiver uma residência fixa e puder investir em algo mais grandioso, é o que pretendo fazer.

Por isso, levando em consideração que meus livros favoritos são aqueles que já li, eu os separei por autor/série em cima da cama. E aí veio a parte mais difícil: eu não tenho espaço suficiente para manter todos aqui, e honestamente, qual o sentido em ter um livro em uma biblioteca particular se você não pretende utiliza-lo novamente? Não seria bem melhor dar uma oportunidade para que outras pessoas aproveitem aquele livro, sejam levadas para um lugar diferente daquele em que encontram-se no momento? Eu certamente acredito que sim, mas como, eu pergunto, como se desfazer de livros – mesmo livros que você não tenha gostado muito – sem sentir um aperto no coração? Me chamem de materialista, mas escolher os livros que eu não guardaria comigo foi a parte mais cruel dessa organização. Foi feito, no entanto, e o critério que utilizei foi a simples pergunta: eu me vejo relendo esse livro em algum ponto em meu futuro? Se a resposta não foi uma afirmativa imediata, o livro foi para uma nova pilha: a dos rejeitados.

Livros lidos antes do expurgo

Os sobreviventes!

Algumas boas surpresas me esperavam durante esse expurgo, como o bilhete de trem de Berlim para Amsterdã escondido dentro de Marley & Me – livro que comprei para ler durante minha viagem pra Europa; ou a frase que chamou minha atenção há alguns anos em Two or Three Things I Know for Sure, a biografia espetacular de Dorothy Allison que foi leitura obrigatória do meu curso em 2009. Embora nenhum dos dois tenha adquirido um lugar fixo na minha estante, as memórias permanecem.

Na pilha de livros ainda a serem lidos, me desfiz de poucos. Afinal, como julgar se gostamos ou não de um livro se não passarmos um tempo perdidos em suas páginas? Ainda assim, alguns se foram: presentes recebidos de pessoas que sabem apenas que gosto de ler mas que nunca se perguntaram quais gêneros; livros doados por amigos que estavam se desfazendo de sua biblioteca e que acabaram ficando encostados aqui porque eu simplesmente não tenho vontade de entrar em suas histórias. Mas esses foram poucos, e minha pilha de livros não lidos ficou assim:

O saldo final foi uma sacola cheia de livros para doar: livros novos e velhos, livros lidos algumas vezes e livros nunca antes abertos. E uma estante organizada, cheia de aventuras já vividas e aventuras esperando para acontecer!

É claro que nem todos os meus livros couberam na minha humilde estante, e por isso tive que espalha-los por outros cantos da casa. Mas como essa foi basicamente a única parte que tive tempo para organizar com calma, fica sendo a única foto.

E agora eu pergunto, queridos leitores do PEP: o que fazer com essa sacola cheia de livros? Doar à uma biblioteca? Tentar trocar pelo Skoob? Ou vocês gostariam de ver alguns desses títulos sorteados aqui no blog (lembrando que 99% dos livros estão em inglês e apesar de estarem em boas condições, já foram lidos)?

E também, qual o método que vocês utilizam quando organizam suas estantes? Não deixem de deixar suas opiniões e sugestões nos comentários!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  


  • Karen Alvares disse:

    Parceira, que post maravilhoso! Organizar a estante foi mais uma aventura, né? Eu sei o que você sentiu quando teve que separar os livros para se desfazer. Na verdade, não é por materialismo, mas cada livro traz uma lembrança, quando comprou, quando leu, quem estava conosco nesses momentos, o que fizemos… como você encontrou lembranças de viagens etc. Isso me lembrou que tenho que fazer essa mesma organização lá em casa. E eu nem tenho estante, só prateleiras… acho que é hora de investir em uma, né?
    Sobre os livros separados para doação, acho que alguns poderíamos sim sortear aqui no blog. :) Mas nem todos, outros você poderia doar… o que importa é levar novas histórias para as pessoas.

  • Melissa de Sá disse:

    Ily, que post legal! Adorei acompanhar como você organizou sua estante.

    Então, eu também acho difícil se desapegar de livros. Mas tem hora que não dá. O volume de livros começa a beirar o insuportável e se pensarmos que temos no mínimo mais 50 anos de leitura pela frente, realmente não faz sentido sairmos acumulando essas montanhas de leitura. Principalmente se pensarmos que é legal fazer as histórias circularem…

    Eu também fiz essa mesma pergunta que você quando fui me desfazer de alguns livros. Não faz sentido guardar um livro que não pretendemos reler ou simplesmente livros que não gostamos. A maioria desses livros eu troquei no skoob mas algum eu doei para bibliotecas.

    Eu acho que seria legal sortear alguns livros no blog, independente de serem em inglês. Mas eu acho bacana doar livros legais e atuais para bibliotecas (infelizmente muita gente acha que só tem que doar livro velho pra biblioteca).

    Também estou precisando fazer uma nova limpeza nos meus livros. No final do ano, quando irei me mudar, farei uma super limpeza não só na minha estante de livros mas também no meu guarda-roupa.

    :)

  • Lucy disse:

    Poxa, me desfazer de livros é complicado… dá arrepios só de pensar! O_O
    Mas eu precisava fazer isso: me desfazer de alguns e reorganizar minhas prateleiras. Já mal tenho espaço para mais livros nela! rsrs

    Adorei o post, Ily!
    Bjos bjos

  • Carolina disse:

    Oi Vania, tudo bem?
    Adorei o post. Eu geralmente faço uma geral de 6 em 6 meses, ou uma vez por ano. Apesar de não ter muitos livros aqui em casa, eu sempre vejo se tem algum que eu não vou reler de jeito nenhum e abro mão. Sempre tem um ou dois que acabam sendo doados.
    Beijos

  • Lany disse:

    Adorei o post Ily! Arrumar a estante é sempre uma aventura hahaha!
    Antes eu tinha so duas prateleiras, e ficava desesperada porque não tinha ,mais lugar para colocar livros! Por isso que quando eu me mudei, a primeira coisa que eu falei foi “Meu quarto pode ser pequeno, mas uma parede vai ter uma estante”. Paguei caro? Paguei. Mas até o cantinho atras da porta tem lugares para colocar livros, então esta otimo hahaha!
    E eu gostei muito da “limpeza” que voce fez! Quando eu voltar ao Brasil, pretendo fazer o mesmo: vou separar os livros que eu sei que não vou reler mais ou os que eu não gostei. Vai ser dificil? Vai! Mas o meu espaço para livros que eu achava que era grande ja esta ficando pequeno. Eu acho que eu preciso de uma biblioteca hahaha!
    Eu acho que voce pode selecionar alguns livros para sortear aqui e outros você poderia doar para bibliotecas e tal!
    Beijos!

  • Júlia disse:

    Aaaamazing!! haha tah parecendo o me quarto, e tem livros que ganhei há mais de um ano e não consigo achar!

  • Wesley Silva disse:

    Maravilhoso a maneira de como você organizou sua estante. Eu não tenho uma estante grande e nem uma variedade grande de livros, não cheguei nem a dez títulos. Mas eu amo minha estante (Fiz ela com caixotes de feira). Agora pretendo arrumar muito dinheiro e comprar mais, muito mais livros para minha estante ficar maior que o guarda-roupa. Ah, não sou muito fã de livros em inglês.
    Fica com Deus.

  • Malissa disse:

    conteúdo de qualidade parabens, hoje em dia está difícil, vou compartilhar e fiz questão de deixar meu comentário, obrigado!

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem