Narrativas no Por Essas Páginas: Hyperbole and a half

Quando paramos para pensar, notamos o quão mágica a internet pode ser. Aproxima amigos perdidos durante os anos, dissemina informação, torna muito mais fácil resolver uma discussão de bar e tantas coisas mais… O que acontece também, em contrapartida, é que muita coisa se perde. Em meio a tantos meme’s, piadinhas e hashtags, fica difícil saber da onde surgiu a primeira centelha que acendeu o fogo todo.

Não, não é sobre roubo de propriedade intelectual ou plágio que vim falar hoje com vocês. Vim apenas dar nome aos bois – ou a 1 boi específico – que muita gente conhece, mas poucas sabem da onde veio.

OQ

Calma, calma! Eu vim falar exatamente sobre esse desenho ai de cima, que tantos conhecem – neste e em outros tantos formatos -, mas poucos sabem da onde ele surgiu e onde é possível achar mais, tal como os originais.

Quer entender melhor? Só dar o play aí embaixo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


  • Gustavo disse:

    Adorei o vídeo, animado porque não demorou tanto quanto achei que ia demorar kkk adoro esses quadrinhos da internet, não tem como não gostar *-* achei bem legal mostrar a origem deles e dar os devidos créditos kkk. Pergunta: O livro todo é em português, ou os quadrinhos são em inglês? Não sou realmente um mestre de inglês, sou uma total negação kkk \o/ que venha o cursinho nos próximos anos kkk. Ah, eu comecei a achar que era o único que cheirava os livros kkk a maioria tem um cheirinho tão bom kkk *-* as pessoas que conheço me olham como se eu fosse anormal quando paro de ler do nada fecho os olhos e dou aquela cheirada no livro kkkk. Esperando ansiosamente por mais \o

  • Alessandra Gilos disse:

    Gustavo,
    não precisa se preocupar que o livro é todinho em portguês! \o/ ~~~
    E claro que você não está sozinho. Eu tenho a mesma mania de parar de ler de vez em quando e dar uma bela fungadinha no livro <3 Estou nem ai, é tão gostoso. Deixe que me olhem estranho mesmo. HAHAHAHA...

  • Fabiana Strehlow disse:

    Oi, Alessandra!
    Muito interessante seu video! Adorei a explicação! Eu já tinha visto e lido esses quadros na net, mas é claro, sem saber a origem e a história de fato.
    Foi tão esclarecedor, que fiquei super a fim de comprar este livro!

    Abraços!

  • Marília Sena disse:

    Eu confesso que nunca tinha parado para pensar da onde surgiu esse meme! Super legal! Impossível não olhar para esse livro e “vomitar arco-íris” de tão fofo que ele é (e parabéns, você me deixou curiosa para sentir o cheiro do livro). Aposto que irei me divertir bastante com a história. E ah, começarei a pensar sobre o que escrever para o meu eu do futuro, daqui há uns 10 anos, quem sabe hahaha.
    Adorei o vídeo, você é uma fofa!

  • Douglas Fernandes disse:

    Gente adorei o video… *-*
    NUNCA imaginava a origem desses desenhos, ja compartilhei, ja me identifiquei com varios desses quadrinhos nas redes sociais, é incrivel mesmo o quão rapido uma “mania” surge e se espalha na internet e vc nem pensa em como surgiu, ja entra na onda… hahahaa

  • Nayara disse:

    Também acho que deve dar os devidos créditos! Sempre me diverti muito com esses quadrinhos e não tinha ideia de onde tinha surgido.
    Adorei o livro! As cores, a capa… tudo! <3
    E a ideia de escrever uma carta pro futuro também é bem legal. Vou comer a minha jajá!
    Beijos

  • Michelli Santos Prado disse:

    Que fofura de vídeo…Acho demais esta animação, e adorei saber mais sobre ele e quem realmente criou!!Este livro me chamou muito a atenção, pois deve realmente ser super divertida, alem da diagramação dele ler linda demais!!E ainda mais por ser toda colorida =)
    Com certeza deve ser uma leitura super prazerosa!!
    E super bacana a ideia do desafio!!
    Beijos ♥

  • Lais Cavalcante disse:

    Eu achei super legal a ideia de escrever uma carta para o nosso eu futuro, mas acho que não vou fazer, por motivos de: preguiça hahah e nunca ia passar pela minha cabeça que esse meme veio daí (:

  • David Galan disse:

    Eu curioso quando vi que esse meme era uma febre nas redes sociais resolvi procurar de onde surgiu e me surpreendi ao encontrar um livro recentemente, sou viciado em quadrinhos, ainda mais esses que são irônicos e com muito humor. A carta para o meu futuro eu não sei se daria certo comigo por não conseguir lembrar aonde teria guardado, talvez fosse mais eficaz o e-mail que você cadastra e é enviado na data programada, depois de ler o livro( quando ler) vou pensar na ideia.

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem