O que você está perdendo ao não ler e-books (e porque deve lê-los!)

ebooks (2)

Vocês já devem ter notado que eu adoro e-books e os defendo – e, claro, insisto nesse assunto aqui no blog (sim, sou pentelha!). Já falei disso na Sexta do Sebo e em resenhas. Fico bem triste quando alguém me diz que não lê e-books. E foi pensando nisso que resolvi abrir esse post: para mostrar a você, que não gosta deles, o que está perdendo. E, para quem curte, o que mais pode aproveitar com eles!

OK, você vai me dizer: mas eu adoro livros físicos! O cheiro, a textura, a sensação de virar as páginas, o jeito como eles ficam lindos na estante… eu sei, gente, eu também adoro isso (minhas estantes abarrotadas falam por si mesmas). Mas os livros digitais não vieram para derrubar os livros físicos, muito pelo contrário! Eles são um complemento a eles, uma evolução. Eu mesma já li vários livros em e-book, me apaixonei e falei “esse eu preciso ter também na estante”. E agora os possuo em duas estantes: a real e a virtual. Você não precisa abandonar seus filhotes queridos. Nem precisa deixar de comprá-los! O legal é justamente unir as duas coisas.

E-books têm várias vantagens e vou falar de todas aqui, mas acho que a maior delas é: conhecer grandes autores que não tiveram – ainda – a oportunidade de publicar em editoras e livros físicos. Vocês também sabem o quanto eu sou vidrada em literatura brasuca e, claro, que eu também escrevo. Mas o mercado literário ainda é bem difícil no Brasil e, mesmo se um autor for ótimo, não vai ser logo na primeira publicação que ele vai conseguir uma editora, quanto mais uma editoras badalada, sim, essas mesmo que falamos tanto nos blogs literários, fazemos parcerias e adoramos ler. Na verdade, para o escritor conseguir essa tão sonhada publicação ele precisa, antes, fazer algum sucesso. Mas como fazer sucesso se ninguém te dá uma chance? Através da auto-publicação em e-books, é claro.

A gente tem aí vários exemplos pipocando na rede com autores talentosos que começaram sua jornada justamente com os e-books. Vanessa Bosso, que fechou contrato com a Novo Conceito, e mais recentemente a FML Pepper, que vai publicar na Valentina. Eu ainda poderia falar de vários outros autores (falei de algumas aqui, nesse post, e várias delas só possuem – por enquanto – trabalhos disponíveis em e-book). E como essas autoras conseguiram esse feito de publicar em grandes editoras? Publicando em e-books e sendo lidas por leitores que não ligaram para a plataforma, mas estavam interessados, sim, no conteúdo.

Então, gente, vocês estão perdendo grandes histórias quando deixam de ler e-books. Grandes histórias, grandes autores. Isso sem contar que esses e-books de novos autores geralmente são baratíssimos, coisa de 2, 3, 5 reais, 10, no máximo. Há até editoras, como a Draco, que estão investindo em acervos somente em e-book, como a coleção Contos do Dragão, e outras como a Novo Conceito que disponibilizam contos de séries badaladas só nesse formato; os contos de Estilhaça-me são um exemplo. E várias vezes os autores e editoras até disponibilizam os e-books de graça, gente!

ebooks (1)

Ah, e sem contar que você pode adquirir os mesmos livros físicos que gosta de ler bem mais baratos. E sabe aquela série que você está esperando para ler a continuação e a editora ainda não liberou? Pois é, você pode comprar em e-book e ler em inglês, francês, espanhol etc., saber a história toda antes e, de quebra, treinar outra língua.

Mas eu não consigo me acostumar a ler em uma tela! Gente, existem inúmeros e-readers, a vários preços e modelos, que possuem tela opaca, que você lê como um livro – sério, você até esquece que é uma tela -, ou seja, sem toda aquela luz na cara. Eu mesma tenho um Kindle e adoro utilizá-lo para leitura, é muito confortável, você pode alterar o tamanho da fonte, tem dicionário, Wi-Fi, muitas ferramentas. E, se você quiser, há os modelos mais avançados, com touch screen, luz, 3G e que se assemelham a tablets até.

Mas eu não tenho um e-reader! Sem problemas. Você pode ler no computador, tablet e até mesmo no celular, há várias opções. Se você não sabe por onde começar, há vários produtos de informática aqui. E, gente, quem não anda por aí com celular a tira colo? Às vezes eu sou pega totalmente desprevenida, na fila do banco, até mesmo na praia, mas o celular sempre está lá e, junto com ele, vários livros.

Leve, confortável, abriga um montão de livros, possui um acervo variado, de qualidade e super acessível. E você aí, perdendo de ler um monte de autores e histórias ótimas que só existem em livros digitais. Depois de tudo isso, você ainda não vai dar uma chance aos e-books?

Essa postagem está participando do Top Comentarista de Junho. Por favor, preencha o formulário abaixo após postar seu comentário. Basta clicar na imagem para abri-lo em nova página!

top-comentarista_junho

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  


  • Shadai disse:

    ótima dica para o pessoal, inclusive eu, se motivar a ler e-books.
    eu ainda não li nenhum, pois:
    1 – não tenho e-reader, nem cel com internet, nem tablet, sou homem das cavernas hahaha
    2 – não consigo ficar lendo por muito tempo no pc, mesmo escurecendo bem a tela, cansa minha vista, mas principalmente eu disperso facilmente, indo para as malditas redes sociais.

    mas um dia lerei e-books! com certeza!
    já tenho vários pdf’s aqui.

  • Marília Sena disse:

    Sabe, Karen, eu acho os e-books bem legais. Eu não tenho um e-reader, o que é uma pena (quero muito um kindle), mas isso não me impedia de ler alguns livros pelo celular ou tablet. E olhe que já li bastantes, mas ainda prefiro dar prioridade aos livros físicos. Claro, e-books são uma plataforma muito interessante para quem está atrás de livros desconhecidos e que muitas vezes podem virar sucesso no futuro, e principalmente para pessoas como você, que escrevem. Super recomendo, e ao contrário de muitas pessoas não encaro essa plataforma digital com preconceito. Ótimo post, beijos!

  • Fabiana Strehlow disse:

    Oi, Karen!
    Eu leio e-books e não vejo nenhum grande problema nisso, embora tenha paixão por livros físicos.
    E se gosto do livro virtual, faço como você, vou lá e compro o livro físico.
    Mas, a grande vantagem, para mim é a questão do espaço.

  • Érika Rufo disse:

    Karen eu sou uma das pessoas que não gosta de e-books. Mas sabe que você me convenceu com os seus argumentos? No computador não consigo ler mesmo, mas vou fazer um teste no celular e se gostar quem sabe não compro um kindle? Tem vários contos e livros que eu quero ler que só encontro em e-book, então vou começar por esses. Amei seu post.

    Beijos!!

  • Gustavo disse:

    Eu não consigo gostar de ebooks. Nada contra eles, tenho alguns, mas eu não consigo ler, e já tentei muitas vezes. Li no celular e no computador, mas a leitura corre sem grandes avanços, eu passo horas lendo e quando vou ver não li nem cem páginas e fico totalmente desgastado, minha vista (que já não é boa de natureza e eu protelando ir para o oftalmologista por mais de cinco anos pra trocar os óculos também não ajuda kkk) principalmente. Tenho e-reader no celular e ele tem até a opção de escurecer a tela (o modo noturno) mas ainda assim me frustra a lentidão e a for nos olhos. Tenho até vontade de ter Kindle, meu no meu caso é puro consumismo.
    Talvez, no futuro, volte a dar uma chance pros ebooks, mas enquanto isso não acontece vou mergulhando nos meus lindos livros físicos que estão desempacando lentamente kkk

  • Douglas Fernandes disse:

    Eu conefesso que tenho Kindle, mas li só 1 e-book, mas sempre que tem os e-books grátis na amazon eu pego… hahahahaaha
    mas esse ano mesmo eu vou ler outro, pq ja ta na minha meta de leitura, o livro que li foi da FML Pepper, alias o Kindle ganhei foi numa promo e foi ela que me enviou o Kindle *-*
    mas enfim, eu to precisando me adaptar e começar a ler e-books, nao que eu tenha que abandonar os livros fisicos, mas da pra ler um livro fisico, depois um e-book né mesmo?! :D

  • Nayara disse:

    Oi Karen!!!
    Adoreii o post! Eu tinha aquela ideia na cabeça que livro só físico! Mas tem várias promoções de e-books e até livros que SÓ digitais mesmo! Aí vale muito a pena ler. E se gostar mesmo, comprar o físico!
    Já aconteceu de comprar um livro físico e não ser tudo aquilo…
    Meus planos futuros é sim de comprar vários livros em e-book! :D
    Beijos.

  • Samuel Cardeal disse:

    Oi, Karen!

    Que post maravilhoso! Eu vivo dizendo isso para as pessoas, mas vejo muito resistência, o que me deixa triste. A principio eu senti essa resistencia tentando levar os meus escritos às pessoas, mas as tentativas foram por demais infrutíferas. Hoje, após ter tido a oportunidade de conhecer autores fantásticos através dos e-books (incluindo você), eu tento incentivar, indicando essas obras maravilhosas que muitas vezes estão gratuitas na Amazon, ou em outra plataforma.

    Eu me tornei um leitor por causa dos livros digitais e hoje posso dizer que leio muito mais no celular do que no papel. E, vez ou outra, me pego tentando selecionar uma palavra no papel para consultar o dicionário do kindle.

    Espero que com uma postagem tão bem escrita mais pessoas se dispam do preconceito a deem uma oportunidade para os injustiçãdos livros digitais.

    Abraço do seu sempre fã :)

  • Franciely Bortoski disse:

    Eu comprei um kobo na promoção que teve há um tempo atras, onde todo mundo também comprou hauhauhauahuaha e apesar de ainda preferir o livro físico, li alguns e-books e gostei. Achei bem prático pra levar em viagem e tb quando vai andar por aí por bastante tempo, já que o livro acaba pesando bem mais, se for carregar. Mas eu não curto a ideia de comprar o mesmo livro duas vezes (ebook e físico), então os livros comprados são somente em um formato. Pro kobo dou preferência pra quando os livros são disponibilizados pelas editoras (aqueles contos) e tal…

  • Liége disse:

    Concordo plenamente, Karen. Ótimos argumentos. Em breve eu gostaria de adquirir um e-reader. Tem um livro que eu queria muito ler, Throne of the Crescent Moon, e que não está disponível no Brasil. Mas, graças à Amazon e ao formato virtual, eu o adquiri! Ou seja, é um mundo de novas possibilidades também, como você colocou.

  • Ana disse:

    Ainda não entendo como tem tanta gente com preconceito com e-book. Eu sou viciada, descobri que leio muito mais rápido, e a facilidade de adquirir me encanta. Nunca deixei de lado os livros físicos, então pra ficar bem justo, eu leio um e-book e um livro físico ao esmo tempo, quando eu saio de casa o livro físico sempre é melhor, agora quando estou nela me rendo a tecnologia e conheci diversos autores que não tinham livros publicados e que eu compraria.

  • A Cuca Recomenda: Despedida de Solteira « Por Essas Páginas disse:

    […] dia falei por aqui sobre como e-books são úteis para conhecermos autores novos. Eu tenho vários livros digitais no meu Kindle de autores brasucas novos, mas com a pilha de […]

  • Maratona Brasuca #1 – Inscrições « Por Essas Páginas disse:

    […] Ler um livro nacional (não importa o autor ou gênero) e pelo menos um ebook de autor nacional (vale também ler contos em ebook). Quem quiser ler mais para aumentar sua meta […]

  • Dica: Ganhe R$ 20 de crédito na Amazon para comprar e-books « Por Essas Páginas disse:

    […] Leia também: O que você está perdendo ao não ler e-books (e porque deve lê-los!) Leia também: … […]

  • Ganhe R$ 20 de crédito na Amazon para comprar e-books | Eu, Papel e Palavras disse:

    […] Leia também: O que você está perdendo ao não ler e-books (e porque deve lê-los!) […]

  • Ganhe R$20 de crédito na Amazon para comprar e-book - Livros de Fantasia disse:

    […] Leia também: O que você está perdendo ao não ler e-books (e porque deve lê-los!) […]

  • Sexta do Sebo #175 « Por Essas Páginas disse:

    […] A discussão dos e-books e livros físicos sempre dá o que falar. Mas o que a gente precisa entender é que não é um formato versus o outro, mas na verdade um complementa o outro. Livros físicos nunca serão substituídos, eles são preciosos. Mas os e-books trazem uma alternativa mais prática de leitura, muitas vezes mais barata e ainda por cima com uma distribuição muito mais simples, afinal, não precisa de caminhão, avião, estoque, nada. Ambos têm sua serventia e, pessoalmente, adoro ler das duas maneiras. Pra complementar, fica esse post de dica. […]

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem