Meu Autor de Cabeceira: Richelle Mead

richelle mead 1Richelle Mead nasceu no dia 12 de Novembro de 1976 em Michigan. Atualmente ela mora em Seattle com o seu marido e o seu filho, que nasceu em agosto de 2011. Ela sempre comenta fatos fofinhos sobre o filho no twitter! Um dia desses ela recebeu uma cópia de um dos seus livros em que tinha uma ruiva na capa, e o filho começou a apontar e falar “Mamãe”. Richelle, sempre bem humorada, disse que ela não ficaria tão bem assim em uma jaqueta de couro!

Antes de se tornar uma escritora, Richelle considerou outras carreiras. Ela tem três diplomas: um em artes da Universidade de Michigan, um mestrado em Comparação Religiosa pela Universidade de Western Michigan e um mestrado em Ensino na Universidade de Washington. Ela trabalhou como professora durante 6 meses. Ela já escrevia enquanto estava estudando, e como os livros começaram a vender bem, Richelle saiu do emprego de professora. Ela tinha certeza que escrever é a sua vocação e hoje acredita que todas essas faculdades a ajudaram a se preparar. O processo de publicação foi mais rápido do que para muitos autores, mas não foi fácil.

Continue lendo…




TTT: Top 10 casais favoritos que não ficaram juntos rapidamente

O Top Ten Tuesday dessa semana era freebie, ou seja, eu poderia escolher o tema que eu quisesse (e de preferência um que já não tivesse sido feito). Eu pensei em vários temas diferentes, mas acabei escolhendo o “Top 10 casais favoritos que não ficaram juntos rapidamente”. Eu amo muito, muito, muito ler romances mas confesso que estou cansada de livros em que os protagonistas se apaixonam no segundo capítulo e no quarto eles já estão juntos! É muito mais interessante quando o livro trabalha um relacionamento gradual e assim faz com que os leitores fiquem desesperados e torcendo para aquele momento lindo onde os dois finalmente vão ficar juntos.

O Top Ten Tuesday é uma iniciativa do blog The Broke and The Bookish!

Ah o amor…




Promoção: Rose Harbor

banner_promo_pousada

Quem leu minha resenha sabe que eu não gostei muito de A Pousada Rose Harbor. Porém, eu sou eu, quem sabe você não curte? Além disso, o kit é muito legal, vem junto uma toalhinha bem bonitinha. Quer saber como ganhar um kit desse lançamento da Novo Conceito? Então é só seguir as regras e participar da nossa promoção! Tá super fácil, pessoal!

Participe!




Resenha: A Pousada Rose Harbor

Recebi A Pousada Rose Harbor em parceria com a Editora Novo Conceito há alguns meses, porém, devido à minha enorme pilha de livros para ler, ainda não tinha conseguido parar para lê-lo. Recentemente senti vontade de uma leitura um pouco mais leve, logo, resolvi me aventurar e me hospedar nessa pousada através das páginas. Porém, a experiência foi um pouco frustrante. Quer saber por quê?

“Jo Marie Rose decide comprar uma pequena pousada, como forma de superar a morte do marido. Mal sabe ela que as surpresas que a esperam nessa nova empreitada. Seu primeiro hóspede é Joshua Weaver, que voltou para casa para cuidar de seu padrasto doente. Os dois nunca se conheceram pessoalmente e Joshua tem alguma esperança de que possam conciliar suas diferenças. No entanto, uma habilidade de Joshua há muito perdida prova que o perdão nunca está fora de alcance e que o amor pode florescer onde menos se espera.

A outra hóspede é Abby Kincaid, que retorna a Cedar Cove para comparecer ao casamento do irmão. De volta pela primeira vez em 20 anos, ela quase deseja não ter ido, devido às memórias trazidas pela pitoresca cidade. E conforme Abby se reconecta com sua família e seus velhos amigos, percebe que só pode seguir em frente se permitir-se verdadeiramente a isso.” Fonte

Acho que o primeiro motivo que me fez querer ler esse livro quando li a sinopse foi o fato de Jo Marie Rose estar tentando superar a traumática experiência de perder um ente querido, no caso, o marido. De fato, Jo Marie foi a personagem que achei mais interessante no livro. Ela compra essa pousada em Cedar Cove (e o nome da cidade é importante, porque é uma referência a outra série da autora – vou falar disso mais tarde) e decide mudar radicalmente de vida e de ares após a morte do marido. Ainda em processo de luto e precisando ocupar a mente e fazer algo para se sentir viva, Jo Marie embarca nessa aventura e resolve se mudar e gerenciar a pousada – mesmo sem nenhuma experiência no negócio. Ela acredita que, por gostar de receber hóspedes, poderá se dar bem com a pousada.

Logo no início do livro há uma nota de Debbie Macomber dizendo que recebera muitos pedidos de fãs para continuar sua série de livros sobre Cedar Cove, então ela resolveu escrever esse livro, que acontece no mesmo lugar, porém direcionado a outras histórias, outros personagens. Ela diz também que os fãs irão se deliciar com a aparição de alguns personagens da sua outra série na trama. Ok, beleza, eu não li a série Cedar Cove, muito menos tinha lido alguma coisa da autora antes desse livro; digamos que eu era uma forasteira na cidade e acho que, após terminar o livro, continuo sendo.

Continue lendo…




Sexta do Sebo #13

sexta_do_sebo

É sexta e é dia de Sexta no Sebo, gente! E chegamos na nossa sexta-feira 13 do sebo… Isso pede uma pergunta especial!

Bem, semana passada nós fomos bem malvadas com vocês e fizemos uma pergunta super difícil: existe algum filme melhor que o livro? Bem, que eu me lembre agora tenho o nome de um conto, não de um livro: O Nevoeiro, de Stephen King. Li o conto e vi o filme – e prefiro muito mais o filme. O final do conto é aberto de um jeito muito chato, enquanto o filme tem um final brilhante!

Agora, vamos relembrar as regras do sorteio e passar para a pergunta da próxima semana?

Lembrando que a Sexta do Sebo é inspirada no PsychoSunday do blog Psychobooksque por sua vez se inspiraram no Second Hand Saturday do Reading Teen.

Toda semana faremos uma pergunta sobre literatura em geral. Não há resposta correta, o que queremos são os comentários e opiniões do vocês. Entre os comentaristas do post realizaremos um sorteio na semana seguinte (próxima sexta) e o vencedor poderá escolher um livro entre os que estão na lista divulgada no tópico. Serão válidos os comentários desde o dia do post (sexta-feira) até a quinta-feira da semana seguinte. Vale a pena lembrar que todos os livros dessa lista são usados, ou seja, eles podem ter algum defeito na capa, folhas amareladas, dedicatórias, livros encapados ou qualquer outra coisa do gênero, mas todos estão em bom estado para leitura. São livros da nossa equipe que, originalmente, estavam destinados aos sebos (por isso Sexta do Sebo!), porém, ao invés disso, resolvemos sortear aqui no blog. Alguns livros estão em inglês, como podem ver na lista, e alguns livros serão enviados dos Estados Unidos (a Vania da nossa equipe mora lá); para esses livros, o prazo de entrega pode variar um pouco mais. Para os demais, é o prazo normal que utilizamos no blog, ou seja, 30 dias após o recebimento do endereço do vencedor. O vencedor será sempre divulgado nas sextas-feiras, no post da próxima edição da Sexta do Sebo e nesse post será feita uma nova pergunta que valerá para a semana seguinte. Nesse sorteio nós não avisaremos o vencedor como geralmente fazemos; quem comentou deverá acompanhar os novos posts todas as sextas-feiras e, caso seja o vencedor da semana, deverá enviar um e-mail para o contato@poressaspaginas.com com seu endereço em até 48 horas. O sorteio será realizado via Random

O vencedor da Sexta do Sebo #12 foi…
Continue lendo…

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...



Página 321 de 408« Primeira...102030...319320321322323...330340350...Última »