Sorteio: Tartarugas até lá embaixo

 

Acredito que com todos os posts que nós fizemos nessa semana sobre “Tartarugas até lá embaixo”, vocês devem ter percebido como esse livro é muito especial. Não, não é porque “John Green é famoso”. Eu, por exemplo, dos livros anteriores de John Green eu só gostei mesmo de “A culpa é das estrelas” – dois outros eu comecei mas não consegui terminar. Mas “Tartarugas até lá embaixo” foi um livro que me tocou por causa da protagonista, e por ela mesma, sem contar o romance nem outros fatores externos. Entrar na cabeça de Aza me fez perceber como que nós às vezes não percebemos o que a pessoa que está do nosso lado está pensando. A melhor amiga dela mesmo não consegue compreender e só quando ela é completamente sincera e faz uma comparação é que Daisy começa a entender.John Green consegue passar tão bem esses sentimentos porque ele também tem TOC e ansiedade e não tem como não ficar aflita durante várias passagens do livro. É tudo muito real.

A história de Aza pode ser importante de diferentes formas: 1. para pessoas que sofrem desses mesmos distúrbios consigam identificar que precisam sim de ajuda médica e psicológica; 2. dar esperanças para as pessoas que estão na mesma situação e 3. fazer com que as pessoas prestem mais atenção nos distúrbios neurológicos, que muitos falam que “ah, é frescura”. Não, não é. E algo que anda faltando ultimamente no mundo é exatamente a empatia.

Portanto, devido a importância do tema abordado por ‘Tartarugas até embaixo”, vamos fazer o sorteio de um exemplar desse livro em parceria com a Editora Intrínseca. Parar participar é muito simples: basta comentar na resenha (com um comentário digno sobre a resenha, por favor), seguir o Por Essas Páginas e a Editora Intrínseca no Facebook e preencher o formulário Rafflecopter abaixo. O sorteio vai até o dia 30/11/2017!

Continue lendo…




Semana especial “Tartarugas até lá embaixo”: Outros livros do autor

Oi gente! E aí, estão acompanhando essa semana especial? Temos posts super legais com a resenha de “Tartarugas até lá embaixo”, suas personagens, falamos um pouquinho sobre TOC e outras questões, e hoje vamos falar sobre os outros livros do Sr. Verde. hehe

Bom, nem preciso dizer que o nome de John Green ficou mesmo conhecido com “A Culpa é das Estrelas” (resenha aqui). Quem nunca leu, já assistiu o filme. E quem nunca leu nem assistiu o filme, nem nunca ouviu falar… sei lá… é meio alienado. :-p Como é uma história que mexe com o sentimento das pessoas todo mundo tem algo pra contar. Tipo: “Nossa, usei um pacote de lenços inteiro no cinema”, ou então, “Nossa, não consegui parar de ler e li tudo em uma noite”, que foi meu caso. “A Culpa é das Estrelas” é na verdade o sexto livro do autor, lançado em janeiro de 2012. Em 2009 ele anunciou que estava escrevendo um livro cujo título seria The Sequel, mas o projeto foi abandonado. E segundo o próprio autor muitas partes de The Sequel foram reescritas e ajustadas para fazerem parte de “A Culpa é das Estrelas”. O livro, assim como o filme fizeram um mega sucesso. O que por um lado é ótimo! Por outro, isso gerou uma tremenda insegurança em John Green que achava que nunca mais conseguiria escrever nada à altura.

Continue lendo…




Semana especial de “Tartarugas até lá embaixo”: Vamos falar sobre TOC e distúrbios mentais?

Observação: Esse texto foi escrito por duas pessoas. Os comentários em azul foram escritos pela Drika!

O tema principal do livro “Tartarugas até lá embaixo” é o Transtorno Obsessivo Compulsivo, popularmente conhecido pela sigla TOC. O TOC é uma doença mental caracterizada por pensamentos e medos irracionais (obsessões) que levam a comportamentos compulsivos. Estima-se que cerca de 4 milhões de brasileiros sofram com a doença e assim como outras doenças mentais ela é muitas vezes classificada pela população em geral apenas como uma “frescura”. Mas não, não é. Os sintomas podem interferir em todos os aspectos da vida, como nos relacionamentos pessoais, no trabalho ou na escola, e isso foi belamente descrito no livro do John Green. Aza, a protagonista, tem um dos “tipos” mais comuns de TOC que é o medo de microrganismos e contaminações, mas existem diversos outros, como preocupação excessiva com a limpeza, revisar inúmeras vezes se as portas estão fechadas antes de sair, deixar objetos em uma ordem perfeita… Pois é, eu acho que muitas pessoas vão acabar se identificando com essa lista (eu mesma tenho uma mania enorme de conferir se a porta está fechada). Mas a principal diferença é que uma pessoa com TOC não consegue controlar os seus pensamentos nem as suas atitudes, mesmo tendo a noção de que eles são excessivos.

Continue lendo…




TTT: Dez livros com personagens que representam a diversidade

Hoje, em homenagem à semana especial “Tartarugas até lá embaixo”, eu resolvi mudar o tema do Top Ten Tuesday. Eu fiquei na dúvida em como chamá-lo, nem sei se eu fiz a melhor opção, mas no final escolhi “Dez livros com personagens que representam a diversidade”. Mas o que quer dizer “representa a diversidade”? São aqueles personagens que fogem do padrão clássico em livros, seja quanto ao físico, orientação sexual, psicológico ou a forma de encarar o mundo. Esse é um tópico que eu queria abordar já tem um tempinho e inclusive a Milena Soares deu uma sugestão bem parecida. Infelizmente, eu não consigo fazer um TTT com cada um dos temas separados, mas quem sabe no futuro?

O Top Ten Tuesday é um meme semanal criado pelo blog The Broke and the Bookish!

Continue lendo…




Resenha: Tartarugas até lá embaixo

Depois de seis anos, milhões de livros vendidos, dois filmes de sucesso e uma legião de fãs apaixonados ao redor do mundo, John Green, autor do inesquecível A culpa é das estrelas, lança o mais pessoal de todos os seus romances: Tartarugas até lá embaixo.

A história acompanha a jornada de Aza Holmes, uma menina de 16 anos que sai em busca de um bilionário misteriosamente desaparecido – quem encontrá-lo receberá uma polpuda recompensa em dinheiro – enquanto lida com o transtorno obsessivo-compulsivo (TOC).

Repleto de referências da vida do autor – entre elas, a tão marcada paixão pela cultura pop e o TOC, transtorno mental que o afeta desde a infância –, Tartarugas até lá embaixo tem tudo o que fez de John Green um dos mais queridos autores contemporâneos. Um livro incrível, recheado de frases sublinháveis, que fala de amizades duradouras e reencontros inesperados, fan-fics de Star Wars e – por que não? – peculiares répteis neozelandeses. (Fonte)

Continue lendo…

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...