Resenha: Malorie

Ficha técnica:

Nome: Malorie

Autor: Josh Malerman

Tradutor: Alexandre Raposo

Páginas: 288

Editora: Intrínseca

Doze anos se passaram desde que Malorie e os filhos atravessaram o rio com vendas no rosto, mas tapar os olhos ainda é uma regra que não podem deixar de seguir. Eles sabem que apenas um vislumbre das criaturas pode levar pessoas comuns a uma violência indescritível.

Ainda não há explicação. Nenhuma solução.

Tudo o que Malorie pode fazer é sobreviver… e transmitir aos filhos sua determinação. Não se descuidem, diz a eles. Fiquem vendados. E NÃO ABRAM OS OLHOS.

Quando eles tomam conhecimento de uma notícia que parecia impossível, Malorie se permite ter esperança pela primeira vez desde o início do surto. Há sobreviventes. Pessoas que ela considerava mortas, mas que talvez estejam vivas.

Junto dessa informação, porém, ela acaba descobrindo coisas aterrorizantes: em lugares não tão distantes, alguns afirmam ter capturado as criaturas e feito experimentos. Invenções monstruosas e ideias extremamente perigosas. Além disso, circulam rumores de que as próprias criaturas se transformaram em algo ainda mais assustador.

Malorie agora precisa fazer uma escolha angustiante: viver de acordo com as regras de sobrevivência que funcionaram tão bem até então, ou se aventurar na escuridão e buscar a esperança mais uma vez. (Fonte)

Esta resenha pode conter SPOILERS de Caixa de Pássaros.

Continue lendo…




Semana Especial Rick Riordan

percy-jackson-1
 

Olá! Essa semana temos um aniversariante!

Percy Jackson completa anos e a Intrínseca está promovendo uma semana especial Rick Riordan. Afinal de contas, se não fosse por ele, não teríamos nosso meio sangue querido!

Hoje eu vou falar de como conheci o autor e a série.

Continue lendo…




Por essas telas: Eternal Love (Ten Miles of Peach Blossoms)

 

Durante a quarentena eu achei que leria muito, mas muito mesmo! Ledo engano.

Para tentar aquietar minha ansiedade, procurei filmes e séries para me distrair. Apesar de já ter várias séries iniciadas e não concluídas, eu decidi dar uma chance a essa série, que na Netflix está intitulada como Eternal Love, mas pesquisando eu descobri que no Viki, canal de streaming para doramas, o nome é San Sheng San Shi Shi Li Tao Hua, mais conhecido como Three Lives Three Worlds – Ten Miles of Peach Blossoms.

Me surpreendi muito e lamentei que não tivesse assistido antes!

Continue lendo…




Resenha: Sob o Véu do Tempo

Sob o Véu do TempoFicha técnica:

Nome: Sob o véu do tempo

Autor: Anna Belfrage

Tradutor: A. J. Ventura

Páginas: 438

Editora: Cherish Books BR

Em um dia abafado de agosto de 2002, Alex Lind desaparece sem deixar vestígios. Em um dia igualmente sufocante de agosto de 1658, Matthew Graham a encontra em um pântano deserto escocês. A vida nunca mais será a mesma para Alex ou para Matthew.
Devido a uma série de ocorrências extraordinárias, Alexandra Lind é lançada três séculos de volta no tempo. Ela surge aos pés de Matthew Graham, um condenado fugitivo.
Arrancada de uma vida de conforto e modernidade, Alex lida com essa nova existência, que se torna ainda mais complicada no momento em que percebe que alguém de seu tempo a acompanhou até ali e que suas intenções não são boas.
A compensação para essa mudança brutal em seu destino vem na forma de Matthew, um homem que ela nunca deveria ter conhecido, tendo nascido três séculos depois dele. Mas, apesar de tudo, Matthew rapidamente a coloca sob sua proteção. Ele tem seus próprios fardos, e há algo em seu passado que poderá levá-lo morte. Às vezes Alex acha tudo excessivamente excitante, mas, em outras, deseja retornar à vida estruturada que costumava ter.
Como ela vai voltar? E mais importante, ela quer voltar?

Esse foi um dos primeiros livros disponibilizados pela Cherish para leitura, infelizmente eu demorei para ler e acabou que demorei mais ainda para resenhar, por conta de problemas que tive que enfrentar em plena pandemia (meu computador pifou… gente, que sufoco).

Agora eu vou explicar para vocês porque, apesar de ser um estilo que gosto muito, essa leitura não me agradou tanto. Continue lendo…




Resenha: A Tecelã do Céu

Ficha técnica:

Nome: A Tecelã do Céu

Autor: Kristen Ciccarelli

Tradutor: Eric Novello

Páginas: 384

Editora: Seguinte

 

No último volume da série Iskari, uma guerreira e uma ladra não vão medir esforços para encontrar Asha ― mas enquanto uma quer protegê-la, a outra quer matá-la.

O reino de Firgaard passou por tempos turbulentos desde que Dax assumiu a coroa ao lado de Roa, uma garota nascida em território inimigo. Agora, cabe a Safire, prima de Dax e comandante do Exército real, manter a ordem na cidade.

Quando Eris, uma ladra capaz de se deslocar por mundos diferentes, invade o palácio e passa a cometer roubos impunemente, Safire vê diante de si um desafio quase impossível: capturar alguém que consegue desaparecer num piscar de olhos.

O que nenhuma das duas esperava era compartilhar o mesmo objetivo: encontrar Asha, irmã de Dax e namsara do reino. A diferença é que Safire quer garantir sua segurança, enquanto Eris pretende entregá-la a seus inimigos. Em uma corrida contra o tempo, uma vai tentar derrotar a outra a qualquer custo ― mas um sentimento surpreendente entre elas pode mudar tudo.

Essa resenha contém poucos spoilers dos livros anteriores.

Continue lendo…

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...