Promoção: Sorteio Alameda dos Pesadelos

banner_promo_pep

‘Bora pra mais uma promoção aqui no Por Essas Páginas? Dessa vez o livro sorteado é… O MEU! Alameda dos Pesadelos, de uma tal de Karen Alvares (não leu a resenha tripla das meninas? Clica aqui e lê!) Então, participem bastante ou a Cuca te pega, hein? Esse sorteio é em parceria com o ótimo Livros de Fantasia (tem resenha do livro lá também!). Participem muito!

Dessa vez existem duas regras obrigatórias, gente: curtir a página da autora no Facebook e comentar nessa postagem respondendo à seguinte pergunta: “Qual foi o maior sacrifício que você já fez para alguém perdoá-lo?”

Fácil, fácil, né, gente? E tem muitas outras chances que vocês podem fazer além dessas. Participem!

a Rafflecopter giveaway

Regras Gerais

– O sorteio vale de hoje 20/07/2014 até o dia 20/08/2014;
– O envio dos prêmios será realizado pela autora Karen Alvares. Os blogs e a autora não se responsabilizam por extravios por parte dos Correios ou do ganhador;
– Caso o ganhador não responda ao nosso contato em 48 horas, o sorteio será refeito;
– É preciso ter um endereço de entrega no Brasil;
Não serão aceitos perfis fakes/criados somente para promoções;
Não serão aceitos comentários nas postagens que não sejam com conteúdo pertinente a elas;
Não serão aceitos comentários copiados de outros blogs e/ou resenhas;
– A promoção é válida em todo território nacional, exceto para a equipe do blog Por Essas Páginas e do Livros de Fantasia.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  


  • Valéria Frossard disse:

    Chorar e pedir perdão. Dizer o quanto fui idiota e que todos merecem uma segunda chance para mostrar que podem ser melhores.

  • Gisele Bizarra disse:

    Não sei se seria bem um sacrifício, mas já fiz de minha certeza um erro só para que a pessoa se sentisse certa e perdoasse.

  • maria eduarda disse:

    sempre fui encanada com essas coisas de analisar todos os lados para não injustiçar ninguém,mas quando algo do tipo aconteceu…Eu já admiti que estava errada e e meio que “implorei”,pq,no caso a pessoa era importante para mim,nada muito constrangedor rsrs

  • ROSANE DELAVALD disse:

    Acho que foi admitir que estava errada, sempre tive essa dificuldade!!!

  • Jairo Canova disse:

    Já tive que pedir desculpas para minha irmã. Se você não acha que isso seja um sacrifício, deve saber que ela me relembra disso nos últimos 15 anos diariamente.

  • Franciely Bortoski disse:

    escrevi uma imensa carta de desculpas

  • Cláudia Santana Schumacher disse:

    Admiti meu erro e me desfiz de algumas amizades de anos.

  • Cristiane de oliveira disse:

    Fiquei pensando e nunca fiz nada pra precisar ser perdoada, sempre procuro ser uma pesoa correta com as pessoas pensando em tudo antes de falar ou agir.

  • Katia Costa Schwanke (katiaelipe) disse:

    ME ajoelhei e implorei perdao.

  • Gizeli Regina Meister disse:

    Qual foi o maior sacrifício que você já fez para alguém perdoá-lo? Nunca fiz algo que precisa-se um sacrifício mas sempre que cometo algum erropeço desculpas….

  • Samantha Corrêa disse:

    Nenhum, pois se uma pessoa quer lhe perdoar não precisa de sacrifício nenhum para isso

  • Camila Groppo disse:

    Sacrificio? Não…só pedi desculpas mesmo.
    Na verdade é a unica coisa que podemos fazer, resta a outra pessoa desculpar ou nao .:S

  • Andressa Nunes disse:

    Abrir mão daquilo em que acredito

  • Andressa Nunes disse:

    Abrir mão das minhas convicções

  • O que estão dizendo por aí… Alameda dos Pesadelos #3 + Sorteio! | Eu, Papel e Palavras disse:

    […] que acabou? Nem pensar! Também tá rolando #sorteio de Alameda dos Pesadelos lá nos blogs Por Essas Páginas e Livros de Fantasia […]

  • Débora disse:

    Não me lembro de fazer nenhum sacrifício muito grande pra alguém me perdoar. Acho que nunca fui muito de ofender as pessoas.

  • Marcos de Sousa disse:

    Ajoelhar e pedir desculpas.

  • Itali Silva disse:

    Chorei muito, ia atrás da pessoa o tempo todo pedindo perdão, fazia promessas q o ocorrido nao iria mais se repetir…

  • Willian disse:

    Me colocar em segundo plano

  • Suele Mendes disse:

    Na verdade não me lembro de nada muito drastico,mas já tive que rever meus conceitos algumas vezes.

  • Yasmin Porto Costa disse:

    Sinceramente não lembro, mas pedir perdão é um sacrifício pois é muito difícil ferir nosso orgulho !!!

  • Bruna Costenaro disse:

    Sacrifício? Acho que o perdão deve vir do coração, embora tenhamos que pedir desculpas, o outro deve perdoar porque quer não pq haja convencimento. Logo não me lembro de nada nesse sentido de sacrifício!
    Miquilis

  • Luciana disse:

    “Qual foi o maior sacrifício que você já fez para alguém perdoá-lo?”
    Foi engolir o orgulho e mesmo estando certa pedir desculpas

  • Sueli Cobbos disse:

    O próprio ato de pedir perdão por algo ou alguma coisa a alguém já é um grande sacrifício. Quando estou realmente errada não exito em pedir perdão.

  • Fábrica dos convites disse:

    Acho que pedir perdão de forma sincera já um sacrifício, pois é muito difícil admitir nossos próprios erros.
    Bjs, Rose.

  • patty pereira (@pacupe) disse:

    Nenhum sacrifício… se estou errada, peço perdão!

  • ELIZABETH MACHADO SALLES disse:

    Bem…pelo que saiba, até o momento não fiz nada do tipo. E se fizesse seria pelos meus filhos. Beijos.

  • Nay Alves disse:

    Qual foi o maior sacrifício que você já fez para alguém perdoá-lo?
    Não fiz nada parecido, acho que nunca errei gravemente. Mas se isso acontecesse qualquer dia, primeiro eu assumiria meu erro e tentaria a cada instante conquistar a outra pessoa.

  • Luana Reis disse:

    Meu maior sacrifício foi mudar de verdade, lutar contra os meus maiores defeitos e medos para deixar de magoar as pessoas com coisas pequenas.

  • Kris Monneska disse:

    Nenhum, acho que admitir o erro é o maior sacrificio que se precisa fazer.

  • Evelim disse:

    Nada além de pedir desculpas, nunca errei tão feio assim.

  • Julielton Souza disse:

    Acho que meu maior sacrifício e também uma das maiores besteiras que já fiz, foi desistir de me mudar para a capital, onde já tinha um ótimo emprego garantido e a chance de estudar em uma boa faculdade, tudo para que ela me perdoasse e mesmo assim um ano depois ela se mudasse.

    Ps: até hoje estou na mesma cidade.

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem