Resenha: A Assombração da Casa da Colina

Ficha técnica:

 Nome: A Assombração da Casa da Colina

 Autor: Shirley Jackson

 Tradutor: Débora Landsberg

 Páginas: 240

 Editora: Suma

Compre aqui

Sinopse: Considerada uma das melhores histórias de terror do século XX, a A Assombração da Casa da Colina promete calafrios aos seus leitores. Vista por mestres como Stephen King e Neil Gaiman como a rainha do terror, Shirley Jackson entrega um livro perturbador sobre a relação entre a loucura e o sobrenatural.

Sozinha no mundo, Eleanor fica encantada ao receber uma carta do dr. Montague convidando-a para passar um tempo na Casa da Colina, um local conhecido por suas manifestações fantasmagóricas. O mesmo convite é feito a Theodora, uma alma artística e “sensitiva”, e a Luke, o herdeiro da mansão.

Mas o que começa como uma exploração bem-humorada de um mito inocente se transforma em uma viagem para os piores pesadelos de seus moradores. Com o tempo, fica cada vez mais claro que a vida, e a sanidade, de todos está em risco. (Fonte)

O livro escrito em 1959 retrata Eleanor como uma moça solteira que cuidava da mãe doente e depois da morte da mãe fica meio sem saber seu lugar no mundo até que recebe a carta do Dr. Montague. Isso faz com que ela decida tomar as rédeas e mesmo indo contra a opinião (um pouco egoísta) da irmã vai encontrar o Dr. na casa da colina.

Dr. Montague, Eleanor, Theodora e Luke passam alguns momentos descontraídos e outros muito tensos na casa da colina. A casa traz uma história triste, dramática e um pouco assustadora. E o interesse do Dr. Montague é exatamente despertar este lado assustador da casa.

A casa foi construída em ângulos imperfeitos milimétricos para gerar impressões diferentes nas pessoas sem que elas percebessem porque. Esta descrição da casa é super interessante porque gera um certo mal estar no leitor, mesmo que ele não veja a imagem da casa (ele a vê só na imaginação).

Mas o mais legal mesmo é que não existe um monstro ou fantasma descrito de forma clara. As coisas que acontecem na casa ficam entre o sobrenatural que o Dr. Montague quer tanto provar e a loucura que pode estar tomando conta de Eleanor.

As descrições são ambientadas de uma forma que é fácil para o leitor estar dentro da casa com os personagens e decidir quanto ao sobrenatural e a loucura. E o livro me lembrou um pouco “O Castelo de Otranto”, considerado a primeira obra de horror gótico da história da literatura. Acredito que o que torna este livro especial é justamente a linha entre sobrenatural e loucura. Você não precisa dar de cara com um monstro feio, de chifres ou coisa que o valha para se apavorar! hehe

Acho que pra mim só não valeu 5 estrelas porque eu estava em outra vibe quando li. Mas é um livro que vale a pena para fãs de horror, de Stephen King, de Neil Gaiman…

Este livro foi gentilmente cedido para resenha pela Editora Suma, selo Companhia das Letras

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  


  • Carolina Durães de Castro disse:

    Oi Drika, tudo bem? Eu gostei muito do livro quando realizei a leitura. Gosto dessa vibe sobrenatural, quando bem trabalhada.
    Bjkas

  • Alice Lacerda Montiel disse:

    Oiieee

    Eu queria ter lido o outro da autora, mas acabei desanimando depois de várias resenhas negativas, quando vi ese coloquei na lista de imediato e fico feliz com a resenha. Apesar de terror não ser minha vibe, acho um livro legal pra sair da zona de conforto.

    Beijos

    http://www.derepentenoultimolivro.com

  • Larissa Xavier disse:

    Olá, estou curiosa com a premissa desse livro, por mais que ele não seja um que eu vá querer ler por ter medo. Mais a ideia do sobrenatural na casa me chama atenção

  • Beatriz Andrade disse:

    Adorei a sua resenha!!!
    Eu li esse livro recentemente e a trama me deixou muito satisfeita. Eu esperava me assustar muito mais, mas ainda assim bateu um medo forte em alguns momentos, mas foram mais por antecipação mesmo hahaha eu ficava esperando alguma coisa muito ruim acontecer e quando chegava o momento não era nada do que eu tinha imaginado kkk igual um filme de terror que a gente já vai fechando os olhos quando percebe que a coisa tá ficando muito sombria.

  • Taísa disse:

    Eu não gosto muito do gênero e tampouco o livro me interessou, mas vou indicar pra alguns amigos que eu sei que gostam, valeu pela dica e parabéns pela resenha.

  • Florescendo Livros disse:

    Olá
    Só o titulo do livro me deixa muito interessada, sinto que eu vou apreciar muito a leitura pela sua resenha me parece um ótimo terror.

    Vou dar uma chance a leitura
    Beijos

  • Mayara disse:

    Oie…

    Eu confesso que esses livros me atraem demais sabe, mas cara, tenho um série problema quando se trata de terror. Então o medo me impede de investir em livros nesse estilo.

    Beijão

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem