Resenha: A Glória e seu cortejo de horrores

A glória e seu cortejo de horrores, novo romance de Fernanda Torres, autora de Fim, acompanha as desventuras de Mario Cardoso, um ator de meia idade, dos dias de sucesso como astro de telenovela até a total derrocada quando decide encenar uma versão de Rei Lear – e as coisas não saem exatamente como esperava. Mescla eletrizante de comédia de erros e retrato do artista, o livro atravessa diversas fases da carreira de Mario (e da história recente do Brasil), suas lembranças de juventude no teatro político, a incursão pelo Cinema Novo dos anos 60, a efervescência hippie do Verão do Desbunde, o encontro com o teatro de Tchékhov, a glória como um dos atores mais famosos de uma época em que a televisão dava as cartas no país. Um painel corrosivo de uma geração que viu sua ideia de arte sucumbir ao mercado, à superficialidade do mundo hiperconectado e, sobretudo, à derrocada de suas próprias ilusões.

Este é um livro relativamente curto, de 211 páginas. Gostaria de ter lido mais rápido, mas por questões de trabalho me restou pouco tempo para leitura. :-/

O livro já começa bem, trazendo o início da derrocada de Mario Cardoso de forma hilária. O que deveria ser uma superprodução de Rei Lear e que ele achava que lhe renderia prêmios se tornou O fracasso!

Acompanhamos seus altos e baixos profissionais e pessoais, seu início no teatro em plena ditadura, sua participação no cinema novo e sua ascensão na  TV. Num vai e vem entre passado e presente acompanhamos as decisões que o levaram até o presente e o tornaram quem ele é.

Como desgraça pouca é bobagem, além do fracasso da produção que recebeu crítica negativa no Rio e foi achincalhada em SP, sua mãe está perdendo a razão e ele precisa ajudá-la em meio a todo o caos que já reinava em sua vida. E lá vai ele, entre Rio e SP pra cuidar da mãe e lidar com todos os credores, já que a superprodução o deixou falido.

Qual a solução? Um comercial de papel higiênico que o torna alvo de piadas e faz com que queira se esconder da humanidade.

Seu fim não poderia ser mais tragicômico… mas não vou contar pra não dar spoiler!

A escrita de Fernanda Torres é sucinta, vai direto ao ponto, mas sem dever nada ao leitor. Com poucas palavras e o recurso de intercalar passado e presente ela nos apresenta um personagem masculino, por vezes vigarista e malandro e você nem se lembra que o autor é uma mulher. Não sou escritora nem crítica de literatura, só uma leitora compulsiva, mas acho esse dom incrível. É quase como ser um camaleão, essa capacidade de fazer um protagonista do sexo oposto narrar uma história de forma totalmente crível!

Mario Cardoso poderia ser qualquer um de vários atores da vida real que vemos na TV, que um dia estão no auge, depois somem, depois aparecem em outra emissora, que fazem trabalhos que deixam óbvio o desespero por um trabalho (tipo, um comercial tosco, como é o caso de nosso protagonista), depois tentam renascer das cinzas.

Este foi o primeiro livro que li de Fernanda Torres e agora, certamente, vou atrás de Fim, seu primeiro romance. Gostei muito das pitadas de humor em meio a desgraça, da visão realista e da falta de pudores ao falar sobre relações familiares, momento político, devaneios de diretores de cinema e dos altos e baixos da vida de um ator. E o título também se encaixa perfeitamente com a história.

Eu diria que este é um livro de ficção realista!

 

Este livro foi gentilmente cedido para resenha pela editora. 

 

Ficha Técnica:

Nome: A Glória e seu cortejo de horrores
Autor: Fernanda Torres
Páginas: 211
Editora: Companhia das Letras
Onde comprar:  Amazon
Minha avaliação:

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  


  • Cabine de Leitura disse:

    Meu irmão tem esse livro, mas não terminou de ler, achei que era ruim rsrs. O Fim ele leu e amou, então já que você gostou vou pegar ambos para ler. Espero que eu curta tanto quanto você.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

  • Karini disse:

    A sinopse parece boa.
    Parabéns pela parceria.

    http://www.alempaginas.com

  • Greice Negrini disse:

    Nossa, que estranho este livro. Não seria meu tipo de leitura e acho que eu não gostaria, mas talvez seja pelo tipo de escrita que eu ainda não conheço, mas é uma comédia? Ou algum drama cômico?

  • Wellida Danielle disse:

    Olá, tudo bom?

    Não conhecia essa obra, muito menos o trabalho dessa escritora. Eu cheguei até a pensar que era uma historia real (já que tem um ator com esse nome), rs. Mas depois de ler a sua resenha que fui entender sobre essa obra e fiquei ansiosa para começar a ler.
    Realmente é uma história de ficção realista, já que esse personagem poderia ser muitos artistas que alcançam fama e, depois de um determinado tempo, fracassa e some. Já viu a quantidade de cantores, por exemplo, que só conseguiram lançar um hit? Por outro lado, misturando o passado e o presente, além de trazer pitacos de humor durante a narrativa, só aumentam a minha vontade de ler ;)

    Enfim, adorei a postagem e agradeço a indicação :)
    Abraços.

  • Marijleite disse:

    Da autora, eu tenho muita vontade de ler Fim. Esse livro eu ainda não conhecia, mas gostei de conhecer pela sua resenha, achei interessante abordar a vida de um ator.

  • Camila de Moraes disse:

    Olá!
    Não sabia que existia esse livro. Nunca li nada da autora, mas acho que a trama tem bons pontos levantados que deixam reflexão e me agradaria a leitura principalmente por ser uma leitura mais direta.
    Beijos!

  • Ana Souza disse:

    Ganhei Fim de presente a alguns natais atrás e gostei bastante!
    Estou de olho nesse livro já tem um certo tempo, mas nunca tinha lido nenhuma resenha dele até o momento!
    Adorei saber um pouco mais da obra aqui em seu blog!
    Parabéns pela resenha e obrigado pela dica!

    Beijinhos!

    #Ana Souza
    https://literakaos.wordpress.com

  • Dayhara Ribeiro Martins disse:

    Super recomendo Fim, foi uma das melhores leituras que fiz no ano passado, você vai amar, ela é sensacional! Ainda nao conhecia esse lançamento mas certamente irei procurar mais sobre.

  • Tatiana Anflor disse:

    Eu não conheço o trabalho de Fernanda Torres como escritora, mas desde que li a sinopse desse livro pela primeira vez, fiquei interessada na leitura. Parece-me uma obra bastante rica do ponto de vista histórico, sem perder o senso de humor. Fiquei muito curiosa pelo fim tragicômico do personagem. Adorei a dica.

  • Livros & Tal disse:

    Ola´!
    Sabia que a Fernanda Torres era escritora também, mas não tinha ideia de que o seu livro era tão interessante assim, preconceito bobo o meu. Confesso que não achei a capa nem um pouco chamativa para mim, mas a premissa até que parece ser interessante e a dosagem de humor, se não tivesse, acredito que não seria a atriz.

    Ahhh parabens pela parceria s2

    beijos
    http://www.livrosetalgroup.blogspot.com.br

  • Thayenne disse:

    Olá,

    Gosto muito do trabalho dela como atriz, mas nunca tive interesse em ler seus livros até agora. Achei essa premissa extremamente divertida e acredito que irei dar boas risadas com os altos e baixos da vida do protagonista, além de conhecer um pouquinho dos bastidores desse universo da (ex)fama.

    Beijos,
    https://oculoselivrosblog.blogspot.com.br/

  • Rafaella Viegas disse:

    Oiii tudo bem??

    Nunca li nada de Fernanda Torres, apesar que quero muito ler Fim. Não conhecia esse livro, e infelizmente, mesmo após te adorado sua resenha, ele não me atraiu em nada. Uma pena.
    Mas adorei sua resenha.
    Bjus Rafa

  • Renata Souza disse:

    Olá
    Eu detesto a Fernanda Torres, nossa tenho pavor dela então apesar de achar a sua resenhas ótima vou passar a dica.
    Beijuh

  • Ivi Campos disse:

    Eu adoro a Fernanda Torres e li o livro Fim, que ela lançou em 2016 e adorei, então tenho certeza que vou adorar ler este livro aqui também. Curiosíssima com o final tragicômico que você mencionou.

  • Maria Luíza Lelis disse:

    Olá, tudo bem?
    Eu já tinha ouvido falar do trabalho da Fernanda Torres como escritora, mas nunca li nada dela e não conhecia esse livro. Apesar de ter curiosidade, pois gosto muito do trabalho dela como atriz, não me interessei pelo livro.
    Sua resenha está ótima e fico feliz que tenha gostado da leitura, porém, não é o tipo de leitura que atraia. Não gostei muito da premissa e acho que o tipo de humor presente no livro não é o estilo que eu gosto.
    Beijos!

  • Pollyanna Assis Campos disse:

    Olá, tudo bom?
    Comprei recentemente o fim, o primeiro livro da autora, e ainda não dei uma chance. Após ler sua resenha e ver o quão interessante é a abordagem dela e a forma como ela consegue fazer um leitor se esquecer que é uma mulher contando a história sobre um ponto de vista masculino me deixou super curiosa para realizar a leitura. Outro ponto que curti sobre esse livro foi da visão realista e da falta de pudores ao falar sobre relações familiares. Espero poder ler este e o livro dela que comprei em breve.
    Ótima resenha!
    Beijos

  • Bruna Costabeber disse:

    Olá!
    Nunca li nada dessa autora ainda, mas tenho muita vontade de ler. Fiquei muito contente por você ter curtido essa leitura e por indicá-la. Eu confesso que a escrita ser sucinta me agradou, mas a história em si não chamou tanto minha atenção, infelizmente. Vou me arriscar em ler outros livros dessa autora, mas não esse.
    Beijos

  • Barbara disse:

    Oi.
    Honestamente, eu não sabia que a Fernanda Torres escrevia romances e a princípio pensei se tratar de um caso real. Gostei muito das pitadas cômicas e de ela retratar a época da ditadura. Em alguns casos gosto da linguagem mais direta e objetiva também.
    Resumindo, fiquei curiosa para conferir os livros dela.
    Beijos.

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA DEIXAR SEU COMENTÁRIO




Mensagem